maio
5

MUDANÇA NA BASE DE CÁLCULO FACILITA PAGAMENTO DE LAUDÊMIO

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Serviços     Tags ,

O pagamento do laudêmio à União Federal, exigível nas transmissões onerosas do domínio útil ou da ocupação dos conhecidos “terrenos de Marinha”, sempre representou uma oneração nas despesas de regularização de imóveis.  A grande novidade é que a lei nº 13.240/2015, ao alterar a redação do art. 3º do decreto lei nº 2.398/87 (que dispõe sobre os imóveis da União), excluiu as benfeitorias do terreno da base de cálculo dos respectivos laudêmios. Em decorrência da nova redação legal, houve uma redução do valor do laudêmio, que pode chegar a mais de 90% do valor que seria pago antes da nova lei.

A mudança é uma excelente oportunidade para quem deseja regularizar a transferência de um “imóvel de Marinha”. “A retirada das benfeitorias do cálculo do laudêmio é umas das medidas previstas na lei. Com isso, os proprietários passam a pagar a taxa de laudêmio apenas sobre o terreno”, diz o tabelião público Filipe Andrade Lima.

De acordo com o tabelião, os interessados em pagar o laudêmio e regularizar imóveis podem acessar diretamente o site do Ministério do Planejamento da União ou, se preferirem, podem ir até à Secretaria do Patrimônio da União ou procurar um cartório da sua confiança, onde os especialistas podem repassar todas as informações.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: