Navegando todos os artigos dos janeiro, 2009
jan
30

O CARTEL DOS COMBUSTÍVEIS VOLTOU?

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Parece que está de volta e em plena atividade na Região Metropolitana do Recife (sobretudo em Olinda, Recife, Paulista e Jaboatão dos Guararapes) o ‘cartel dos combustíveis’. Nos postos espalhados pelos diversos bairros dessas quatro cidades, o litro da gasolina tem uma variação de apenas R$ 0,01. O combustível é vendido a R$ 2,58 ou R$ 2,59. Preço inferior não se encontra.
O interessante é que o preço do petróleo caiu no mercado internacional. Isso confirma que distribuidores e donos de postos de combustíveis voltaram a montar um esquema para acabar com a concorrência e manter elevado o preço do combustível.
No início de maio de 2007, sete pessoas acusadas de envolvimento num esquema de formação de cartel de combustíveis que atuava na Paraíba e em Pernambuco foram presas aqui no Recife (PE). Na época, a operação, realizada em conjunto pela Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi denominada de “274” – uma referência ao preço da gasolina praticado no Estado vizinho. Aqui em Pernambuco, a gasolina custava entre R$ 2,72 e R$ 2,73.
Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela juíza Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, da 9ª Vara Criminal Estadual de João Pessoa. Os empresários presos eram suspeitos de integrar o grupo que comandava a maior parte dos postos de combustíveis na Paraíba e em Pernambuco. A acusação contra eles era de fixar preços nas bombas para o consumidor e controlar a concorrência, o que configurava, segundo a Polícia federal, dois tipos de delito: contra a ordem financeira e a formação de quadrilha.
Eis aí um caso para ser novamente apurado pela Polícia Federal, pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (SEAE), do Ministério da Fazenda, e pela Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça.
jan
30

FORA, AMIANTO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, assinou ontem (29), em Belém (PA), a Portaria nº 43, que proíbe o uso do amianto em obras públicas e veículos de todos os órgãos vinculados à administração pública.
O anúncio foi feito durante o Seminário Mundial de Mudanças Climáticas, realizado na tenda da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), no Fórum Social Mundial (FSM).
No Brasil quatro Estados fizeram leis contra o uso do amianto: Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. Segundo Minc, com a portaria, o Governo brasileiro faz a sua parte para a preservação do meio ambiente.
O amianto é uma substância que mata por inalação da fibra. No mundo, 43 países já aboliram o uso desse produto que causa, entre outras doenças, a asbestose (doença crônica que provoca o endurecimento dos pulmões) e os cânceres de pulmão, de pericárdio (membrana que reveste o coração), do trato gastrointestinal, do rim e da laringe.
O amianto é usado na indústria da construção civil, para fabricação de telhas e caixas d’água, em guarnições de freio (lonas e pastilhas) e no revestimento de discos de embreagem, entre outros produtos.
Fonte: Lisiane Wandscheer/ Agência Brasil
http://noticias.ambientebrasil.com.br/noticia/?id=43374
jan
29

SAMBA NO MERCADO DA RIBEIRA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Na tarde do próximo domingo (01/02), acontecerá a retomada do projeto ‘Mesa de Samba’, realizado pela ONG Uninegro. As atrações são ‘Nosso Samba é Assim’, ‘Welligton do Pandeiro’ e a ‘Capoeira com Abauna’.
Começa às 15h, no Mercado da Ribeira, no sítio histórico de Olinda. Acesso gratuito. Informações: unegro_pe@hotmail.com
jan
29

SAI A BOA, ENTRA A BRAHMA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A AmBev decidiu que no Carnaval de 2009, depois de muitos anos, não vai mais investir na Casa da Antarctica em Olinda, eu divulgava uma das marcas de cerveja produzidas pela companhia.
Este ano, a AmBev resolveu priorizar a divulgação do seu mais novo produto: a Brahma Fresh. A pesar da mudança de nome, o espaço continuará funcionado no mesmo local e deverá realizar grandes eventos para a noite de abertura e nos quatro dias de Carnaval em Olinda.
jan
29

PEIXINHOS: TERRITÓRIO DA PAZ

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Ontem (28), durante entrevista ao programa Bom Dia Pernambuco (TV Globo-Canal 13), o secretário estadual de Defesa Social, Servilho Paiva, informou que o projeto social “Território da Paz”, lançado no final do ano passado no bairro de Santo Amaro (Recife), brevemente deverá ser implantado no bairro dos Peixinhos (Olinda), considerado um dos mais violentos da cidade.
O projeto, do Governo do Estado, tem a participação de diversas Secretarias e a realização de mais de noventa ações, entre elas o aumento do efetivo policial na área e a oferta de atividades esportivas, emissão de documentos, atendimento médico-ambulatorial, capacitação profissional e cursos de cidadania para jovens e mulheres. O objetivo principal é afastar crianças e adolescentes das drogas e do crime.
jan
29

CONVÊNIO PARA REDUZIR POBREZA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

No final da semana passada, a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) e a Prefeitura de Olinda assinaram convênio com a Associação Voluntários Serviços Internacionais – AVSI (organismo italiano de cooperação sem fins lucrativos) e com a Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana – CDM (ONG brasileira) para viabilizar o Projeto para a Redução de Pobreza das Áreas Urbanas Carentes do Município de Olinda.
A iniciativa está sintonizada com os princípios que norteiam o Prometrópole, que é o Programa de Infra-Estrutura em Áreas de Baixa Renda da Região Metropolitana do Recife – executado pelo Governo do Estado. O projeto pretende integrar as ações de urbanização de áreas de baixa renda do Prometrópole e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Os recursos, não reembolsáveis, são provenientes de edital público da União Européia. O total do investimento é de € 936.665,42, ou seja, R$ 2.854.956,20, com uma contrapartida do Estado de € 100.000,00 (cerca de R$ 300 mil). A ação conjunta também visa melhorar os indicadores de trabalho e renda, com atenção particular à questão de gênero.
As comunidades de Passarinho, Caixa D’Água, Beberibe, Peixinhos, Azeitona e Varadouro serão beneficiadas, devido aos seus elevados índices de pobreza. O Projeto para a Redução de Pobreza das Áreas Urbanas Carentes do Município de Olinda deverá durar 24 meses.
jan
29

SELEÇÃO PARA MARINHEIROS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM) abrirá inscrições, em nível nacional, para o preenchimento de 1.900 vagas. Os interessados poderão se inscrever no período de 09 de fevereiro a 02 de março.
A inscrição deverá ser realizada, preferencialmente, via Internet, na página oficial da DEnsM, no endereço
www.ensino.mar.mil.br, no link “Concursos”, ou via Organizações da MB Responsáveis pela Divulgação e Inscrição (ORDI). Aqui no Estado, o local de inscrição é a Escola de Aprendizes Marinheiros de Pernambuco, localizada na Avenida Olinda s/n – nas proximidades do Memorial Arcoverde – Complexo de Salgadinho.
As exigências para a inscrição/ingresso são inúmeras:
a) ser brasileiro nato, do sexo masculino;
b) ser solteiro, não viver em concubinato ou união estável e não ter filhos;
c) ter 18 anos completos e menos de 22 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2010 (nascidos entre 02 de janeiro de 1988, inclusive, e 01 de janeiro de 1992, inclusive);
d) ter concluído, com aproveitamento, o Ensino Fundamental até a data prevista no calendário de eventos para a verificação de documentos;
e) ter idoneidade moral e bons antecedentes para integrar o Corpo de Praças da Marinha (art. 11 da Lei nº 6.880/80 – Estatuto dos Militares);
f) não ser ex-aluno de Escolas de Aprendizes-Marinheiros;
g) encontrar-se em dia com as obrigações civis e militares;
h) não estar “sub judice”, respondendo a inquérito, condenado criminalmente ou cumprindo pena por crime militar ou comum;
i) não estar no serviço ativo das Forças Armadas por força de decisão judicial não transitada em julgado;
j) não ser portador de certificado de isenção do Serviço Militar, devido às suas condições morais, físicas ou mentais;
k) efetuar o pagamento da taxa de inscrição, exceto os dispensados desse pagamento, conforme previsto no Decreto nº 6593 de 02/10/2008;
l) possuir registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);
m) possuir documento oficial de identificação, com fotografia, e
n) cumprir as demais instruções específicas para o processo seletivo.
jan
29

HOMEM É MAIORIA, MAS MORRE MAIS CEDO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Embora nasçam mais homens do que mulheres no Brasil, as pessoas do sexo feminino vivem mais. Essa é uma constatação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2007, divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
De acordo com a pesquisa, em 2007 o percentual de mulheres com 40 anos ou mais de idade era de 34,7% e de homens, 31,5%. Já na faixa etária mais jovem, de até quatro anos, as mulheres respondiam por 7% da população, enquanto os homens representavam 7,7%.
Em 2007, as mulheres correspondiam a 51,2% da população residente no país e os homens, a 48,8%. De acordo com a Pnad, não houve mudança significativa na distribuição por sexo da população residente em comparação a 2006. Naquele ano, 51,3% da população era do sexo feminino e 48,7%, masculino.
jan
29

MULHERES ESTUDAM MAIS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Outro dado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), comprova que as mulheres frequentam mais a escola que os homens. Mas os dados (ainda) são referentes ao ano de 2007.
Segundo a pesquisa, entre os 18 e 24 anos, elas são ainda mais dedicadas. Nessa faixa, a diferença na proporção de estudantes mulheres e homens é maior do que nas demais faixas etárias: 31,9% entre elas e 30% entre eles.
O coordenador da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, sugere que a escolarização das mulheres pode estar ligada à busca por melhor qualidade de vida para si e para a família.
Pelas regiões do país, a Pnad não destaca diferenças de gênero quando analisa a escolarização, indicador que mede a quantidade de estudantes de uma faixa etária em relação ao total da população com a mesma idade. Entretanto, a pesquisa mostra que as mulheres com 25 anos ou mais representam um contingente maior de estudantes na Região Norte (9,1%) do que as mulheres com a mesma idade e na Região Sul do país (5,3%).
Em relação à média de tempo na escola, as mulheres de quase todas as faixas de idade também estão à frente dos homens. Somente a partir dos 50 anos é que esse indicador se iguala, com média de 6,1 anos de estudos para homens e mulheres.
jan
27

DOM HÉLDER: HOMENAGEADO EM OLINDA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Quem poderia imaginar que um dia um religioso, ‘um homem santo’, viesse a ter ‘o seu’ calunga gigante no Carnaval de Olinda? Pois é, agora o ex-arcebispo de Olinda e Recife, Dom Hélder Câmara (falecido em 1999), também entra para o rol dos bonecos gigantes que animam o carnaval da Marim dos Caetés.
O Dom Hélder-boneco ganhou vida e foi materializado a partir da idéia de um grupo que se denomina “helderólogos”. O novo gigante do carnaval olindense foi criado em dezembro passado por Sílvio Botelho, um dos mais conhecidos bonequeiros da cidade.
Agora é só esperar o dia do desfile pelas ladeiras de Olinda no período dedicado a Momo. O Dom Helder-boneco vem para juntar–se a tantos outros calungas olindenses, como o Homem da Meia Noite e a Mulher do Dia, além de outras personalidades que partiram para o Oriente Eterno mas que aqui foram materializados e imortalizados, como o mestre Gilberto Freyre, o compositor Capiba, o Batata (do Bacalhau do Batata) e o sociólogo Betinho entre outros.
jan
27

DOM HÉLDER: CASSADO EM FORTALEZA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 7ª Região, em Fortaleza (CE), decidiram retirar uma homenagem dada em 2007 a Dom Hélder Câmara.
Em reunião do pleno, na última terça-feira (dia 20 de janeiro), quatro dos sete desembargadores presentes aprovaram a substituição do nome do religioso pelo de um antigo desembargador para batizar o prédio que abriga o Fórum Trabalhista na cidade.
A proposta para a troca do nome do prédio partiu do desembargador Antônio Marques Cavalcante Filho, que quer homenagear o pai, Antônio Marques Cavalcante, desembargador morto no ano passado.
O presidente do Tribunal, Antônio Parente, e outro desembargador votaram contra. A ex-presidente Dulcina de Holanda Palhano, responsável pela homenagem a Dom Hélder na inauguração do novo prédio do fórum, em julho de 2007, se retirou da votação, em protesto.
Quando o nome do religioso foi escolhido, havia sido apoiado por unanimidade.
Conhecido por ter comandado a Diocese de Recife e Olinda (PE), Dom Hélder nasceu em Fortaleza, onde foi ordenado padre em 1931. Ele foi um dos fundadores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e também teve forte atuação contra o regime militar.

Fonte: Folha On Line
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/post.asp?t=desembargadores-cassam-homenagem-dom-helder&cod_Post=155995&a=111
jan
27

PODAR É PRECISO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Deveria ocorrer com certa regularidade a podação de árvores nas ruas e praças de Olinda. Mas isso não vem ocorrendo como deveria.
Em alguns locais, há muito tempo as árvores precisam ser podadas, porque os seus galhos, cada vez maiores, estão atingindo a rede elétrica e até ocupando espaço maior do que deveria nas ruas.
Observe-se a situação das árvores na Avenida México, no bairro de Rio Doce, e na Avenida Liberdade, no Carmo.
jan
27

METADE SIM, METADE NÃO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Alguns serviços realizados pela Secretaria de Obras de Olinda estão ficando no meio do caminho. Chegaram informações de que o trabalho de calçamento da Rua 18 de Fevereiro, no bairro de Águas Compridas, foi suspenso e a obra ficou pela metade.
Fato semelhante ocorreu com a pavimentação da Rua Atlântico, no bairro de Ouro Preto. Serviço interrompido sem nenhuma justificativa. Pela metade, também, o calçamento da Rua Pernambuco, em Jardim Brasil I.
jan
27

RECICLÁVEIS: EVITE O DESPERDÍCIO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Ainda falta muito para que os programas de coleta seletiva deem certo e todo o material reciclável tenha a destinação correta. Para que isso se torne realidade, as prefeituras precisarão destinar uma soma razoável de recursos para programas de educação ambiental, sensibilização e conscientização da população até que ela venha a aderir à idéia de separar os materiais recicláveis dos não-recicláveis. Enquanto isso não ocorrer, diariamente estaremos levando para os aterros sanitários, cerca de 50% de todo o lixo que poderia ter outro aproveitamento.
Implantar um programa de coleta seletiva no município não significa apenas retirar catadores dos lixões e organizá-los em associações ou cooperativas. Não é apenas instalar na cidade uns poucos pontos de entrega e coleta de material reciclável e ficar esperando o resultado. O programa não terá sucesso sem que haja uma ampla campanha de conscientização da população, com argumentos que a convença a participar.
Os gestores e técnicos municipais precisam ter a consciência de que coleta seletiva significa mudança de hábito – e que nenhuma mudança ocorre do dia para a noite. É necessário fazer a população entender que grande parte do lixo que ela imagina não servir para mais nada, para os catadores de materiais recicláveis significa dinheiro, sobrevivência. É preciso mostrar ao cidadão que, além de preservar o meio ambiente, ele estará ajudando a gerar ocupação e renda para as mais diversas classes de excluídos e descamisados.
Outro aspecto importante a ser levado em consideração é mostrar à população que o trabalho do catador é importante porque, além de evitar que vários tipos de materiais (que levam dezenas ou centenas de anos para se decompor) vão parar nas ruas, nos lixões, córregos e rios, ele ajuda a evitar a degradação do meio ambiente. A coleta seletiva também contribui para aumentar a vida útil dos aterros sanitários e reduzir os gastos dos municípios com a limpeza pública.
Se até o momento pouca coisa mudou no cenário da coleta seletiva na maioria dos municípios pernambucanos, foi mesmo por falta de sensibilidade dos gestores que, erroneamente, continuam insistindo na implantação de programas sem escutar a população, sem orientá-la e sem motivá-la à participação. Quando isso vir a ocorrer, as prefeituras estarão, verdadeiramente, marcando um ponto positivo.
Alexandre Acioli – alexandreacioli@yahoo.com.br

Fonte: Diário de Pernambuco. Editoria Opinião – 22.01.2009
http://www.diariodepernambuco.com.br/2009/01/22/opiniao.asp

jan
27

FALA DOUTOR…

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

BURNOUT, A SÍNDROME DO
ESGOTAMENTO PROFISSIONAL

Burnout é uma das conseqüências mais marcantes do estresse profissional, caracterizando-se geralmente por exaustão emocional, avaliação negativa de si mesmo, depressão e insensibilidade com relação a quase tudo e todos (até como defesa emocional). O esgotamento (não apenas profissional) das pessoas, causado por sua ocupação ou atividade é uma situação cada vez mais comum .
Num pequeno espectro de reflexão observo em todos os pacientes, fortes conotações afetiva, familiares e profissionais em associação com esta síndrome. Em resumo, por não sabermos a causa da mesma, existe uma verdadeira celeuma entre os estudiosos.
Na minha pequena experiência, admito que o problema cai principalmente no controle dopaminérgico, serotoninérgico e adrenérgico produzindo sintomas diversos que são mal interpretados pelas pessoas. Começa a automedicação que não soluciona o problema, pois que não quer em 80% dos casos uso de medicações alopáticas.
A Síndrome de Burnout reúne diversos sintomas como dores musculares, falta de concentração, bocejamento freqUente, indisposição para as tarefas cotidianas, baixo elan, sintomas digestivos e suores. Porém, antes de rotular o diagnóstico, é importante fazer um check-up médico.
Se você se sente no caminho do esgotamento, pode haver uma solução: repense os seus projetos de vida, dê ao seu corpo o limite de vida que ele suporta para ser saudável. E, antes de se dispor a usar antidepressivos ou ansiolíticos, que são prescritos em qualquer esquina, pelo vizinho, pelo amigo da cabeleireira, pela tia da manicure, procure um profissional especializado, pois em casos leves, uma mudança de atitude pode ajudar a reverter os sintomas sem uso de fármacos.
Porém, ao se tornarem progressivos os sintomas, associados a padrões genéticos que predispõem patologias diversas, ficaremos mais vulneráveis ao agravamento e aparecimento de doenças crônicas, como a diabetes, a hipertensão arterial, a depressão, TOC, TAG, úlceras, doenças coronarianas, distúrbios dos lipídeos etc.
Exercícios aeróbicos, boa alimentação, sono regular, lazer proporcional ao trabalho e, principalmente, tentar exercer no seu trabalho uma atividade que você gosta. As férias, viagens turísticas, podem reverter a maioria dos quadros. Informe-se mais profundamente sobre esta síndrome e compare ao que você sente . O esgotamento pode ter pego você .

Colaboração: Alfredo Luiz e Silva da Silva (Dr. Fred)

jan
26

PREFEITURA IGNORA CARNAVALESCOS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A informação é do Passo do Carnaval.
A nova administração municipal de Olinda já entrou “atravessando” e atropelando!
Pela segunda vez consecutiva, em pouco menos de 30 dias de gestão, prefeito, vice-prefeito e dirigentes da Secretaria da Cultura gazetearam a reunião convocada pela Associação Carnavalesca de Olinda (ACO) para discutir um projeto de Carnaval de iniciativa da sociedade civil organizada. Apesar de terem sido convidados, não compareceram, nem enviaram representantes.
Associados à ACO esperam que esta postura dos administradores da Marim dos Caetés não seja o sinal de que outro ‘projeto alternativo’ esteja sendo “fabricado” no escurinho dos gabinetes dos burocratas e empresários, na calada da noite, para, às vésperas do evento, ser empurrado goela abaixo.
Isto segundo os carnavalescos, “é inadmissível num Governo que se diz democrático, participativo e popular”. Eles garante que, caso se confirme a decisão da Prefeitura, estarão dispostos a “convocar a sociedade e as instituições competentes (Ministério Público de Pernambuco, Tribunal de Contas do Estado) para fazer prevalecer o interesse público, pela via do respeito aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e eficiência”.
Mais informações: ACO – Carlinhos do Afoxé – Presidente – (81) 8642-8222
jan
26

E O REFORÇO NA LIMPEZA?

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Para as prévias carnavalescas, que estão acontecendo semanalmente no Sítio Histórico de Olinda, a Prefeitura reforçou a fiscalização para ordenar o comércio ambulante e o tráfego de veículos. Também aumentou o número de sanitários químicos. Mas se esqueceu de aumentar as equipes de limpeza. No domingo e na segunda-feira as ruas da cidade alta amanhecem cheias de lixo e com aquele ‘cheirinho’ insuportável de xixi. Além de melhorar o recolhimento dos entulhos da festança, a Prefeitura também precisa lavar as fétidas calçadas.
jan
26

LEI DO SILÊNCIO DESRESPEITADA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

As noites de domingo tornaram-se um verdadeiro inferno para os moradores do Carmo, em Olinda. Geralmente, a partir da 21h, os freqüentadores dos bares daquela área, com algumas doses de álcool ingeridas além da conta, ligam o som dos carros com altura superior a permitida por lei. O barulho é infernal e não há quem consiga dormir tranqüilo.
jan
26

UMA ESPERA DE QUASE CINCO ANOS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Parece mentira, mas os moradores da Rua Cala dos Pântanos e da Avenida Rosa Silvestre, no bairro de Jardim Atlântico, espera há quase cinco anos que a Prefeitura de Olinda (PMO) cumpra a promessa de realizar, respectivamente, o recapeamento de parte da via e o conserto das calçadas.
O calçamento da rua e calçadas da avenida foi danificado pela Compesa, que realizou, em outubro de 2004, obras de implantação de rede de abastecimento d’água no local. Um convênio existente entre a Prefeitura de Olinda e a companhia estabelece que é da primeira a responsabilidade pela reposição de pavimento nos locais onde sejam realizadas ações dessa natureza. Mas, por incrível que pareça, até esta data não apareceu nenhuma equipe da Secretaria de obras do município para realizar o serviço.
jan
26

OLINDA NÃO TEME A CRISE

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Olinda é uma exceção na preocupação com a crise mundial. Na Prefeitura da cidade o clima é de total otimismo. De acordo com o secretário municipal da Fazenda, Marcelino Granja, a administração está obedecendo ao discurso do presidente Lula e evitando se precipitar. “É uma crise dos Estados Unidos, que já havia sido anunciada. Acreditamos que os efeitos serão menores no Brasil porque a economia vem sendo tratada de forma diferente há bastante tempo. O mais importante é o debate político sobre essa crise”, argumenta Marcelino.
O secretário explica que a única medida concreta tomada até agora foi a manutenção da resolução da Comissão de Controle Interno, elaborada em outubro pela então prefeita Luciana Santos (PCdoB).
A resolução, segundo ele, limita o horário de expediente, a fim de evitar horas extras, controla gastos com combustível e contratações temporárias. Mesmo assim, a economia fica em torno de 3% da receita total mensal, que é de R$ 18 milhões. Isso significa um corte de aproximadamente R$ 600 mil mensais na máquina pública, um valor pequeno em comparação com os cortes adotados por outros municípios.
O próprio secretário admite que essas medidas foram tomadas mais pela “política fiscal conservadora da cidade” do que pela crise propriamente dita. “A situação do município exige essas ações. A principal prevenção contra a crise são as medidas adotadas por Lula. Estamos otimistas, mas também vigilantes”.

Fonte: Diário de Pernambuco
http://www.diariodepernambuco.com.br/2009/01/25/politica8_0.asp

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Paixão de Cristo 2018

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: