dez
17

LEITURISTAS DA COMPESA AJUDARÃO NA PREVENÇÃO AO AEDES AEGYPTI

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Serviços     Tags , ,

dgA Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está engajada no combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, chikungunya e zika vírus – esta última doença associada às centenas de casos de microcefalia e aos recentes registros da Síndrome de Guillain-Barré, sobretudo no Nordeste.

Nesta quarta-feira (16), 450 leituristas começaram a ser capacitados para atuar como agentes identificadores de focos do mosquito nas 1,7 milhão de residências do Estado, que são visitadas mensalmente por esses profissionais para aferição do hidrômetro.

Além disso, todas as caixas d’água que são abastecidas pela Compesa, principalmente no interior, serão inspecionadas para prevenir e eliminar possíveis focos.

Ontem (16) à tarde, a primeira turma de leituristas começou a ser capacitada no Centro de Educação Socioambiental (Cesac) da Compesa, em Arcoverde, Sertão do Estado. Até o final de dezembro, haverá capacitações em Petrolina, Garanhuns e Caruaru, onde há um grande número de ocorrências de dengue, zika e chikungunya. Os leituristas vão aprender a identificar focos de proliferação do mosquito e deverão orientar os moradores sobre como eliminá-los.

Já os técnicos sociais e os funcionários das lojas da Compesa distribuirão aos moradores das comunidades e clientes panfletos com informações sobre o mosquito e as doenças por ele transmitidas. Quem ligar para o teleatendimento da Compesa (0800.081.0195 para atendimento geral e 0800.081.0185 para vazamento de água e esgoto) também será informado sobre os cuidados para não deixar água parada em casa. Durante a espera telefônica, o cliente ouvirá uma gravação do médico Dráuzio Varela com essas orientações.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

an3

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: