maio
19

MPPE DESMENTE O DEPUTADO EDUARDO DA FONTE SOBRE PROCESSO CONTRA A CELPE

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Pernambuco     Tags , ,

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) emitiu nota na manhã desta quinta-feira (19), desmentindo o deputado federal Eduardo da Fonte, do Partido Progressista (PP). O parlamentar se vangloria na sua página de ser o autor do pedido de processo contra a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). Mas o MPPE afirma que a ação civil pública (nº 42972-46.2014.8.17.0001) foi ajuizada pela 18ªEduardo da Fonte promotora de Justiça de Defesa do Consumidor da Capital, Liliane Rocha, no dia 13 de junho de 2014, muito anterior à solicitação de Eduardo da Fonte, que é de 02 de fevereiro de 2016. 

Nessa data (02/02/2016), ele ingressou com uma solicitação contra a Celpe, de “acompanhamento dos processos de restabelecimento do fornecimento de energia elétrica”, através de documento com timbre da Câmara dos Deputados, e enviado para o promotor-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco. Como resposta, recebeu cópia do encaminhamento da promotora Liliane Rocha à Justiça, pedindo que a sua solicitação fosse anexada ao processo já existente, movido pelo MPPE em 13 de junho de 2014.

Por deslize ou má-fé, Eduardo da Fonte publicou com destaque na sua página pessoal que o Ministério Público de Pernambuco havia ingressado com a ação judicial na 29ª Vara Cível, mas teve cuidado de não divulgar o número do processo nem a sua data, dando a entender que todo o processo teve a sua iniciativa, quando não é verdade.

Como essa informação foi repercutida nos jornais e principais blogs da Região Metropolitana do Recife, o Ministério Público de Pernambuco resolveu divulgar nota na manhã desta quinta-feira (19), a fim de esclarecer os fatos.

Leia: Nota Oficial do MPPE

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

an3

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: