nov
12

GOVERNO ADOTA MEDIDAS PARA DIMINUIR O NÚMERO DE ASSALTOS A ÔNIBUS

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Pernambuco     Tags , , ,

Com o aumento no número de assaltos a ônibus no Grande Recife, o governo resolveu lançar um conjunto integrado de ações na tentativa de diminuir a incidência dos crimes. Entre as medidas adotadas, estão um novo formato de Boletim de Ocorrência (B.O), o monitoramento da frota interligado com o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) e um aplicativo para smartphone que alertará a polícia, em tempo real.

g1

De acordo com os órgãos presentes, foram registrados, no período de janeiro a outubro deste ano, 1.033 roubos a ônibus no estado. No mesmo período de 2015, foram 704.

A ação, denominada “Plano Estadual de Enfrentamento aos Assaltos a Ônibus”, foi divulgada nesta sexta-feira (11) no Centro Integrado de Comando e Controle Regional, bairro de São José. Ela foi apresentada pelo secretário das Cidades de Pernambuco, Francisco Papaléo, e representantes das polícias civil e militar, do Consórcio Grande Recife e do Detran-PE.

Passando de 18 para 24 itens para preenchimento, o novo formato de B.O visa descobrir melhor as áreas com maior incidência de assaltos. Agora, será necessário informar o local de embarque do bandido e o seu desembarque, além da matrícula e o nome do motorista e do cobrador. O modelo está sendo usado desde de julho deste ano. A idealização das medidas ocorreu em 2015, mas só começaram a ser aplicadas há três meses.

“É necessário saber se há filmagem da ação. Assim fica mais fácil identificar o criminoso e localiza-lo. Perguntamos ainda se aquela pessoa já roubou naquele mesmo percurso. Se sim, é um indicativo de que retornará a cometer o crime. Tudo isso foi pensado para agirmos com mais eficácia. Muitas empresas deixavam de prestar o BO quando a quantia do veículo não era levada. Isso acarretava uma subnotificação. Não queremos isso. Queremos números reais. Agora é obrigatório sempre prestar o boletim”, pontuou o delegado Joel Venâncio, coordenador da força tarefa no âmbito da Polícia Civil.

Tecnologia
Ainda em fase de testes, o aplicativo deve ser disponibilizado aos usuários em 60 dias. Com a plataforma, o passageiro poderá informar, em tempo real, o assalto. A mensagem será enviada ao sistema de monitoramento do Ciods, que encaminhará uma viatura para acompanhar o coletivo e efetuar a prisão dos suspeitos. O aplicativo será gratuito e disponível para IOS e Androide. Ele ainda não tem nome.

Fonte/Imagem: Portal G1

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: