jul
8

Sérgio Leite e Ramos podem se unir contra candidato de Júnior Matuto

sergio-leite

Sebastião da Paz

Efervescência e muito burburinho no meio político de Paulista e do Estado, que já dá como favas contadas a cassação do prefeito Júnior Matuto (PSB), em Paulista. No dia 12 de junho passado, o juiz eleitoral Leonado Asfora proferiu sentença  acatando os termos de uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), que foi dada entrada em dezembro do ano passado pelo “Podemos” (ex-PTN) e o Partido Humanista da Solidariedade (PHS), pedindo a cassação da chapa Matuto-Jorge Carrero, por conta da rejeição das contas de campanha.

Com a possibilidade de uma eleição suplementar no município, os dois principais candidatos que perderam a eleição para Matuto, Sérgio Leite (PDT) e Severino Ramos (PTB), começam a conversar e discutir uma aliança para derrotar o vereador Flávio Barros (PSB), o ungido pelo prefeito para concorrer à Prefeitura.

As conversas visam unificar as propostas do PDT e PTB, para uma futura composição para a disputa eleitoral. Severino Ramos, que ficou em segundo lugar na disputa de 2016 (34.946 votos), seria o candidato a prefeito.  Sérgio Leite, terceiro colocado (28.718 votos), ficaria com o cargo de vice-prefeito.

Nada está ainda definido, mas tudo leva a crer que, para encerrar o reinado de Júnior Matuto e o PSB (antes Yves Ribeiro governou a cidade por oito anos), Ramos e Leite topam uma aliança. Vencido esse round, eles partirão para atrair e conquistar o apoio de outros nomes que disputaram a prefeitura no ano passado.

Com informações do blog de Edmar Lira

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: