maio
13

VIGILÂNCIA SANITÁRIA INTERDITA CLÍNICA DO HAPVIDA EM OLINDA

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Olinda     Tags

hap

A Vigilância Sanitária de Olinda interditou, na quarta-feira (11), por volta das 11h, em Olinda, uma clínica laboratorial da operadora de saúde HapVida. A unidade, localizada na Avenida José Augusto Moreira, 1.119, no bairro de Casa Caiada, apresentava irregularidades no seu posto de coleta para exames,  onde foram encontrados problemas estruturais, como infiltrações e mofo, além de descarte incorreto de lixo hospitalar. 

De acordo com a gerente do Departamento de Vigilância Sanitária, Érica Barroca Fernanda, o fechamento faz parte de medida cautelar com duração de 90 dias para que unidade de saúde se reestruture e torne a realizar atendimentos. “Para voltar a funcionar, a clínica vai precisar de reformas para eliminar os focos de infiltração e mofos”, explica.

Outro problema encontrado foi em relação ao material hospitalar já descartado, que deveria estar em bombonas para evitar contaminação e acidentes, pois entre o lixo havia materiais perfurocortantes, mas estava em lixeiras comuns. 

Caso a empresa não cumpra os padrões de qualidade exigidos, a clínica deverá ser interditada novamente e um processo administrativo será aberto pela Vigilância Sanitária, que avaliará a gravidade da infração. Pela lei, as empresas que descumprem normas estabelecidas pelo órgão podem ser penalisadas com multas a partir de R$ 2 mil até mais de R$ 500 mil.  

Em nota, o Sistema Hapvida declarou que a a unidade já está em reforma e as infiltrações foram detectadas após fortes chuvas que aconteceram no último mês. Clientes podem realizar exames nas unidades do Derby, Boa Vista, Paissandu e Paulista.

Recorrência – Não é a primeira vez que uma unidade de saúde do Hapvida apresenta irregularidades com a Vigilância Sanitária. No mês de abril, o órgão, juntamente com o Procon-PE, apreendeu produtos irregulares na ala de endoscopia e exames laboratoriais na unidade da Rua Fernandes Vieira, no bairro da Boa Vista – Recife. Havia objetos descartáveis com indício de reutilização, além de itens fora do prazo de validade.

Fonte/Foto: JC

2 Comentários to “VIGILÂNCIA SANITÁRIA INTERDITA CLÍNICA DO HAPVIDA EM OLINDA”

  • Ayla 16 de maio de 2016 às 21:08

    Isso é uma falta de respeito ao consumidor e usuário que paga por um plano que reutiliza materiais descartáveis e não procura melhorar a estrutura de seus laboratórios, ambulatórios e hospitais. Para se realizar um exame, o paciente enfrenta filas e muitas vezes ainda é mal atendido por funcionários mal educados e incompetentes. Uma vergonha.

  • Cristina 15 de novembro de 2016 às 15:51

    Fui pela primeira vez a uma clínica hapvida em Boa Viagem e fiquei horrorizada com a quantidade de gente amontpadas em uma sala pequena,para aguardar a realização de exames de coleta.Tinha portadores de necessidades especiais,crianças,idosos,todps confinados.Expostos a contaminação,ppis até espirrar fica difícil,por falta de espaço e as pessoas se expõe a contaminação.Achei que como sendo um plano de saúde,não iria encpntrar essa situação.Saí daí apavorada,indgnada e pretendo assim que puder e seja logo,mudar pata um planoais humanizado,pois se quisesse enfrentar essas situações,ficaria no SIS mesmo.Até porque não há necessidade de um exme de ceta de sangue,só ser realizado pela manhã,das 0:600 às 0:900 hrs,concentrando assim mais gente do que o necessário.Esse exame pode ser realizado em outro horário também,como fazem putras clínicas.Acredito que isso acontece,para que não haja contratação de mais funcionários.Absurfp e desorganização.

Envie um comentário

Redes Sociais:

Manu

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: