out
27

ABI e FENAJ SE UNEM NO COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA JORNALISTAS

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Serviços     Tags ,

Colete-JornalistaA Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) se uniram para combater a violência praticada contra comunicadores no Brasil. Em nota, as duas entidades dizem concordar com o princípio básico de que, ao protegerem os profissionais de comunicação, estarão contribuindo para o fortalecimento da liberdade de imprensa e a consolidação da ainda jovem democracia brasileira.

Reunidas recentemente, no Rio de Janeiro, as diretorias das duas instituições estabeleceram que a Fenaj apoioará a ABI na implantação do projeto SOS Jornalista, mecanismo pelo qual os comunicadores, vítimas de qualquer tipo de violência, poderão denunciá-la e receber proteção do Estado.

“A principal finalidade do SOS Jornalista é assegurar a liberdade de imprensa em toda a sua plenitude. Em especial, destina-se também àqueles que correm risco de vida. Já que as denúncias – depois de analisadas pela ABI, Fenaj, Abraji e Movimento Viva Santiago – serão repassadas para o Ministério da Justiça para que tome as providências necessárias para coibir as ameaças, processar os agressores e, se for o caso, proteger o profissional em risco”, explica a nota.

Há um mês, a ABI vem negociando com a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça um Termo de Cooperação para estabelecer um canal oficial no Governo, para onde essas denúncias de violência poderão ser encaminhadas. As expectativas são de que o documento seja firmado até meados de novembro.

Denúncia – No início deste mês, o SOS Jornalista informou ter recebido a sua primeira denúncia online. A jornalista e blogueira Claudete Andreotti, de Peruíbe (SP), autora do blog Boca de Rua, entrou em contato para dar conta de que foi vítima de uma tentativa de homicídio em novembro do ano passado.

Depois de checada a informação, a ABI encaminhou a denúncia ao assessor de imprensa da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Allan de Carvalho Silva, que se comprometeu a adotar as providências necessárias a fim de esclarecer os fatos.

*Texto publicado originalmente no site da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: