maio
27

“OLINDA MERECE COISA MELHOR”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Eleições 2016     Tags ,

É ano eleitoral. Os políticos se preparam para a disputa e os eleitores também começam a observar o cenário, fazer comentários e ‘tomar partido’. Políticos com mandato enchem os seus perfis nas redes sociais com informações sobre projetos, propostas e ações; os que não têm mandato apresentam propostas e vão às ruas mostrar a cara.

Recentemente, um internauta fez comentário na rede social Facebook, comparando o prefeito de Olinda, do PCdoB, e o pré-candidato do PSB à Prefeitura. Carrega, é verdade, no discurso, apontando o socialista como forasteiro e desconhecido. Mas faz parte do jogo; jogo já jogado por muitos políticos da cidade em passado recente.

Segue o texto, na íntegra:

Edmilson Gomes*

Um homem é frio e não demonstra muitos sentimentos. O outro é considerado um péssimo administrador, mas é sorridente, sabe abraçar e envolver.

Estou falando de Antônio Campos e de Renildo Calheiros. Não voto em nenhum dos dois, mas justiça seja feita: no quesito simpatia, atenção e desenvoltura, Renildo ganha de 10×0.

ed2Estive olhando o perfil do neo-político Antônio Campos aqui no Facebook para pedir que me adicionasse. Olhei muitas fotos dele, com pastores e padres, lideranças comunitárias e vi um homem frio, que não ri, não demonstra sentimentos. Os gestos são mecânicos como o de um robô.

Vi também alguns videos de visitas dele às periferias de Olinda, postados e compartilhados por diversas pessoas, e vi um homem mudo, que não fala, que não interage com a população, que não olha olho no olho, que não dá resposta ou sugestão prá resolver os problemas de Olinda que são relatados a ele.

Ele é mesmo um robô e alguns robôs não falam, não é?

Voces acham que eu quero um robô governando Olinda?

Será que Olinda precisa de um homem que não demostra sentimentos, não ri, não fala com o povo, não abraça, não olha no olho e só faz fotos ao lado das pessoas só para registro prá futura campanha?

Aliás, ele nem conhece Olinda. Anda na cidade com uns guias (lembra dos guias de cego?) prá não se perder ou prá chegar a determinado lugar. Também não conhece lideranças nem associações. Um estranho em Olinda!

Olinda não precisa de robô, interessado apenas em satisfazer o desejo de poder da grife “Campos”.

Olinda não precisa de alguém que não conhece a cidade e que pode se perder na primeira esquina se não tiver um guia ao seu lado.

Olinda não precisa de forasteiro, precisa sim de um olindense que conheça a cidade e que tenha vontade de administrar e melhorar as condições de infraestrutura da cidade.

Olinda merece coisa muito melhor.

* Reproduzido do Facebook

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Paixão de Cristo 2018

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: