mar
21

PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS REALIZA VISITA HISTÓRICA A CUBA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Internacional, Política     Tags

A tarde estava chuvosa quando o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, desembarcou em Havana neste domingo (20) e interrompeu décadas de uma relação conflitosa com Cuba. Acompanhado por sua esposa, Michelle e suas duas filhas, ele foi recebido pelo chanceler Bruno Rodríguez no aeroporto José Martí. “Qué bolá, Cuba?”, escreveu Obama em seu Twitter antes de desembarcar, em referência ao típico cumprimento cubano, equivalente a “Como está?”. “Acabo de aterrizar, quero encontrar e escutar em primeira mão o povo cubano”, acrescentou. O último presidente estadunidense que viajou oficialmente para Cuba foi Calvin Coolidge, em um navio de guerra, há 88 anos.

1531551_10153645870808515_2734644500333470040_n

Em julho, com uma indispensável intervenção do Papa Francisco, Cuba e Eua retomaram suas relações diplomáticas, e abriram embaixadas nos respectivos territórios depois de vários meses de negociações que puseram um ponto final a mais de meio século de ruptura. O anúncio de que os dois países retomariam suas relações foi feito em dezembro do ano passado. Apesar da reaproximação histórica, o embargo econômico imposto à ilha ainda vigora. Seu levantamento, defendido por Obama, depende da aprovação do Congresso dos EUA.

Nesta segunda-feira (21), Obama se encontra com o presidente cubano, Raúl Castro, para abordar, entre outros temas, o de direitos humanos. Sua agenda para hoje ainda inclui  uma visita ao memorial de José Marti (1853-1895), herói da independência cubana, a quem prestará homenagem. Após a reunião com Raúl, Obama assistirá a um evento centrado na geração de oportunidades e na iniciativa empresarial do povo cubano, que será assistido por representantes de negócios americanos, cubano-americanos e empreendedores cubanos. Por fim, o presidente americano participará de um jantar no Palácio da Revolução.

Na terça-feira (22), Obama deverá fazer um pronunciamento à população da ilha no Gran Teatro Alicia Alonso. O discurso, segundo o assessor estadunidense Ben Rhodes, será um momento muito importante da visita e uma oportunidade para Obama descrever o curso em que vive a relação dessas nações americanas. Trata-se de um discurso histórico, de um presidente estadunidense em solo cubano em quase 90 anos. Não está previsto nenhum encontro entre Obama e Fidel Castro, herói da Revolução Cubana.

Uma partida de beisebol entre a Seleção Cubana e o time Los Rays de Tampa, da Flórida, encerrará a agenda de Barack Obama em Cuba, que ainda inclui um passeio turístico da comitiva presidencial em Havana.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Paixão de Cristo 2018

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: