maio
18

Em 2015, CMO aprovou, depois negou um título de cidadão para Aécio Neves

Os vereadores de Olinda já aprovaram por unanimidade um projeto de lei que concedia o ‘Título de Cidadão Olindense’ para o senador afastado Aécio Neves (PSDB). Com a decisão, ele seria homenageado em plenário e passaria a ser nosso conterrâneo.

aecio_bravo02No entanto, numa manobra política do então prefeito Renildo Calheiros (PCdoB), que andava chateado com o vereador Jorge Federal – atual presidente da Casa e filiado ao Partido Republicano – que havia passado para o campo oposicionista, os vereadores governistas, maioria na Câmara Municipal de Olinda (CMO), na última hora negaram a honraria, levando o parlamentar ao constrangimento. Foi o primeiro caso de rejeição da concessão de título na história da CMO.

Na época, moradores da cidade contrários à ideia de conceder o Título de Cidadão ao político mineiro, em protesto, chegaram a criar a fanpage Olinda não merece Aécio Neves nas redes sociais. A página continua em atividade até os dias de hoje.

Nesta quinta-feira (18), Aécio Neves, que também preside nacionalmente o PSDB, foi afastado do cargo de senador pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de ter recebido R$ 2 milhões de propina dos sócios do frigorífico JBS.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: