dez
30

EM TEMPO DE ELEIÇÕES, O OPORTUNISMO FALA MAIS ALTO

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Olinda     Tags

tacaruna

Sebastião da Paz – Jornalista

Dentro de alguns meses, certamente, o visual da antiga Fábrica Tacaruna e a área no seu entorno (na divisa entre Olinda e Recife) deverão ser modificadas, com obras de restauração e infraestrutura. Os investimentos serão feitos pelo grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), que no ano passado conseguiu a cessão da área, pertencente ao Governo do Estado. O processo legal de doação ainda não foi formalizado, por conta de detalhes técnicos na elaboração da carta de intenções.

A FCA vai instalar na área da antiga Fábrica Tacaruna, o Centro de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação e Engenharia Automotiva da Fiat, que irá treinar e capacitar engenheiros, técnicos e outros profissionais para a sua fábrica, que funciona no município de Goiana, na Zona da Mata Norte do Estado. O Centro da FCA será o quarto em todo o mundo e, naturalmente, vai transformar Pernambuco em um dos destaques na cadeia automotiva mundial.

Sabendo de toda essa movimentação para reforma e ocupação do espaço da Fábrica Tacaruna, inativo desde a década de 1990, começam a surgir os oportunistas de plantão, pedindo a revitalização daquela área. Certamente, a intenção é puramente eleitoreira. Comumente, político quer mesmo é aparecer, fazer o registro da “sua intenção” e, quando as obras começarem a surgir no local, cinicamente alardear que a ação é fruto das suas “lutas”. Nada além do oportunismo barato.

Santa Cruz – Por enquanto, tenho conhecimento de apenas um político querendo surfar na onda alheia (“atirar com a pólvora alheia”, diz o dito popular). É o vereador olindense Marcelo Santa Cruz, do PT. No seu perfil na rede social Facebook, o vereador demonstra o interesse de “salvar o patrimônio histórico cultural”. “Fico indignado com o criminoso abandono que se encontra o prédio histórico (…) que corre o risco de desabar face o descaso das autoridades” (sic), diz. E convida os internautas/olindenses: “Conclamo todos e todas para fazermos uma grande mobilização, a fim de edificar um projeto cultural naquele prédio”. Puro oportunismo!

A postagem no Facebook, feita ontem (29/12) à noite, às 10h22 desta quarta-feira (30) já tinha sido curtida por 77 pessoas. Registrados, também, 36 compartilhamentos e (que coincidência!) 13 comentários – o número do partido político do vereador. Os internautas, por desconhecerem os fatos e o andamento das negociações entre o Governo do Estado e a FCA, para a cessão do prédio da Fábrica Tacaruna, interagem apoiando a falsa “iniciativa” do petista. Não sabem que estão sendo usados como massa de manobra.

TACAPrédio – A antiga Fábrica Tacaruna é tombada como Patrimônio Histórico Estadual, desde 1994, pela Fundação do Patrimônio Artístico e Cultural de Pernambuco (Fundarpe) e pelo Conselho Estadual de Cultura. A história do prédio se inicia em 1890, quando começou a ser construído. Obra concluída, passou a funcionar, 1895,  como a primeira produtora de tabletes de açúcar do Brasil. Com o passar dos tempos deu lugar a outros empreendimentos econômicos: foi refinaria e fábrica de tecidos.

No ano 2000, durante a primeira gestão do governador Jarbas Vasconcelos (PMDB), o prédio foi adquirido pelo Governo do Estado por cerca de R$ 14 milhões. A intenção era transformar a área no “Espaço Cultural Tacaruna”. Ao longo dos anos seguinte o espaço chegou a sediar diversos shows.

Nove anos depois, já na gestão do ex-governador Eduardo Campos, a ideia era abrigar no espaço o Centro de Cidadania Padre Henrique, que iria contar com teatros, cinemas, museus e escola de tempo integral. A proposta não evoluiu e no ano passado (2014), o ainda governador doou o terreno (adquirido por mais de R$ 14 milhões) para a criação do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação e Engenharia Automotiva da Fiat. 

 

1 Comentário to “EM TEMPO DE ELEIÇÕES, O OPORTUNISMO FALA MAIS ALTO”

  • Marcelo santa cruz 2 de janeiro de 2016 às 13:48

    Edmilson em uma pessoa desenformada , estive sempre desde os Governos Arraes e Jarbas e Eduardo Campos lutando por um melhor aproveitamento daquele patrimônio histórico cultural que representa o Prédio da Fábrica Tacaruna. Por, uma questão de justiça essas não eh uma bandeirola de uma pessoa e eh preciso acabar com essa visão equivocada e oportunista de que qualquer luta ou campanha seja em função do voto ou interesse eleitoral A defesa da Tacaruna destinada para um equipamento Cultural foi uma das bandeiras do ex-vereador de Olinda Pedro Mendes e participamos juntos desse movimento. Não eh a melhor solução repassar o Governo do Estando aquele equipamento para FIAT; sendo melhor do que deixar o mesmo criminosamente abandonado Por fim; cabe dizer que estamos cobrando sempre cobrando da Prefeitura de Olinda à conclusão das obras referentes ao equipamentos históricos e culturais de Olinda – Cine Olinda/ Teatro Perna Longa ou Bonsucesso e Mercado Eufrasio Barbosa (Teatro Fernando Santa Cruz) nada disso Edmilson será obra de um só pessoa, com toda certeza são resultado de cobranças coletivas

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Paixão de Cristo 2018

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: