set
15

ÍNDICE DE INCÊNDIOS EM FÁBRICAS DE COLCHÕES PODE SER REDUZIDO COM O USO DA LÃ DE PET

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Serviços     Tags

Existe um bombardeio de notícias a respeito de incêndios em fábricas de colchões. Foram no mínimo seis este ano. Na semana passada, um incêndio em uma sala de repouso dos técnicos de obstetrícia de um hospital em Teresina, no spPiauí, destruiu os colchões. O principal motivo é porque a espuma convencional é um elemento altamente inflamável. Além disso, seus gases são altamente tóxicos e perigosos.

O diretor da Trisoft, Mauricio Cohab, explica porque o Petfom (produto patenteado pela empresa) em muitas aplicações é considerado uma evolução da espuma de PU. O Petfom é produzido a partir da fibra de garrafas PET retiradas do meio ambiente e 100% reciclável.

O Petfom não propaga chamas, seus gases estão abaixo do mínimo permitido pelas normas de segurança vigentes e atende à norma IT10 do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, sendo classificado como IIA, aprovado para uso em qualquer tipo de edificação. Logo, em um caso de incêndio, não será o propagador do fogo.

“Além da questão segurança, o Petfom tem outros atributos, como alta performance de qualidade e conforto, ser atóxico e hipoalergênico”, garante o diretor da marcaPara os colchões, o produto substitui parte ou, em certos casos, toda a espuma e é uma evolução e tanto. “O Petfom é entregue nas medidas desejadas pela fábrica, evitando desperdícios, não absorve umidade e por isso não mofa, não oxida, nem prolifera bactérias e também pode ser lavado”, enfatiza Maurício.

Para ser produzido, um colchão utiliza fibras de mais de mil garrafas PET retiradas do meio ambiente. Não utiliza água no processo produtivo, o que o faz totalmente sustentável e totalmente reaproveitável, o que ainda facilita a adesão das fábricas à logística reversa.

Foto: Manchete Online – Incêndio em São Paulo

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

an3

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: