maio
19

Temer não renuncia e o dólar sobe

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Economia     Tags , ,

dolarA crise que atingiu em cheio o governo Michel Temer (PMDB) fez os mercados brasileiros acionarem travas de proteção contra fortes volatilidades nessa quinta-feira (17). Os mecanismos, porém, foram insuficientes para evitar que a Bolsa tivesse o pior dia desde 22 de outubro de 2008.

O dólar subiu R$ 0,26 em um dia, passando para R$ 3,40. O dólar comercial encerrou o dia com forte alta de 8,16%, indo para R$ 3,390. Já a moeda americana à vista, que fecha mais cedo, teve valorização de 8,68%, para R$ 3,373.

A Bolsa brasileira desabou 8,83%, aos 61.575 pontos, depois de acionar, pela primeira vez desde 2008, a trava que interrompe seus negócios em caso de forte instabilidade. Foi a maior queda desde 22 de outubro de 2008, quando o Ibovespa recuou 10,18%.

O pânico nos mercados foi uma reação à notícia de que o presidente Michel Temer foi gravado sugerindo a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. A informação foi dada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, e confirmada pela reportagem.

A instabilidade também afetou o mercado de juros. Os contratos mais negociados passaram a prever queda menor da taxa de juros na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), no final de maio.

Fonte: Folhapress

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: