ago
27

PROFESSORES DA FUNESO ESTÃO EM GREVE

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags


O Sindicato dos Professores de Pernambuco (Sinpro) se reuniu ontem (26) em assembleia com os professores da Fundação de Ensino Superior de Olinda (Funeso), na sede da instituição de ensino. Como forma de protesto, a categoria já está de braços cruzados desde a última sexta-feira (24). Segundo o Sinpro, há mais de dez anos que a instituição tem pendências com demissões, sem o pagamento de direitos trabalhistas, e mais de 50 processos de professores e trabalhadores sem receber; salários atrasados, reajustes não cumpridos e professores trabalhando sem carteira assinada.
Entre as reivindicações dos docentes estão reajuste salarial, pagamento de salários atrasados e de 50% do décimo terceiro. De acordo com a diretoria do Sinpro, a categoria exige uma proposta concreta do patronato. E para isso, eles destacam que se faz necessário a criação de um cronograma para que as irregularidades alegadas pela categoria sejam sanadas.
Segundo o coordenador geral do sindicato, Jackson Bezerra, essa é uma paralisação de advertência, mas se nenhuma medida for tomada, os professores podem entrar em greve por tempo indeterminado. Ele defende ainda que a postura é uma forma de mostrar para a sociedade “o desrespeito da Funeso com os professores que ajudam na formação e no crescimento de Pernambuco”.
Durante o encontro a direção da instituição apresentou uma proposta de regularização dos salários atrasados, pagamentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), dos profissionais demitidos e do INSS. Segundo o Sinpro, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) em Pernambuco deverá mediar um encontro de negociação, na próxima quinta-feira (29).

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: