dez
14

JUÍZA ELEITORAL DESAPROVA CONTAS DE CAMPANHA DO VEREADOR PROFESSOR MARCELO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Olinda     Tags , ,

Complicou-se ainda mais a situação do segundo vereador eleito mais votado de Olinda, Professor Marcelo (foto), do PTB. Na tarde da última segunda-feira (12), a juíza Luciana Maranhão de Araújo, da 117ª Zona Eleitoral, desaprovou as contas de campanha do petebista, seguindo o parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE).

caminhada-cohab-embriao-15-09-2012-010Em outubro passado, o MPE havia se manifestado pela desaprovação das contas de campanha do Professor Marcelo, com fundamento no relatório técnico, apontando descumprimento da lei 9.504/97 (que estabelece normas para as eleições), ausência de transparência e lisura que dificultavam o efetivo controle sobre a movimentação dos recursos de campanha, possíveis desvios na administração financeira pela prática de “Caixa 2” e a necessidade de investigação, entre outras irregularidades, de 96 depósitos bancários sequenciais no valor de R$ 200,00 vinculados a diversos doadores. 

Logo em seguida, o seu advogado, Odin Neves, tentou apaziguar a situação ao negar que o vereador eleito fosse alvo de um pedido de cassação por parte do Ministério Público Eleitoral (MPE). Segundo ele, “basta qualquer cidadão consultar a situação cadastral do candidato eleito vereador Professor Marcelo para confirmar que o andamento atual de tal procedimento estabelece que foi dado vistas do procedimento investigativo ao MPE desde ontem – 20/10/2016, para que o mesmo faça os requerimentos de diligências que julgar necessárias para que após esta situação devolva tal procedimento ao Juízo Eleitoral da 113a Zona Eleitoral de Olinda – juízo responsável nestas eleições a proceder com qualquer investigação que for iniciada”, afirmou.

Mais adiante, o advogado do petebista garantia: “Não trata-se de qualquer pedido de cassação do vereador eleito Professor Marcelo e sim de procedimento comum de investigação ao qual o vereador já fez prévios esclarecimentos e que está tendo o seu curso investigativo normal e legal e que na próxima segunda-feira – 24/10/2016, será devidamente devolvido ao Juízo competente da 113a Zona Eleitoral e que esta assessoria jurídica irá ser devidamente cientificada para tomar conhecimento das diligências requeridas pelo MPE, e que será devidamente respondida, como de fato já o vem fazendo regularmente”.

Mas, agora, com a decisão da juíza Luciana Maranhão de Araújo, da 117ª Zona Eleitoral, desaprovando as contas de campanha de Professor Marcelo, no processo nº 13.258, a oito dias da diplomação, a situação é crítica. Todavia convém esperar para ver o que isso representa e no que isso vai dar.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: