jun
2

Vereadores de Olinda querem antecipar eleição da Mesa em um ano e meio

Há quem diga que os políticos mal acabam uma eleição e já pensam na seguinte. Em Olinda, os vereadores superaram todos os limites no quesito antecipação. Cumprindo ainda o primeiro semestre do biênio 2017-2018 da mesa diretora da Câmara Municipal, uma nova eleição ocorrerá na segunda-feira (05) para eleger a nova direção da Casa para o biênio 2019-2020. É isso mesmo; acreditem se quiser. Uma antecipação de um ano e meio.

OlindaHoje

Para tentar barrar as articulações dos vereadores ligeirinhos, o Movimento Olinda Imortal (MOI) protocolou uma ação popular na Justiça contra a antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal, que só deveria ocorrer em dezembro de 2018.

A medida, que foi acompanhada de um pedido de abertura de ação civil pública no Ministério Público, pretende barrar, segundo os integrantes do MOI, a manobra do presidente da Câmara, Jorge Federal (PR).

A antecipação da eleição é no mínimo estranha, porque aparentemente tem como finalidade perpetuar a mesa diretora eleita para o biênio 2017-2018 no comando da casa até o final da atual legislatura, em 2020.

“Além de ilegal, a antecipação da eleição é uma flagrante tentativa da atual mesa diretora para se perpetuar no poder. Nós do MOI queremos entender porque essa pressa da Câmara. Não achamos que seja uma prioridade da cidade, que precisa de saneamento, segurança, melhoria na saúde e educação. Ao invés disso, vemos os vereadores legislando em causa própria e não em defesa do povo olindense, isso sim”, declara Tiago Batista, do MOI.

Fonte/Imagem: Folha PE

1 Comentário to “Vereadores de Olinda querem antecipar eleição da Mesa em um ano e meio”

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: