out
15

Desde sábado, nenhum candidato poderá ser preso, salvo em flagrante

A regra, que restringe a prisão de candidatos nos 15 dias que antecedem as eleições, está valendo desde o último sábado (13), para o segundo turno.

De acordo com o parágrafo 1º do artigo 236 do Código Eleitoral (lei nº 4.737/1965), nenhum candidato que participará do segundo turno das eleições pode ser detido ou preso, salvo em flagrante delito.

Estão disputando o segundo turno no próximo dia 28 de outubro, os candidatos a presidente Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), além de 28 candidatos a governador em 13 Estados e no Distrito Federal.

Envie um comentário

Carnaval 2019

Está chegando o Sábado de Carnaval2 de março de 2019
103 dias restantes.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: