maio
24

OURO PRETO: PELO MENOS UMA DEZENA DE CANDIDATOS A VEREADOR

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Eleições 2016     Tags , ,

O bairro de Ouro Preto está entre os cinco mais populosos de Olinda. São pouco mais de 40 habitantes, quantidade suficiente para eleger, com folga, cinco vereadores. Mas o bairro não tem nenhum. Até 2012, tinha um, que não foi reeleito. Para as eleições deste ano, há pelo menos uma dezena de candidatos, a maioria já testados nas urnas, outros não.

Entre os mais conhecidos estão o veterano “Tostão” (PTC), que vai para a disputa pela quinta vez; o estreante Igor Belchior (PSB), Sardinha Leal (PCdoB), Professor Marcelo Melo (PTB), Evangelista Alexandre (PP), Delson do Plano de Saúde (PSD), Rildo do Armazém (PCdoB), Isadora Garcia (PCdoB), Gugu e Ana santana (PT). Alguns com chances de eleição, o que vai depender, além da votação obtida, da coligação e do coeficiente eleitoral.

tTostão – O funcionário público federal Ademilson Torres “Tostão” (PTC) já participou de quatro eleições, por partidos diferentes. A cada disputa vem aumentando o número de votos conquistados. “Em todas as eleições eu tive um aumento enorme no percentual de votos. São votos verdadeiros, pois nunca tive uma campanha com muitos recursos”, gaba-se.

A primeira eleição disputada por “Tostão” foi 24 anos atrás, em 1992, pelo PSB. Naquele ano, ele não foi às ruas fazer campanha e na abertura das urnas lá estavam 381 votos. Só voltou a concorrer em 2004, pelo PT. Obteve 691 votos. Na eleição de 2008 ele estava no PMN e conquistou 954 votos.

Na eleição de 2012 foi a quando chegou mais perto de conquistar uma cadeira na Casa Bernardo Viera de Melo. Candidatou-se pelo PHS e obteve 1.549 votos. Tornou-se 1º suplente, após o então vereador Lupércio Carlos (PV) ser eleito deputado estadual, em 2014. Agora vai novamente para a disputa, pelo PTC. “Hoje, as chances de vitória são maiores”, garante.

As principais áreas de atuação de “Tostão” são saúde, cultura, esporte e lazer. “Como vereador criarei as ‘Academias do Bairro’ e os ‘Centros de Esportes e Lazer’ em todos os bairros de Olinda”, disse, talvez desconhecendo as suas competências e limitações como parlamentar. A sua intenção é, também, formalizar uma parceria entre as associações comunitárias e a população. “Vamos unificar os nossos objetivos e lutar conjuntamente por eles”.

Professor Marcelo Melo – Disputou a sua primeira eleição em 2008, pela coligação PTB-PSL. que indicou Arlindo Siqueira à Prefeitura de Olinda. Foram eleitos Mauro Fonseca (2.798 votos) e Márcio Barbosa (2.683). O Professor Marcelo obteve 2.454 votos. Ficou na suplência.m

Mudou de partido e em 2012 voltou a disputar uma vaga na Câmara de Vereadores pelo PTB. Foi o sexto candidato mais votado do município, mesmo assim, por conta da coligação/coeficiente eleitoral amargou a primeira suplência. Vai mais uma vez para a disputa. Continua no PTB e comanda o diretório municipal do partido.

O Professor Marcelo Melo tem forte atuação na área social, com atenção especial à terceira idade, atividades esportivas e qualificação profissional, através do seu Centro de Assistência Social de Ouro Preto (que já funciona a cerca de dez anos) e de novos centros inaugurados no final do ano passado no Jatobá, Jardim Fragoso e Cidade Tabajara. Também patrocina cursos e atividades esportivas na Associação de Moradores do Embrião (AME) e nas dependências da Escola de Samba Oriente, no Amaro Branco.

Como vereador, quer ampliar a sua rede sócio-assistencial. Na Câmara, voltará a sua atuação para as questões relacionadas à terceira idade, juventude, incentivo ao esporte, saúde e combate às drogas.

sSardinha Leal – Marcos Antônio Sardinha é morador do bairro de Ouro Preto desde a infância. Vai disputar uma vaga na Câmara de Vereador de Olinda pelo PCdoB. Em 2008, concorreu pelo PRTB e obteve 1.067 votos.

Identifica-se como “militante político” desde 1995. Trabalhou durante as duas gestões de Luciana Santos (PCdoB) à frente da Prefeitura, na Secretaria de Obras, onde desenvolveu trabalhos de limpeza urbana e obras junto ao diretor de Obras, Carlos Melo.

A sua atuação profissional está voltada à defesa dos interesses e dos direitos cidadão, ações de infraestrutura, como saneamento básico e limpeza urbana; assessoria política e vendas. Na Câmara de Vereadores, se eleito, vai direcionar as suas ações ao apoio aos projetos sociais.

Igor Belchior – É professor de História. Militante do Movimento Popular Socialista (MPS) e filiado ao PSB. Faz parte da diretoria da Antuerf – entidade de defesa dos usuários de transporte público – e membro do Coletivo Beco Cultural, que defende a cultura popular, iartes, música, literatura e cinema. Entra na disputa pela primeira vez.

Na sua plataforma de campanha constam como principais propostas a criação da Lei da Transparência da Casa Bernardo Vieira de Melo sobre os gastos públicos do Poder Legislativo; criação de uma Fundação de Cultura exclusivamente voltada à cultura popular; defesa do ensino integral na rede municipal de Educação; criação de lei alterando o horário de funcionamento do transporte público municipal para o mesmo horário das frotas subúrbio-cidade; defesa de instalação de bibliotecas públicas nos bairros com acima de 30 mil moradores.

Belchior também vai trabalhar na defesa do rio Beberibe, criação de monitoramento dos serviços públicos na orla olindense; criação de lei de incentivo aos campos de várzea da cidade; criação da Ouvidoria dos movimentos sociais e da sociedade civil. Defenderá, também, as sessões da Casa Bernardo Vieira de Melo nos bairros com os piores IDH do município e defesa das ciclovias em toda a cidade.

Evangelista Alexandre – Também é estreante o comerciante Alexandre Ferreira Ramos. Proprietário de uma loja de miudezas no Centro Comercial de Ouro Preto, e residente há 40 anos no bairro, adotou o apelido de Evangelista Alexandre para aalexandre disputa.

Promete exercer a funçao de legislador e fiscalizador das ações do executivo – “Não abro mão disto”. Entre as suas prioridades está a atuação na área de segurança, para “tentar, através do governo estadual, melhor aparelhamento do Núcleo da Polícia Militar no bairro e trazer a policia motorizada (CipMotos). 

Na área social vai trabalhar para que a prefeitura reative o Cecom e o antigo Colégio Dom Bosco, para a realização de cursos profissionalizantes para os jovens. Junto ao Governo do Estado vai pleitear o antigo clube do Cecop para transformá-lo em creche de tempo integral. Vai, ainda, pleitear junto ao municipio a construção de uma academia da cidade no campo do Cecopão, bem como uma piscina para natação e terapia para os idosos do bairro.

Pretende, também, fazer um grande trabalho na area de recuperação de jovens viciados e fomentar a interação entre as igrejas evangélicas e católicas, para que estes possam acompanhar os jovens com a oferta de cursos nos espaços dos próprios templos.

O blog solicitou as informações dos demais candidatos, mas não obteve nenhuma resposta de Rildo do Armazém (candidato em 2008 e 2012, pelo PHS e PCdoB), Delson do Plano de Saúde (PRP-2012), Gugu (2008 e 2013, pelo PMN e PHS), Isadora Ribeiro (PCdoB) e Ana Santana (PT).

 

 

4 Comentários to “OURO PRETO: PELO MENOS UMA DEZENA DE CANDIDATOS A VEREADOR”

  • EDILMA BANDEIRA DE MOURA ALVES BANDEIRA DE MOURA ALVES 27 de maio de 2016 às 00:08

    TANTAS PALAVRAS BONITAS, MAS ATÉ AGORA, NÃO VI AÇÃO NENHUMA DESSES QUE SE DIZEM CANDIDATOS E COM TANTAS BOAS INTENÇÕES. MAS…ENTRE O FALAR E O AGIR… O QUE VEJO, POR EXPERIENCIA, SÃO CANDIDATOS COM HISTÓRICOS CONFUSOS. UM BATE EM ESPOSA, OUTRO É GROSSEIRO E MAL-EDUCADO, OUTRO SÓ FAZ INCOMODAR COM SEUS COMITÊS CHEIOS DE MULHERES E RAPAZES COM PALAVREADOS CHULOS, OUTRO SÓ PROMOVE ARRUAÇAS, OUTRO NÃO FALA COM NINGUÉM, OUTRO NÃO ATENDE AS EXPECTATIVAS…DESSES AÍ, SÃO NÃO CONHEÇO O PROFESSOR IGOR BELCHIOR. O RESTO, DOU UM PELO OUTRO E NEM QUERO TROCO E NEM ACEITO VOLTA.

  • Antônio Eduardo 15 de agosto de 2016 às 09:02

    A reportagem não mencionou nenhum candidato da oposição. É estranho, mas lembro que também esta concorrendo para vereadora a Pastora Ana Rita. Acredito que é a única capaz de fazer um trabalho com fé, coragem e atitude para ajudar na reconstrução de nosso município.

  • Jorge Luiz 15 de agosto de 2016 às 09:16

    Olinda nessa eleição tem oposição, VEREADORA PASTORA ANA RITA. Precisamos acordar Ouro Preto. A pastora é a única candidata legítima e com experiência, pois já foi candidata a vice-prefeita de Olinda com Armando Sérgio, e tenho certeza que ela irá ajudar no resgate do orgulho do povo de Olinda.

  • Marcilio 15 de agosto de 2016 às 09:29

    A reportagem esqueceu de mencionar a vereadora PASTORA ANA RITA e vejo como a única que já vêm trabalhando e feito a diferença em Ouro Preto. Ela é pastora da Igreja de Deus no Brasil e foi canditada a vice prefeita junto com Armando Sérgio em 2012 com uma votação de 16.000 votos, e é a verdadeira oposição à esse governo, que destruiu nossa cidade.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

an3

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: