out
14

COMPESA E TJPE INAUGURAM NÚCLEO DE CONCILIAÇÃO EM OLINDA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Olinda     Tags ,

compesaA Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) aposta na mediação de conflitos com os seus clientes nos Juizados Especiais Cíveis para evitar  que as queixas cheguem  ao  juizado e sejam transformados em  processos judiciais.

Seis meses após a implantação do 1º Núcleo de Conciliação Pré-Processual da Compesa, na Central dos Juizados Especiais Cíveis, no Fórum Desembargador Benildes Ribeiro, na Imbiribeira, a Compesa e o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) ampliaram a parceria com a instalação de um Núcleo de Conciliação em Olinda. A assinatura do convênio aconteceu ontem (13) à tarde, no Fórum  Lourenço José  Ribeiro, localizado na Avenida Pan Nordestina.

Ao avaliar a criação do 2º Núcleo de Conciliação Pré-Processual da Compesa, o presidente da companhia, Roberto Tavares, afirmou que a experiência adquirida no Juizado Especial da Imbiribeira impulsionou a nova parceria.

Ele considerou louvável a iniciativa do TJPE ao oferecer a proposta conciliatória para as empresas. “Queremos resolver as demandas da Compesa de imediato e assim tirar as questões mais simples do Judiciário. Estamos convencidos dos benefícios para as partes e acreditamos no sucesso deste canal de entendimento”, argumentou.

Para o presidente do TJPE, Frederico Neves, a instalação de Núcleos de Conciliação Pré-Processual é uma ação voltada à valorização da cidadania. De acordo com o magistrado, por meio deste instrumento, o  cidadão que  procura o Poder Judiciário em busca de uma solução para os seus problemas,  tem a possibilidade de sair do atendimento já com um acordo firmado. 

O programa consiste num sistema de conciliação prévia sob a direta supervisão e jurisdição do Poder Judiciário. Segundo a coordenadora dos Juizados Especiais Cíveis, Ana Luíza Câmara, a iniciativa  propicia benefícios ao cidadão, já que ao procurar este atendimento a sua  demanda pode ser resolvida no mesmo dia do seu registro, ao contrário dos processos judiciais que levam em média quatro meses para serem homologados.

Ana Luíza Câmara lembra que o serviço é gratuito e que o cliente da Compesa não precisa recorrer a um advogado para formalizar o eventual acordo com a empresa. O 2º Núcleo de Conciliação Pré-Processual da Compesa funciona no Fórum Lourenço José Ribeiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e de 13h às 17h.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

an3

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: