jul
11

POLÍCIA FEDERAL DIVULGA DICAS CONTRA A PEDOFILIA NO MÊS DAS FÉRIAS

AuthorPostado por: Maraba Soares    Category Em: Brasil, Pernambuco, Policial     Tags

Durante as férias, as crianças e adolescentes passam muito mais tempo em casa, na internet, em jogos e redes sociais. Os meninoperigos escondidos nos computadores, tablets e celulares trazem, junto com as férias, a preocupação dos pais com os crimes cibernéticos. O mundo virtual ainda é um espaço perigoso para quem não toma certos cuidados. Segundo a Polícia Federal, crimes de pedofilia, clonagem de cartão e sequestro são comuns nas redes sociais.

A exposição de informações pessoais como endereço, números de contato, CPF, filiação e escola, torna a rede social um local perigoso para as crianças. A falta de orientação dos pais sobre como utilizar a internet de forma segura é, muitas vezes, a brecha que os cibercriminosos encontram para encontrar a vítima. O excesso de fotos também é capaz de mostrar dados como a placa do carro, a casa onde mora e até os locais onde estudam. Fotos íntimas, com amigos ou familiares, também são caminhos que os criminosos encontram de chegar até a criança.

Além das redes sociais, um dos meios de atuação dos criminosos com as vítimas são através dos jogos online, que são parte da diversão das crianças durante as férias. O problema está em quanto tempo a criança gasta com os jogos. A alta exposição à esses jogos é a chave para despertar o vício, fazendo com que a criança prefira estar conectado e encontre mais felicidade na vida virtual do que na vida real. Segundo a Polícia Federal, o Transtorno por Jogos na Internet, como é classificado oficialmente pelos psiquiatras, está constantemente ligado à casos de vítimas de crimes cibernéticos, como clonagem de cartões de crédito, pedofilia, falsificação de documentos, difamação, calúnias e até assassinatos pelo fornecimento de informações pessoais e fotos com conteúdo íntimo. A recomendação da PF é que os pais tenham controle sobre o tempo e conteúdo que os filhos acessam na internet.

Em 2016 já foram realizadas pela Polícia Federal de Pernambuco três operações de combate a pornografia infantil, e cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Outros quatro endereços foram fiscalizados e três suspeitos estão sendo investigados. A Organização Não Governamental SaferNet é parceira da Polícia Federal na investigação de crimes cibernéticos. Nos últimos 10 anos a SaferNet recebeu e processou 1,4 milhões de denúncias anônimas de casos de pornografia infantil e pedofilia na internet.

DICAS DE SEGURANÇA NAS REDES SOCIAIS PARA OS PAIS

– Os pais devem ter um vínculo de amizade e cumplicidade com seus filhos;
– Os pais devem ter um conhecimento básico de internet e computação, prncipalmente sobre redes sociais;
– Os pais devem supervisionar o acesso dos filhos de uma forma discreta e não ostensiva, sem ser autoritário, arrogante ou castrador;
– Os pais devem alertar e conscientizar a criança so bre os perigos que ela pode encontrar e ensiná-lo a evitá-los
– O consentimento do jovem para que os pais acessem o seu perfil com a sua senha é fundamental
– Se possível, deixe o computador em um cômodo público e visível da casa
– Não permita altas horas de exposição na internet
– Informe aos filhos que empresas e órgãos do governo pesquisam perfis do facebook e twitter na hora da contratação ou aprovação em concurso público.

DICAS DE SEGURANÇA NAS REDES SOCIAIS PARA OS FILHOS

– Nunca inclua informações pessoais em demasia;
– Não postar fotos em excesso;
– Nunca inclua desconhecidos em contatos;
– A privacidade e intimidade é algo que deve ser a todo custo preservado.

CUIDADOS A SEREM TOMADOS COM OS JOGOS ONLINE

– Se for vítima denuncie à Polícia através do número 100, www.dpf.gov.br, e www.safernet.org.br. Material didático sobre vários temas podem ser baixados através da Organização Não Governamental – Safernet que possui uma parceria com a PF;
– Nunca permita altas horas de exposição a esses jogos – a questão fundamental é estabelecer um horário e um tempo de duração – o importante é manter o controle para que essa brincadeira se torne apenas uma diversão;
– Nunca forneça seus dados pessoais e financeiros a nenhum desses moderadores;
– Nunca se submeta a fazer tarefas que implique na exposição de sua privacidade e intimidade;
– Caso queira fazer uma recarga compre os próprios créditos numa loja especializada;
– Se estiver sem controle e exposto a várias horas sem parar de jogar, procure um tratamento de um profissional especializado – em alguns casos será necessário internamento em virtude dessa exposição ter virado um TRANSTORNO POR JOGOS NA INTERNET que entrou oficialmente no manual utilizado por psiquiatras para os diagnósticos de doenças mentais.

+Saiba mais:

COMBATE À PEDOFILIA REALIZADO PELA POLÍCIA FEDERAL DE PERNAMBUCO

Em 2013/2014:
11 operações de combate à pedofilia infantil;
7 prisões em flagrante;
42 Mandados de Busca e Apreensão;
76 inquéritos policiais instaurados;

Em 2015:
4 operações de combate a pronografia infantil;
14 Mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos;
13 endereços fiscalizados e três suspeitos autuados em flagrante;
21 suspeitos ainda estão sendo investigados;
24 cidades foram detectadas com registro de pornografia infantil.

Em 2016:
3 operações de combate a pronografia infantil;
5 Mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos;
4 endereços fiscalizados
3 suspeitos investigados.

Fonte: Diário de Pernambuco

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

an3

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: