ago
13

DEPUTADO DENUNCIA MANOBRA NA CONVENÇÃO DO PMDB DE OLINDA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Eleições 2016, Olinda     Tags

A 14 meses das eleições de 2016, a situação interna do PMDB de Olinda azedou entre os dois principais grupos da sigla na cidade, comandados pela ex-prefeita e presidente municipal da legenda, Jacilda Urquisa, e pelo deputado estadual Ricardo Costa. O vencedor da disputa leva como prêmio a candidatura pelo partido à Prefeitura de Olinda.

Com a preferência declarada da cúpula estadual da sigla (leia-se o vice-governador e presidente do partido, Raul Henry, e o deputado federal Jarbas Vasconcelos), Costa esperava assumir o comando do PMDB em Olinda depois de 30 de agosto, quando todos os diretórios que não tivessem realizado convenção seriam destituídos. Acontece que o grupo de Jacilda se antecipou e marcou a convenção para este domingo (16). Vendo a possibilidade de assumir a legenda definhando, o deputado peemedebista resolveu denunciar o processo que envolve a reunião do final de semana.

Em nota divulgada no início da noite de ontem (12), Ricardo Costa diz ter sido “surpreendido ao ser excluído do processo de sucessão partidária”. Alega que não foi ouvido para a composição de chapa da executiva e que foi excluído de integrar o diretório, colegiado com maior número de filiados.

“Fui pessoalmente à sede do Diretório de Olinda e lá foi-me negado o direito de tomar conhecimento dos integrantes da chapa – atitude absurda e indefensável, pois contraria todos os princípios da democracia partidária no que diz respeito à transparência do processo eleitoral, exigência legal e da sociedade”, atacou, na nota, o parlamentar, que, nas eleições do ano passado, fez dobradinha com Jarbas Vasconcelos no município, enquanto que a sua rival na legenda, Izabel Urquisa, fez parceria com o socialista Felipe Carreras, por isso conquistou a preferência do comando estadual.

Ainda na nota, o deputado alega descumprimento de prazos e diz não entender a razão de a chapa “estar escondida e guardada a sete chaves”. E os ataques não cessam. Costa acusa o grupo que comanda o PMDB olindense de tratar a sigla como “propriedade familiar”.

“Vou oficiar a Executiva Estadual do PMDB, dando ciência das arbitrariedades que estão ocorrendo aqui em Olinda”, encerra a nota. Ou seja, a participação do PMDB nas eleições do próximo ano vai muito além das urnas do Tribunal Regional Eleitoral, e deve render ainda alguns capítulos.

Fonte: Blog da Folha

1 Comentário to “DEPUTADO DENUNCIA MANOBRA NA CONVENÇÃO DO PMDB DE OLINDA”

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Paixão de Cristo 2018

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: