abr
20

PRESA QUADRILHA QUE ATUOU DURANTE O CARNAVAL DE OLINDA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Sem categoria     Tags

Dois funcionários comissionados da Secretaria de Planejamento e Controle Urbano de Olinda (Seplac) foram presos por envolvimento em um esquema ilegal de fiscalização de mercadorias de ambulantes durante o Carnaval deste ano. 

De acordo com a Polícia Civil, o diretor de Licença e Habite-se Alex André Valença Caldas, de 48 anos, e o chefe de Apreensões, Adriano Clemente Pereira Rocha, 57, foram responsáveis por contratar, de maneira irregular, 30 pessoas para fiscalizar comerciantes e revender os materiais apreendidos em barracas que pertenciam a ex-funcionários da Seplac. Para a Polícia, os contratados são apenas vítimas do esquema.

Com Adriano Pereira Rocha, que foi preso em flagrante, foram apreendidos ainda um revólver calibre 32 e quatro munições. A denúncia contra o esquema foi feita pela própria Prefeitura de Olinda.

Outras quatro pessoas – Carlos Alberto Batista dos Santos, 58 anos, Paulo Dionísio Pimentel, 45, Diego Cosmo da Silva, 24, e Sidney Mendes Soares, 30, foram presas por se passarem por fiscais. 

Durante as festas de Momo, os suspeitos utilizavam uniformes e equipamentos falsos, como coletes da Prefeitura de Olinda, cavaletes e cones com o nome da Secretaria. Depois de terem as mercadorias (bebidas e comidas) apreendidas, os ambulantes eram pressionados a pagar propina para conseguir o material de volta. Para ter a licença da prefeitura, os comerciantes pagaram uma taxa de R$ 540.

Os suspeitos, apreendidos durante a operação Abre Alas, foram encaminhados para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima. O grupo responderá por crimes de estelionato, peculato e organização criminosa.

Leia matéria sobre o assunto

 

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

  • Nenhuma categoria

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: