jul
25

CASA DO TURISTA DE OLINDA FUNCIONA EM PÉSSIMAS CONDIÇÕES

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Olinda     Tags

CT

A Casa do Turista em Olinda foi inaugurada em setembro de 2006, no Sítio Histórico. Quase nove anos depois, a situação do local é de abandono. Do lado de fora, a sujeira toma conta das paredes, que precisam de uma nova pintura. Dentro, há inúmeras goteiras e o chão acaba ficando molhado. O banheiro dos turistas também está em condições complicadas, como mostrou o NETV 2ª Edição deste sábado (25). 

A situação das goteiras é crítica. Quando chove, a água escorre pelas lâmpadas, que não podem ser acesas para evitar choques elétricos e curto circuito. Um balde foi colocado no meio da recepção, mas não consegue aparar toda a água que cai e deixa o local completamente molhado. Um plástico é usado para cobrir o balcão, mas ainda assim é possível ver os móveis apodrecendo.

No local, há um totem da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), que deveria auxiliar a passar informações aos turistas, mas está em um canto encostado. Na mesma sala há um ventilador, onde foi colocado um aviso de risco de incêndio se for ligado. A fiação, que deveria ser embutida, está no chão.

Até mesmo os folhetos com informações turísticas ficam espalhados, muitos caídos no chão. O único computador do local está coberto com um plástico preto, pois está quebrado. O banheiro para os turistas estava sujo e com um buraco no forro.

Com infiltrações na parede, a cozinha da Casa do Turista virou um depósito de móveis quebrados, nem mesmo o fogão funciona. No local, trabalham uma funcionária da Prefeitura de Olinda e uma estagiária, à tarde dois estagiários atendem os turistas. Quando a funcionária  percebeu que a equipe filmava o local, pediu que parassem e ligou para a Secretaria de Turismo, se recusando a dar entrevistas.

O guia de turismo Nelson Souto Maior afirma que os turistas reclamam. “A estrutura para uma cidade como Olinda, conhecida mundialmente, pelo seu carnaval, pela sua história, é muito fraca. Tem sempre uma promessa para melhorar, mas nada acontece”, lamenta.

A equipe não viu sinal de obras ou alguém trabalhando para reparar os danos. Apenas um guia credenciado ao Ministério do Turismo apareceu no local, reclamando da falta de estrutura e condições precárias da Casa do Turista, que deveria servir para facilitar o trabalho.

Mesmo indo até a Secretaria de Turismo, que fica no mesmo bairro, no Carmo, em Olinda, a equipe não conseguiu respostas sobre o que vai ser feito. A diretora de Turismo Juliana Rezende não quis gravar entrevista e ficou de chamar o secretário, que não apareceu.

Através de nota, a Secretaria de Turismo de Olinda disse que foi feito um levantamento técnico na Casa do Turista e elaborado um relatório. Essa análise apontou a necessidade de uma reforma na estrutura do prédio e nos móveis do local. O documento foi encaminhado ao Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), para captação de recursos. Também foi constatado que é preciso trocar telhas e fazer uma revisão da parte elétrica do imóvel.

A Secretaria de Turismo informou também que um serviço emergencial foi programado, mas que as chuvas estão prejudicando as obras. De acordo com a Secretaria, o serviço deve ser retomado quando o período de chuvas passar. Não foi informado quando a Casa do Turista estará em condições de receber os visitantes. Ela permanece funcionando todos os dias da semana, na Rua Prudente de Moraes, no bairro do Carmo.

Envie um comentário

Redes Sociais:

Manu

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: