jan
28

AUMENTA CONSUMO E APREENSÃO DE "LOLÓ" EM OLINDA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

O aumento do uso indevido de inalantes como o “loló” colocou em alerta a polícia de Pernambuco neste Carnaval, principalmente em Olinda, onde se concentram os focos de folia no período pré-carnavalesco. Segundo especialistas, o consumo desse tipo de substância pode causar desde depressão até morte.
A Companhia Indepentende de Apoio ao Turista (Ciatur) da Polícia Militar apreendeu nos primeiros 20 dias deste ano, 42 frascos do produto, contra 17 no mesmo período do ano passado. Também foi verificado um aumento no número de detenções: duas no ano passado, contra seis neste ano. “Isso acontece porque cresceu o número de foliões nas ladeiras na Cidade Alta. A demanda aumenta o consumo. A medida para combater isso é aumentar o efetivo policial. A gente já vem fazendo isso todo fim de semana. O total vai ser de 30% de incremento em relação ao ano passado”, diz o major Ronaldo Antônio, da Ciatur.
O loló é um preparado caseiro, contendo solventes líquidos. “Tem clorofórmio, etenol, éter, além de outras substâncias”, explica o professor adjunto do Departamento de Química Fundamental da Universidade Federal de Pernambuco, Ricardo Oliveira. “Algumas substâncias são controladas pela polícia, outras são fáceis de achar e comprar, até em farmácia. O perigo também é que a gente não sabe o que podem colocar no frasco, já vi até com naftalina”, afirma.
Segundo a Ciatur, responsável pelo policiamento do Sítio Histórico de Olinda, no Carnaval, o consumo de loló cresce já no período que antecede o Carnaval. Nos fins de semana, o número médio de pessoas no local chega a 50 mil. Para monitorar e coibir o consumo, existem hoje 16 câmeras da Secretaria de Defesa Social (SDS) no local, e mais cinco devem ser instaladas no próximo final de semana.
“Intensificamos a operação nas prévias, já que aumenta a concentração de pessoas e, consequentemente, a venda e o uso da drogas”, afirma o major da Ciatur, Ronaldo Antônio. “Temos também policiais à paisana, em plataformas e patrulhas móveis nos principais focos de folia. Porém, as pessoas ainda não colaboram muito com a gente, repassando informações. Por isso pedimos ajuda da população para coibir esse crime”, afirma o major.
Comercializar e consumir loló é infração penal punida com pena de prisão simples ou multa. “Todo tipo de substância que venha a causar prejuízo, individual ou coletivo, é foco de ações das polícias Civil e Militar, que são intensificadas durantes as prévias e o carnaval. A pessoa que for pega vendendo ou cheirando loló pode ser enquadrada em crime contra saúde pública”, diz o gestor do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), Renato Rocha.

Risco à saúde – “O loló tem ação depressora do sistema nervoso central. Quando a pessoa inala, as moléculas se dissolvem com facilidade nos tecidos gordurosos e bem vascularizados, principalmente no fígado e cérebro. Elas chegam em poucos segundos aos órgãos, mas seu efeito dura até 15 minutos”, alerta o psiquiatra especialista em dependência química Gustavo Arribas. Ele explica que o efeito tem quatro estágios. Tudo depende, segundo ele, da quantidade e velocidade das inalações e biotipo do usuário.

“Tem gente que absorve com mais facilidade a substância, geralmente pessoas mais magras. Pessoas com epilepsia, asma, histórico de tabagismo, arritmia ou insuficiência cardíaca sofrem mais danos. É pior também para quem tem problemas no fígado, como muita gordura no órgão e cirrose. Se uma pessoa cheira em intervalos pequenos, o risco ainda é maior, pois as substâncias vão acumulando-se no corpo”, explica.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: