mar
10

CRISE ATINGE CALL CENTER E SETOR CRESCERÁ APENAS 1,1% EM 2016

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Serviços     Tags

ccA crise econômica que toma conta do país atingiu, também, o mercado brasileiro de call center para 2016. Segundo dados da consultoria E-Consulting, o setor movimentará R$ 46,1 bilhões neste ano, crescendo apenas 1,1% frente ao ano passado, que arrecadou R$ 45,4 bilhões.

Em linhas gerais, o levantamento aponta que a baixa expectativa se dá em decorrência da crise atual e da pouca perspectiva de clareza em relação ao futuro, além da sua relação com o câmbio, que envolve a compra de tecnologia e a contratação de serviços em dólar, assim como a forte regulamentação imposta pela máquina pública às suas atividades.

De acordo com a pesquisa, o cenário previsto para 2016 continuará baseado em investimentos tímidos por parte das empresas, principalmente no que tange à transformação digital, Mas em contrapartida a economia estagnada tem acelerado a busca deste mercado por novas opções através da tomada de decisões que contemplam duas rotas bem diferentes.

Uma ala aproveitará a crise focando os seus esforços no cliente final, investindo em multicanalidade e segmentação. Do outro lado estarão as empresas que forçam uma volta ao modelo padrão, com foco em telefonia e tentativa de aumentar o fluxo de caixa. Porém, é importante ressaltar que este método da uma sobrevida à operação, mas sem expectativas de longevidade.

A análise envolveu uma pesquisa realizada com 613 das 1.000 maiores empresas brasileiras de diversos segmentos, que têm serviços de call center, e com as 50 maiores operadoras de contact center do Brasil.

Encaminho o press release abaixo e gostaria de saber se há interesse em dar uma nota ou até mesmo desenvolver uma pauta sobre o tema em cima deste cenário.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: