dez
9

QUEM O PTdoB IRÁ APOIAR PARA A PREFEITURA DE OLINDA EM 2016?

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Eleições 2016     Tags

*Sebastião da Paz – Jornalista

SÍLVIO-COSTA-PSC-PEAté as convenções que definirão os candidatos à Prefeitura de Olinda e as futuras coligações, muita água ainda passará por debaixo das pontes; o que está posto no dia de hoje (09) pode não valer amanhã ou lá em junho de 2016. O quadro até o início da semana era o seguinte: as articulações políticas levaram o PTdoB e o Prona a passarem para o comando de pessoas ligadas a apoiadores da pré-candidatura do PSB. Esses partidos passaram, respectivamente, a ser presididos, em Olinda, pelos filhos do vereador Arlindo Siqueira (PSL) e do ex-candidato a prefeito, Armando Sérgio.

Arlindo, que concedeu título de cidadão olindense ao advogado Antônio Campos, é um dos grandes defensores da candidatura do socialista à Prefeitura. Então estava tudo arrumado e definido para o PTdoB apoiar a candidatura do PSB, juntamente com o PSL, o PMN e o Prona. A legenda, comandada por André Siqueira, estava recrutando pré-candidatos simpatizantes do nome de Campos.

Mas, com a ida, ontem (09), do vice-líder do Governo Dilma Rousseff na Câmara Federal, deputado federal Sílvio Costa (ex-PSC) para o PTdoB, a situação muda. Sílvio é ligado ao ministro-senador Armando Monteiro, do PTB. Logo, deverá apoiar uma candidatura do PTB em Olinda ou apoiada pelos trabalhistas. E, nesse momento, certamente o PTB não tem nenhum projeto de apoio à pré-candidatura do PSB.

Aliado ao PT no plano federal e oposição ao PSB estadual, é mais provável que PTB venha a apoiar uma possível candidatura do PT, que esteve ao seu lado na eleição estadual de 2014. Na condição de vice-líder do Governo Dilma, não há a possibilidade de Sílvio Costa defender a candidatura socialista à Prefeitura de Olinda.

As pessoas menos informadas podem até dizer que não tem nada a ver essa lógica, mas (acredite), a passagem do deputado Sílvio Costa para o PTdoB não foi gratuita. O parlamentar não chega à legenda de mãos abanando, sem acordos com a direção nacional, sem compensação. Ele vai, sim, influenciar e interferir nas candidaturas e apoios que o partido vir a definir em Pernambuco. E Olinda se inclui nesse jogo. Sílvio Costa, pragmático como é, não deixará que o agora “seu partido” tenha candidatura contra os interesses do PTB e PT.

Como em política tudo muda a cada minuto, esperemos chegar 2016. Exatamente, junho de 2016. Só lá saberemos com quem estará o PTdoB.

*Email: edmilson75gomes@gmail.com

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: