out
10

FALTAM EQUIPAMENTOS DE PRIMEIROS SOCORROS NO COQUEIRAL PARK

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Policial     Tags ,

“Não tinha sequer o equipamento usado para ventilação artificial em caso de afogamento”. A afirmação é da técnica em enfermagem Viviane Lira, tia de Paulo Roberto Lira e Silva, de seis anos, que morreu afogado no último sábado (08), no Coqueiral Park, no bairro de Ouro Preto – Olinda.

A denúncia foi feita durante entrevista de Viviane Lira à Folha de Pernambuco, sobre a estrutura do Coqueiral park, onde ocorreu a morte do menor. Ela ainda criticou a administração do espaço, que ontem (09), um dia após o ocorrido, abriu as portas e funcionou normalmente.

“O mais revoltante é saber que funcionou normalmente ontem, um dia após a morte do meu sobrinho. Faltou sensibilidade da administração do parque aquático com a morte. Uma vida foi embora. Como agir como se nada tivesse acontecido? O que mais me preocupa é nada mudar e o que aconteceu com meu sobrinho se repetir.

Paulo Roberto Lira e Silva morreu afogado em uma das cinco piscinas do Coqueiral Park. Hoje (10), a Polícia Civil, por meio da Delegacia do Varadouro (Olinda), instaura inquérito para investigar as circunstâncias da morte do garoto.

Também hoje (10), o Corpo de Bombeiros deve voltar ao Coqueiral Park para averiguar se há alvará de funcionamento, salva-vidas suficiente e equipamentos de primeiros socorros. Segundo a assessoria dos Bombeiros, caso apresente risco para os frequentadores, o local pode ser interditado.

 

Envie um comentário

Redes Sociais:

Manu

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: