fev
24

Sabia que o Mercado Eufrásio Barbosa já foi casa da alfândega e fábrica de doces?

A construção do Mercado Eufrásio Barbosa data do século XVI e, por muito tempo, foi a Casa da Alfândega Real do Império Marítimo Português em Olinda, onde eram mercantilizados produtos advindos do continente europeu.

Neste período, os tecidos que vinham do “Novo Mundo” eram pendurados em varas de madeira com pedaços de ouro nas pontas e, por conta disso, o nome do entorno ficou conhecido como Varadouro, onde pequenas embarcações, chamadas de galeotas, chegavam e partiam rumo ao Recife. “Varadouro das galeotas” com o tempo foi abreviado para apenas “Varadouro”.

No mesmo prédio, também funcionou, entre os anos de 1894 e 1960, a Fábrica de Doces e Conservas Amorim da Costa & Cia, empreendimento que apareceu de forma promissora como uma das mais modernas indústrias alimentícias de Pernambuco.

Os produtos da fábrica foram disseminados pelas cozinhas de todo o Brasil e também exportados para alguns países americanos e europeus.

A falência do empreendimento foi um balde de água fria para algumas pessoas que apostaram no potencial de Olinda como uma cidade industrial. Em 1979, o equipamento foi adquirido pela Prefeitura de Olinda e passou por uma grande reforma, quando foi inaugurado, em 1990, como o Mercado Público Municipal Eufrásio Barbosa.

Até hoje os azulejos originais, com o letreiro da Amorim da Costa & Cia, podem ser vistos nas paredes do mercado.

Fonte: poraqui news

Envie um comentário

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de Março de 2019
315 dias restantes.

Redes Sociais:

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje