nov
22

POLÍCIA FEDERAL PRENDE SUSPEITO POR PEDOFILIA NA INTERNET EM PAULISTA

AuthorPostado por: Maraba Soares    Category Em: Pernambuco     Tags , ,

Um técnico em informática foi detido pela Polícia Federal em Paulista, Região Metropolitana do Recife, durante a Operação Darknet II, deflagrada na manhã desta terça-feira (22) para desarticular uma rede nacional de pedofilia na internet. De acordo com a PF, ele foi autuado em flagrante por possuir ou armazenar fotografia e vídeo com cena de pornográfica envolvendo criança ou adolescente, mas teve o direito de pagar uma fiança de R$ 1 mil e foi liberado.

whatsapp_image_2016-11-22_at_12-50-26_pm_3

No interrogatório, o suspeito informou que criou um perfil falso na rede mundial de computadores para participar de um jogo on-line. Assim, conheceu uma pessoa de São Paulo e passou a compartilhar material pornográfico infantil.

O mandado de busca e apreensão foi cumprido as 6h na residência do suspeito, que tem 34 anos. A casa fica em Maraguape II, em Paulista, no Grande Recife. 

A Operação Darknet II em Pernambuco mobiliou seis policiais federais. A ordem judicial partiu da 4ª Vara da Justiça Federal no estado. Foram apreendidos um notebook, um celular,  quatro discos rígidos e três pen drives. No rastreamento, os policiais detectaram arquivos de fotos e vídeos com material pornográfico infantil.

A casa do morador de Paulista foi um dos locais com mandado de busca e apreesão emitidos para a Operação Darknet II, deflagrada em 16 estados. Ao todo, a PF cumpriu 70 mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar.

Além de Pernambuco, a Operação Darknet II mobilizou policiais no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Pará e Amazonas. Mais de 300 policiais federais integram a segunda fase da ação. São investigadas 67 pessoas suspeitas de trocarem e distribuírem fotos e vídeos com conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. 

De acordo com a Polícia Federal, estes ambientes virtuais são arquitetados para impossibilitar a identificação do ponto de acesso (IP) ao ocultar o real usuário que acessa a rede.

Fonte: Portal G1

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: