out
25

JORNALISMO, PROFISSÃO PERIGOSA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Serviços     Tags , ,

Violência-contra-jornalistasA Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj) se preocupa com os altos índices de jornalistas brasileiros perseguidos e mortos no exercício da sua profissão. “O jornalista é o elo mais fraco da cadeia e a violência que o atinge, em 90% dos casos, é cometida por autoridades que exercem funções públicas, como prefeitos, vereadores, delegados, juízes”, denuncia. 

Em 2014, foram mortos seis jornalistas. Em 2015, segundo contabiliza a Fenaj, já houve quatro mortes. A situação é generalizada e por aqui não é diferente; violência e pressões acontecem todos os dias.

Para combater o problema, a Fenaj produz anualmente um relatório sobre esses atos de violência e está tentando aprovar um projeto de lei na Câmara dos Deputados, federalizando a apuração dos crimes cometidos contra os profissionais da imprensa não apurados num prazo de 30 dias.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: