Navegando todos os artigos dos junho, 2009
jun
28

DEGRADAÇÃO NO MEMORIAL

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Clóvis Cavalcanti
clovis.cavalcanti@yahoo.com.br


Em todo lugar do mundo, parques urbanos são conservados para que prestem bons serviços. Na verdade, a cidade, como ecossistema artificial, não dá possibilidades como as que a natureza oferece para bem-estar humano. Sem contar que, com o verde, os parques contribuem para uma função importantíssima do meio ambiente: retirar carbono da atmosfera. Daí que, quanto mais ampla a oferta nas cidades de áreas arborizadas e propícias ao contato indispensável com a natureza, tanto mais qualidade de vida para todos. Diante dessa constatação, parece absurda a destruição que se processa neste momento no parque Memorial Arcoverde, em Olinda, para facilitar a vida de uma empresa, o Cirque du Soleil, que ali terá passagem efêmera em julho deste ano.
Não se está negando que o Cirque du Soleil ofereça espetáculo ímpar, de merecida fama. Acontece que tal empreendimento tem como proposta, cuidados ambientais que não justificam o que se faz hoje no Memorial Arcoverde.Ele precisa de um lugar para se apresentar na Região Metropolitana do Recife. Só que, para tanto, escolheu-se um local que não tem como finalidade ser sítio de eventos. Pior: para o Cirque du Soleil caber ali, inexistindo espaço adequado, decidiu-se, com aprovação oficial das autoridades competentes, que toda uma área teria que ser adaptada às “necessidades” do negócio. E aí nela se procede a uma limpeza radical. Onde havia dois campos de futebol, constrói-se agora um pátio cimentado, derrubando-se árvores e toda vegetação que antes existia no redor. O processo é de desertificação. Algumas árvores poupadas da derrubada insensata ficaram cercadas de cimento por todos os lados, à exceção do buraco deixado para seu tronco. Não há outra palavra para qualificar o procedimento da instalação do Cirque du Soleil em Olinda: crime contra a ecologia.
Em Montreal (Canadá), de onde o circo procede com seu modelo original e amplamente admirado, jamais se permitiria crime como esse. O próprio Cirque du Soleil não teria coragem – se lhe passasse pela cabeça tamanha ofensa à cidadania – de levar a cabo em sua cidade de origem a agressão que se vê em Olinda. A população de Montreal – cidade paradigma mundial de qualidade de vida -, certamente, impediria que qualquer milímetro de seus belos parques (e são muitos mais do que em Olinda ou no Recife) fosse sacrificado para o Cirque du Soleil. Ou para qualquer outra finalidade. Aqui, porém, o grupo canadense, sem qualquer pudor, não só deixa que se destrua o patrimônio urbano para atender a seus interesses, como cobra valores inconcebíveis para aqueles que desejarem assistir a suas exibições. Com efeito, os ingressos para elas em Olinda, em espaço do povo – de quem, pois, o grupo recebe um subsídio -, vão de R$ 250 a R$ 500.
Não faz nenhum sentido que se permita absurdo desse naipe, ainda mais num território cercado de população de renda totalmente incompatível com o preço dos ingressos do Cirque du Soleil. Que essa organização queira ganhar dinheiro é algo compreensível no capitalismo. O que é inaceitável é deixar que o poder público subsidie o empreendimento ao custo da destruição ambiental. Sem dúvida nenhuma, é isso que está acontecendo em Olinda, com o beneplácito da prefeitura e do governo do estado. Fez-se consulta à população interessada para saber o que ela pensa? Quem autorizou a destruição que está acontecendo no Memorial Arcoverde? Vale lembrar que esse parque só possui a vegetação que tem porque, quando começou sua implantação, a sociedade civil impediu que se destruísse o manguezal que ele ostenta. Vem agora o governo e permite agressão inominável ao patrimônio que ali existe. Lamentável decisão.

Fonte: Editoria Opinião – Diário de Pernambuco – 28.06.2009
http://www.diariodepernambuco.com.br/2009/06/28/opiniao.asp

jun
28

TRÂNSITO: TESTE DE PACIÊNCIA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

“Enquanto dois guardas de trânsito de Olinda fiscalizam o final da Avenida Fagundes Varela com a Rua Pedro Álvares Cabral, em Jardim Atlântico, o trânsito continua um caos em frente ao Colégio Santa Emília, no mesmo bairro”, denuncia um leitor. Segundo ele, todos os dias, entre 6h e 8h da manhã, transitar por aquela via transformou-se num “teste de nervos”.
Pais e mães dos alunos fazem filas dupla em frente ao colégio, desrespeitando o direito de ir e vir de outros cidadãos, contribuintes do município. O pior é que não há fiscalização dos agentes de trânsito de Olinda. Quem controla o trânsito naquele trecho são os funcionários da escola. Pode?

Fonte: Coluna Folha da Cidade – Folha de Pernambuco – 27.06.2009
http://www.folhape.com.br

jun
26

FORA, CIRQUE DU SOLEIL

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O Fórum das Entidades Ambientalistas de Pernambuco entrega documento, hoje (26), ao Ministério Público Federal, no intuito de evitar que o Cirque du Soleil se instale na área do Parque Memorial Arcoverde, em Olinda.
Na carta, as entidades relatam os diversos prejuízos ao meio ambiente que a instalação do circo representa e lembram que aquela é uma área pública não edificante e que a permissão para montar uma estrutura ali abre um grave precedente.
Entre os prejuízos já computados somente com a preparação do espaço para receber o circo estão a derrubada de árvores plantadas há mais de dez anos, a eliminação do campo de futebol e das quadras utilizados pela população de Santo Amaro, Ilha do Maruim e Ponte Preta, impermeabilização de grande área de solo natural, a degradação da entrada do Espaço Ciência, inclusive impossibilitando o acesso de estudantes e risco de acidentes por conta do trânsito intenso de caminhões.
Mas, acima de tudo, a obra incomoda o movimento ambientalista porque é um retrocesso na conquista aurida em 1980, quando conseguiu impedir que o local se transformasse em área de edificações privadas. As entidades deixam claro que não querem expulsar o circo do Estado. Desejam apenas que seja instalado em outro local para que o preço a pagar pelo espetáculo não exceda o valor do ingresso. Quem, diga-se de passagem, já é bastante salgado.

Fonte: Coluna JC nas Ruas – Jornal do Commercio – 26.06.2009
http://jc3.uol.com.br/jornal/2009/06/26/col_38.php

jun
26

RENILDO PRESIDIRÁ PCdoB

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A partir da próxima terça-feira (30), o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) passará a ser comandado, interinamente, pelo prefeito de Olinda, Renildo Calheiros.
Calheiros, que é vice-presidente do partido, assumirá o comando da agremiação por conta do licenciamento do presidente José Renato Rabelo, que se afasta por 20 dias para tratamento médico.

jun
26

MARATONA DO FORRÓ

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Começa hoje (26) e segue até o próximo domingo (28), a Maratona do Forró olindense. Acontece partir das 16h, no Fortim do Queijo, no Carmo. Serão dez atrações, que se alternarão no palco até o início da madrugada da véspera Do Dia de São Pedro (29).
As atrações são as seguintes: Eduardo Anísio e banda Jaqueta de Couro, banda Pegapakapá, Ivan Ferraz e banda Forró Verso e Viola, Banda Kartucho, Luizinho Calixto, Banda Baião de Seis, Dudu do Acordeom, Aracílio Araújo e Banda Forró sem Fronteiras, Irah Caldeira e o forrozeiro João Paulo Júnior.

jun
25

7ª BIENAL DO LIVRO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Sob o tema “Literatura do princípio ao fim”, a Bienal Internacional do Livro de Pernambuco chega a sua 7ª edição.
Acontecerá entre os dias 02 e 12 de outubro, no pavilhão de exposições do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. O evento é considerado o terceiro maior do Brasil, atrás apenas do Rio de Janeiro e São Paulo.
Promovido pela Cia. de Eventos, a bienal deste ano ganhou mais um dia. O Dia das Crianças foi estrategicamente incorporado, uma vez que aproximar a juventude dos livros é um dos principais objetivos dos organizadores.
Em 11 dias de feira, a expectativa é superar todos os números das últimas edições e congregar um público acima dos 550 mil registrados na bienal passada. Foi em 2007, inclusive, que o evento bateu todos os recordes. Foram comercializados mais de 600 mil livros, gerando uma receita de R$ 12 milhões.
Naquele ano, o evento ocupou uma área de 22 mil m² do pavilhão do Centro de Convenções, onde 170 editoras, distribuidoras e livrarias ocuparam 215 estandes.

jun
25

QUADRILHAS E FORRÓ

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O São João passou, mas a Casa da Rabeca, na Cidade Tabajara, continua com a sua programação junina. Para amanhã (26), estão programados o concurso de quadrilhas juninas, a partir das 18h. Em seguida haverá forró pé-de-serra.
Para o sábado (27), haverá shows com Nádia Maia, Beto Ortiz, Camarão e a dupla de violeiros Zé Galdino e Tindara.
A banda Território Nordestino, o cantor Ed Carlos e a Ciranda Pernambucana se apresentarão na noite do próximo domingo (28), véspera do São Pedro.

jun
23

PROTESTO NA KENNEDY

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Demorou, mas os moradores da Vila Popular e Peixinhos perderam a paciência e resolveram realizar um protesto contra a precariedade em que se encontra a Avenida Presidente Kennedy, que corta e liga diversos bairros de Olinda. A maior reclamação dos manifestantes diz respeito à buraqueira e falta de sinalização da via.
O protesto ocorreu no início da tarde desta terça-feira (23), com os manifestantes interditando as duas vias da avenida, com a colocação de pneus, paus, pedras e fogo. A manifestação durou mais de duas horas, provocando um logo congestionamento. A liberação da via só ocorreu por volta das 16h30.

jun
23

DIA 24, COCO DOS PESCADORES

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Para amanhã (24), dia dedicado a São João, a programação no Amaro Branco contemplará uma sambada com o Coco dos Pescadores e a participação da Mestra Glorinha e convidados.
A programação das sambadas de coco no Amaro Branco, iniciada no último dia 13 de junho, é aberta ao público. Tem incentivo do Ministério da Cultura e da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural, através do Prêmio das Culturas Populares, com parceria da CDMIX – Soluções em Áudio e Multimídia e Prefeitura de Olinda.

jun
23

DOIS PALCOS DE ANIMAÇÃO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Chegou o São João e a festança em Olinda está acontecendo em dois pólos instalados pela Prefeitura: um no Fortim do Queijo, na orla do Carmo, e o outro na Praça da Preguiça e Sítio de Seu Reis.
Para hoje (23) à noite, subirão no palco armado no Fortim, os cantores Derico Alves e Banda, Walter de Afogados e o Forró Rabecado. As apresentações começam às 19h.
Na Praça Preguiça/Sítio de Seu Reis, a animação começa um pouco mais cedo, às 17h, com a apresentação de trios de forró pé-de-serra e de quadrilhas juninas tradicionais, quadrilha de boneco gigante e de perna de pau.
À noite, a partir das 20h, as atrações serão a Orquestra Sanfônica, o cantor Sergio Cassiano, o forrozeiro Raminho do Acordeon, ‘Seu’ Luiz Paixão e Sintonia Pé-de-Serra
O pólo contará também com barraquinhas de comidas típicas. No coreto da Praça do Carmo terá apresentações de poesias, repentistas, cantadores e recitais de cordel.

jun
23

E NA CASA DA RABECA…

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A programação junina do “Forró de Salu – São João da Casa da Rabeca”, localizada na Cidade Tabajara (Olinda), tem hoje (23), o show de Maciel Melo e as apresentações do grupo Sintonia Pé de Serra, da dupla de emboladores de coco ‘Caju e Caetano da Ingazeira’.
Para amanhã (24), estão programadas as apresentações de Rogério Rangel, Terezinha do Acordeom, Dinda Salú e Lia de Itamaracá.

jun
23

CONCURSO DE QUADRILHAS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Este ano, o espaço criado pelo Mestre Salustiano, está valorizando muito mais as manifestações da cultura popular, como o coco de roda e a ciranda. Dentro da programação, a próxima sexta-feira (26) está reservado o forró pé-de-serra e o concurso de quadrilhas juninas.
As quadrilhas inscritas se apresentarão a partir das 19h. As três melhores apresentações receberão prêmios de R$ 1.000,00, R$ 500,00 e R$ 300,00 respectivamente.
A Casa da Rabeca está localizada na Rua Curupira, Cidade Tabajara – Olinda. Informações: 81. 3371-8246.

jun
17

CORRIDA DO MILHÃO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Estão abertas as inscrições para a 1ª Corrida Junina Olinda & Recife (Corrida do Milhão), que acontecerá na próxima terça-feira (23). A inscrição custa R$ 5,00 e mais um quilo de alimento não perecível.
Haverá premiação para o primeiro colocado (R$ 200,00), segundo colocado (R$ 100,00) e terceiro colocado (R$ 50,00).
Informações telo telefone 81. 8895.7451.

jun
17

FORUM DAS CIDADES HISTÓRICAS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Será aberta, logo mais às 20h30 desta quarta-feira (17), no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, o Fórum das Cidades Históricas Turísticas.
Durante o evento, que se estenderá até o próximo sábado (20), serão discutidos temas relacionados à segurança, legislação, capacitação dos profissionais, marketing, transportes, cadastro e fiscalização dos prestadores de serviços turísticos, controle urbano, além da confecção de um documento Oficial, a ‘Carta de Olinda’.

jun
17

LUCIANA FORA DO GOVERNO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A ex-prefeita de Olinda, Luciana Santos (PCdoB), não será aproveitada pelo Governo do Estado. Informações vindas do Palácio do Campo das Princesas dão conta de que o governador Eduardo Campos (PSB), não pensa mais em acomodá-la e a outros ex-gestores municipais que irão concorrer às eleições em 2010.
Como Luciana Santos irá disputar uma vaga na Câmara Federal, foi descartada a sua indicação para um cargo no Governo do Estado. A comunista deverá se contentar com a missão de fortalecer o seu PCdoB no interior. A ex-prefeita evitou comentar o assunto.

jun
17

DIA DO COCO DE RODA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Amanhã (18), às 10h, o prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), irá sancionar a lei que cria o “Dia Municipal do Coco de Roda”, de autoria do vereador Junior Leite (PT). A solenidade será no Palácio dos Governadores, sede da Prefeitura da cidade. A Câmara Municipal aprovou o projeto de lei, instituindo o dia 20 de junho para as comemorações.
A assinatura da lei será acompanhada pelos coquistas (integrantes que cantam e dançam o coco), além de contar com a presença de autoridades do município e outros convidados.
Como prevê a lei, o “Dia Municipal do Coco de Roda” entrará no calendário das comemorações de Olinda, integrando ações das secretarias municipais para a promoção da tradição local.

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Paixão de Cristo 2018

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: