out
10

Presidência da República, políticos e partidos são os mais rejeitados pelos brasileiros, segundo pesquisa da FGV

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Política     Tags ,

cai-fora

A Presidência da República é a instituição mais rejeitada pela população brasileira, com 83%. A constatação foi feita pela pesquisa de opinião realizada no mês de agosto pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas. 

A coleta dos dados foi realizada pelo Ibope e para a realização da pesquisa entrevistou 1.568 pessoas de todos os Estados brasileiros. O resultado também coloca os políticos e os partidos políticos nas segunda e terceira colocação no ranking dos mais rejeitados, ambos com 78%.

Apesar disto, a maioria dos brasileiros se declara otimista com o futuro do país: 54% dos entrevistados responderam que a sua qualidade de vida deverá melhorar nos próximos cinco anos.

A pesquisa também constatou que as instituições brasileiras de maior credibilidade e aprovação são as Igrejas (61%), as Forças Armadas (46%) e o Poder Judiciário (42%).

 Outros dados interessantes da pesquisa são os seguintes:

  • – 55% dos entrevistados responderam que não votariam novamente no mesmo candidato em que votaram nas últimas eleições para presidente da República;
  • – 30% pretendem votar num “não político” para presidente da República e 29% desejam anular o voto ou votar em branco;
  • – 63% afirmam que a corrupção é o tema que mais os angustia no Brasil, sugerindo que a busca por um representante “honesto” será importante em 2018;
  • – Questionados sobre se concordam ou não que os partidos são importantes para a democracia e que estaríamos piores sem eles, 47% responderam que não e, destes, 33% disseram que discordam totalmente dessa afirmação;
  • – 74% concordam que os protestos são importantes para mudar o comportamento dos governantes, ao passo que 58% afirmam que os governantes temem o povo nas ruas;
  • – 65% consideram que debater nas redes sociais é importante para mudar o comportamento dos governantes. Esta é a terceira fonte de informação mais usada pelos entrevistados para se informar sobre política (22%), atrás apenas da televisão (69%), dos sites de notícias e dos portais (24%);
  • – 64% discordam totalmente da afirmação de que “o pior da crise econômica já passou”.

Envie um comentário

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: