jul
4

Novo golpe circulando no WhatsApp oferece falsa vaga de emprego no Carrefour

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    Category Em: Brasil     Tags , ,

A atual situação da economia tem causado um aumento do desemprego no País. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no primeiro trimestre deste ano, 13,8 milhões de pessoas estavam à procura de um emprego, maior taxa da série iniciada no primeiro trimestre de 2012. Aproveitando este cenário, criminosos estão promovendo um golpe que promete falsas vagas de emprego pelo WhatsApp. A empresa da vez é o Carrefour.

maxresdefault (1)

As mensagens disseminadas pelo aplicativo afirmam que as vagas oferecidas pela empresa pagam salários de até R$ 1.852. No entanto, não se passa de um golpe para forçar a vítima a dar dinheiro para os criminosos, além de tornar o dispositivo mais vulnerável em futuros ataques. Segundo a PSafe, empresa especializada em segurança para dispositivos móveis, mais de 200 mil pessoas já clicaram no link da falsa promessa recebida pelo WhatsApp.

“O número de acessos desse golpe não para de crescer, com média de 10 mil cliques por hora, devido à rápida disseminação”, alerta Emilio Simoni, gerente de segurança da PSafe. O primeiro passo dos cibercriminosos é espalhar uma mensagem afirmando que a rede de supermercados contrata profissionais com urgência e que não há a necessidade de experiência na área.

Ao acessar o endereço para consultar as supostas vagas, a página solicita que o usuário responda a algumas perguntas para conseguir se candidatar, como “Você conhece ou frequenta o Carrefour da sua cidade?” e “Você tem carteira de trabalho e realmente está interessado nessa vaga?”. Independentemente das respostas, a vítima é encaminhada para uma nova página.

O texto seguinte afirma que para agendar a entrevista de emprego, é necessário compartilhar a oportunidade com outros 15 amigos por meio do aplicativo de mensagens. A justificativa dos criminosos é que a empresa desejaria “preencher o mais rápido possível as vagas”. Assim, a campanha maliciosa é disseminada com mais rapidez. Após compartilhar o link, o usuário é encaminhado novamente para outra página.

Desta vez, os hackers exigem o cadastro em serviços de SMS pago , que realizam cobranças indesejadas, ou a instalação de aplicativos falsos, que podem infectar o aparelho e deixá-lo vulnerável a outros ataques. Para dar mais credibilidade para a página, os cibercriminosos ainda incluem comentários de falsos usuários que alegam ter conseguido o emprego, como “Estou contratada, graças a Deus” e “Gente, vou começar a trabalhar amanhã”.

De acordo com o gerente de segurança da PSafe, para não se tornarem vítimas, os usuários precisam buscar as páginas oficiais de empresas e se certificarem de que se trata de uma oportunidade real. “Os cibercriminosos tendem a desenvolver golpes que, supostamente, atenderiam às necessidades de uma grande parcela da população e ainda utilizam o nome de marcas reconhecidas para trazer credibilidade”, explica.

“Neste caso, aproveitou a dura realidade de milhares de brasileiros que estão à procura de emprego para atrair um número de vítimas. É preciso que as pessoas fiquem atentas a qualquer tipo de promoções exageradas que chegam por mensagens, checando sempre se a promoção é real ao entrar em contato diretamente com a empresa”, afirma. Para os usuários que foram vítimas do golpe no WhatsApp, a PSafe recomenda o contato com a operadora para cancelar possíveis serviços de SMS adquiridos sem o seu consentimento.

Fonte: Portal iG

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: