jun
9

Violência, insegurança e medo tomam conta do bairro de Rio Doce

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Olinda     Tags , ,

Chico Carlos – Jornalista

assaltoA violência está amedrontando os moradores de Rio Doce, que denunciam a onda de assaltos à mão armada, roubos e arrombamentos no bairro olindense.

“Todos os dias temos, confirmados, pelo menos de três a cinco assaltos registrados nos núcleos habitacionais. Para piorar e aumentar a intranquilidade, temos que conviver com dezenas de boatos, que deixam a população ainda com mais medo”, denuncia o morador da 3ª Etapa, José Milton da Silva.

Diariamente, bandidos armados em motocicletas, bicicletas ou a pé, estão atacando as lojas, mercadinhos, padarias e farmácias do bairro. Nas paradas de ônibus, estudantes e trabalhadores estão sendo vítimas, todos os dias, da sanha dos assaltantes. “Já fui assaltada duas vezes na Avenida das Garças”, afirma a estudante Naiara Pontes da Silva.

No final de semana passado, um casal armado entrou num armazém próximo à Praça de Táxis, próximo do Terminal Integrado de Passageiros, roubou a renda do estabelecimento, além de celulares e carteiras dos clientes e funcionários. Foi um clima terror diante das ameaças e pressões dos assaltantes. “Esse casal é violento e vem agindo há muito tempo por aqui. Já denunciamos o caso à Polícia, que nada faz para prender a dupla”, ressalta o aposentado Luiz Dantas.

Apesar das denúncias e reclamações, a situação continua a mesma. A Polícia Militar não aumentou o efetivo policial na área, a fim de garantir a segurança e tranquilidade dos moradores que estão fazendo um abaixo-assinado pedindo a volta do Núcleo Comunitário da PMPE, no Terminal Integrado, na 3ª Etapa.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: