Navegando todos os artigos Denuncias
abr
20

Cuidado com o uso dos medicamentos Cetoprofeno e Ibuprofeno

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

A Agência Nacional de Segurança do Medicamento e dos Produtos de Saúde (ANSM) da França fez uma advertência sobre os riscos do uso das substâncias ibuprofeno e cetoprofeno – medicamentos com função analgésica, antitérmica e anti-inflamatória muito usados no Brasil, indicados para casos de dores musculares, de cabeça, de garganta, de dente e até mesmo cólica menstrual.

De acordo com a advertência da agência, esses medicamentos podem agravar infecções durante o tratamento. As recomendações feitas pela entidade serão analisadas por agências similares de outros países da União Europeia.

Por meio de um porta-voz, a ANSM explicou que as autorizações dos medicamentos são feitas para toda a Europa, e não apenas para França. Em junho do ano passado, a entidade abriu uma investigação farmacológica encomendada aos seus centros de Tours e Marselha.

Esta semana, a agência emitiu uma série de recomendações, entre as quais a de dar preferência ao uso do paracetamol, em vez do ibuprofeno e do cetoprofeno, em caso de dor ou febre, sobretudo em casos de infecção como anginas, rinofaringites, otites, tosse, infeção pulmonar, assim como lesões cutâneas ou varicela.


A Agência Nacional de Segurança do Medicamento e dos Produtos de Saúde sugere dosagens mínimas e eficazes desses medicamentos, durante o menor tempo possível – interrompendo o tratamento assim que o sintoma desaparecer. Sugere, ainda, que o tratamento não dure mais de três dias, em caso de febre, nem mais de cinco dias, em caso de dor.

As recomendações decorrem de um estudo encomendado em junho de 2018 aos centros regionais da ANSM de Tours e Marselha, segundo qual existem infecções que podem ser agravadas com o uso do medicamento.

Foram analisados 337 casos de complicações infecciosas graves com ibuprofeno e 49 com cetoprofeno e que estiveram na origem de hospitalizações, sequelas e até mesmo mortes. Os casos foram estudados ao longo de um período prolongado, que começou no ano 2000.

Fonte: Agência Brasil

abr
9

Inúmeras irregularidades são identificadas em instituição de assistência a idosos no Janga

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Ausência de corrimãos para acessibilidade, refeições fora do cardápio nutricional e portões sem os requisitos necessários em caso de emergência. Estas são algumas irregularidades encontradas em uma instituição de longa permanência (ILPI) no Janga, Paulista.

Uma visita articulada pelo Centro Integrado de Atenção e Prevenção contra a Pessoa Idosa (Ciappi), da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), na manhã de ontem (08), constatou os problemas no abrigo de idosos.

A ILPI foi notificada pelo Corpo de Bombeiros e Procon-PE e terá o prazo de 10 dias para regularizar a situação. De acordo com o secretário executivo, Diego Barbosa, as visitas têm por objetivo garantir os direitos das pessoas idosas.

Fonte/Foto: DP

abr
5

Sem segurança: seus dados no Facebook podem estar expostos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Milhões de dados de usuários do Facebook foram encontrados expostos ao público na internet, sem qualquer tipo de proteção, revelaram especialistas da empresa de cibersegurança UpGuard nessa quarta-feira (03). Os pesquisadores descobriram dois conjuntos separados de dados, armazenados em servidores da Amazon. As informações podiam ser acessadas por qualquer pessoa, sem a necessidade de senha.

O maior bloco de dados estava vinculado à empresa mexicana Cultura Colectiva, que armazenou publicamente na nuvem mais de 540 milhões de dados de usuários coletados no Facebook, incluindo comentários, reações e nomes de perfis. O segundo conjunto de dados, ligado ao extinto aplicativo do Facebook At the Pool, era menor, mas continha, entre outros dados, fotos e senhas de 22 mil usuários.

A UpGuard acredita que as senhas eram para acessar o aplicativo, e não a conta do usuário na rede social, mas a sua divulgação coloca em risco internautas que costumam usar as mesmas senhas em várias contas, alertou a empresa.

Segundo o Facebook, todas as informações expostas já estão seguras. “Uma vez alertados sobre o problema, trabalhamos com a Amazon para derrubar os bancos de dados. Temos o compromisso de trabalhar com os desenvolvedores em nossa plataforma para proteger os dados das pessoas”, afirmou um porta-voz em comunicado.

A nota diz ainda que a empresa está investigando o incidente e busca descobrir por que esses dados foram armazenados em servidores públicos. “As políticas do Facebook proíbem o armazenamento de informações em bancos de dados públicos”, disse. Segundo a companhia, os usuários serão informados se forem encontradas evidências de que as informações expostas na internet foram mal utilizadas.

Fonte: Agência Brasil

mar
22

Bilheteria abre sem ingressos para show de Sandy e Júnior. Procon-PE pede esclarecimento

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

O Procon-PE notificará todos os envolvidos na produção e venda de ingressos do show da dupla Sandy e Júnior, para explicar o porquê da falta de ingressos assim que a bilheteria foi aberta. Nesta sexta-feira (22), o órgão de defesa do consumidor esteve no local para verificar as vendas e as informações que estavam sendo repassadas na bilheteria. Ao constatar a irregularidade, o serviço foi suspenso temporariamente até que todos os ingressos fossem disponibilizados.

“Quando a bilheteria foi aberta, uma consumidora que estava há 25 horas esperando, e era a primeira da fila, viu que as opções oferecidas de ingressos eram limitadas. Só que nas redes sociais da casa de show não tinha a informação de que alguns setores já estavam esgotados”, explicou a gerente de fiscalização, Danyelle Sena.

Após uma reunião entre o Procon-PE e as empresas envolvidas, os ingressos voltaram a ser vendidos, mas alguns setores, a exemplo do camarote já estavam esgotados. “Iremos notificar para que o ocorrido seja explicado, já que o consumidor não foi informado da situação”, disse Sena. As empresas terão a ampla defesa, mas caso seja constatada a irregularidade o Procon-PE tomará as medidas cabíveis.

mar
14

Denúncia sobre ônibus com ar-condicionado parados nas garagens

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Uma denúncia de ônibus novos com ar-condicionado parados em garagens de empresas rodoviárias foi acatada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) nessa quarta-feira (13). No dia 28 de dezembro de 2018, o Blog OLINDA HOJE denunciou ônibus novos climatizados na garagem da Rodoviária Caxangá, em Olinda. 

O promotor Humberto Graça acolheu a queixa da Frente de Luta pelo Transporte Público (FLTP) e já exigiu um posicionamento do Grande Recife Consórcio no prazo de dez dias úteis. Em nota, o Consórcio afirmou que ainda não foi notificado oficialmente e deverá responder ao MPPE dentro do prazo legal estipulado quando for informado. 

A queixa foi feita em fevereiro pela FLTP e solicitava a investigação do Grande Recife Consórcio e das empresas Caxangá e Metropolitana sobre a frota parada. Um leitor do OLINDA HOJE denunciou, no final de dezembro, a existência de 30 ônibus climatizados na garagem. Os veículos foram adquiridos em abril de 2018.

O processo investiga o descumprimento da lei nº 15.293/14, de autoria do então deputado André Campos, que determina a presença de ar-condicionados em ônibus do Sistema Estrutural Integrado (SEI), que inclui linhas radiais, perimetrais e interterminais na Região Metropolitana do Recife (RMR). 

O tema será pauta de audiência às 9h desta sexta-feira (15), na Câmara Municipal do Recife, para discutir o projeto de lei (PL) nº 360/2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos ar-condicionados no transporte público coletivo do Recife. Caso seja aprovado sem mudanças, determina um prazo de até seis meses para a instalação dos equipamentos.

Foto: FLTP

mar
14

Ossos humanos espalhados na PE-15

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Ossos humanos espalhados na PE-15, em Paulista, viraram caso de polícia e causaram espanto de quem transitava pelo local. Os restos mortais eram transferidos das covas do cemitério público do município para uma vala comum, na área dos fundos. Durante o transporte, na tarde de ontem (13), um dos vários sacos com ossadas caiu do caminhão que realizava o translado.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros (CB), solicitada pela população, acionou policiais da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) que passavam pelo local. De acordo com o major do Cipoma, Sérgio Souza, a população mostrou o conteúdo despejado na pista em um saco de lixo doméstico, que “tinha partes de um esqueleto humano, inclusive um crânio, claramente visíveis”.

Os funcionários informaram que as ossadas estavam sendo recolhidas por ordem da prefeitura e seriam enterradas novamente em outra parte do cemitérioO Cipoma avaliou que o transporte não foi feito da maneira regular e usava um caminhão inadequado. Deveria ter sido usado outro tipo de transporte, como um caminhão baú.

Esta é uma prática corriqueira, realizada diariamente, e que a viagem em que ocorreu o acidente era o segundo procedimento do dia, afirmaram os funcionários da prefeitura que estavam fazendo a transferência dos ossos. Os servidores envolvidos compareceram à delegacia para prestar esclarecimentos e na sequência foram liberados. O fato configura crime ambiental, com pena de seis meses a um ano de prisão. As investigações ficarão sob responsabilidade da Delegacia de Paulista. A Secretaria de Serviços Públicos do Paulista, por meio de nota, classificou o ocorrido como acidente.

Fonte: OP9
fev
28

Associação de óticas adverte empresas do setor para o combate à pirataria

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Quem passa pelas principais ruas do Centro do Recife deve notar a quantidade de pessoas comercializando produtos falsificados. O setor ótico tem sido um dos alvos desse comércio ilegal e por isso, a Associação das Empresas do Setor Ótico de Pernambuco (AOTICASPE) tem travado uma luta para combater essa transgressão. No primeiro momento, a entidade realizou uma ação advertindo as empresas de óticas do Estado sobre atos como captação ilegal de clientes e venda de produtos pirateados como crime previsto na lei.

Além disso, também alertou para manter a livre concorrência, o comportamento ético entre os comerciantes e a repressão do ilícito, que prejudica todos os comerciantes do setor ótico de Pernambuco. A AOTICASPE anunciou que vai denunciar aos órgãos competentes as infrações dos comerciantes que insistirem nas práticas ilegais. O próximo passo da associação é levar ao Ministério Público uma denúncia para que o órgão atue de maneira legal nos locais que continuam vendendo produtos clandestinamente.

Até agora, 110 estabelecimentos receberam a carta de advertência que está sendo enviada para todas as óticas do Estado. Segundo dados da associação, só na Região Metropolitana do Recife (RMR) existem cerca de 900 estabelecimentos. No entanto, aproximadamente 70% são óticas clandestinas, ou seja, não tem a autorização da Vigilância Sanitária.

A entidade alerta que os produtos falsos comercializados podem gerar problemas na economia e, principalmente, na saúde ocular do consumidor. Em 2016, a Associação Brasileira das Indústrias Óticas (Abiótica) divulgou que a pirataria respondeu por 46% do faturamento do setor. Entre 2010 e 2016, foram apreendidos mais de 80 milhões de produtos ilegais, além da destruição de mais de 15 milhões de óculos, evitando que retornassem ao mercado e chegassem à mão do cliente.

fev
14

Material escolar doado ao Shopping Patteo vai para ONG de vereador

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

As doação de material escolar que os clientes do Shopping Patteo (Olinda) fizeram durante o mês de janeiro para que fosse destinada a crianças carentes da cidade, foram parar na Associação Nossa Voz em Ação, ONG mantida pelo vereador Algério (PSB), no bairro de Peixinhos. A escolha da entidade ligada ao político para receber as doações foi muito criticada.

“Foi, no mínimo, uma imprudência do shopping. Fizemos as doações de boa fé, achando que uma entidade isenta seria beneficiada. Mas como explicar que a entrega de todo material foi feita a uma associação que trabalha exclusivamente em função do vereador?”, questionou a professora Marlene Gomes Santos, que doou uma caixa de canetas e cinco cadernos.

Quem também reprovou a ação foi o comerciante Jackson Miranda. Comovido com o apelo da campanha do shopping, ele mobilizou amigos que moram em Rio Doce para comprar material. E não gostou de saber que os cadernos, borrachas e estojos escolares foram para a ONG do político.

“Gostaria de saber qual o critério para escolha e qual é a ligação que o shopping tem com o excelentíssimo senhor vereador Algério. É no mínimo estranho tudo isso. O pior de tudo é o cliente que doou ficar com essa sensação de que foi feito de besta, pois se soubéssemos que era para doar o material para fortalecer o assistencialismo barato de vereador a gente teria destinado o material a outras instituições”, afirmou revoltado.

Fonte: Observatório de Olinda

 
fev
14

Vereadores criticam decisão do Patteo entregar material recebido de clientes para ONG de politico

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

A falta de critérios para a escolha da Associação Nossa Voz, entidade do vereador Algério (PSB) beneficiada com o recebimento de material escolar – arrecadado a partir de doações de clientes do Shopping Patteo – repercutiu negativamente na Câmara de Vereadores de Olinda.

Ignorando o estrago que a divulgação do episódio já havia causado à imagem do shopping, o vereador Algério, único beneficiado com a doação, ainda colocou mais “lenha na fogueira” ao apresentar um “Voto de Aplauso” para o mall. Foi o suficiente para que os vereadores Marcelo Soares (PCdoB), Graça Fonseca (PMB) e Misael Prestanista (PSB) se manifestassem contra a homenagem.

Normalmente, o “Voto de Aplauso” é o tipo de proposição aprovada por unanimidade. Mas, neste caso, os vereadores dissidentes fizeram questão de votar contra. “O Shopping foi no mínimo preguiçoso ao entregar todo material arrecadado a uma única entidade que já é beneficiada por diversos convênios. Várias instituições mais necessitadas poderiam ter sido contactadas”, disparou o vereador Marcelo Soares (foto).

Misturar ação social com assistencialismo político só poderia resultar em problemas. Ainda mais considerando-se que o material arrecadado veio de terceiros, no caso, clientes do shopping que, de boa fé, compraram livros, cadernos, lápis e canetas com o objetivo de ajudar crianças carentes.

Quem doou sentiu-se enganado, traído pelo Shopping Patteo. Ninguém disse aos doadores que o material iria beneficiar uma instituição ligada a um político. 

Fonte: Observatório de Olinda

fev
10

Interditado o casarão onde está funcionando o “Olinda Tropicana”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , , ,

O imóvel na Rua Prudente de Moraes, próximo aos Quatro Cantos, mais conhecido como a “Casa de Alceu Valença”, onde está funcionando o ‘camarote‘ Olinda Tropicana, foi interditado na noite da última sexta-feira (08). O casarão passou por vistoria do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, que identificaram problemas. 

O Corpo de Bombeiros recomendou ajustes no guarda-corpo, instalação de lâmpada de emergência e retirada de uma antiga instalação de gás na área do evento. Já a Defesa Civil registrou problemas na parte predial do imóvel.

Neste domingo (10), a programação da casa prevê os shows do Maestro Spok com Alceu Valença, Don Troncho, Josildo Sá, Bia Villa-Chan e D’Breck. A assessoria de imprensa do Olinda Tropicana explicou que a situação deve ser regularizada e a prévia está mantida

fev
2

Árvore prestes a cair em escola estadual na Estrada do Caenga

Estudantes e pais de alunos denunciam que uma árvore na área interna da escola estadual Santo Inácio de Loyola (Estrada do Caenga, 294), no bairro de São Benedito – Olinda, está prestes a tombar.

Leitor do OLINDA HOJE enviou uma fotografia da árvore, que já apresenta o tronco e galhos secos. O inverno vem ai. Chuvas e ventos podem colocá-la no chão e provocar acidentes

De quem é a responsabilidade pelo corte? Da Secretaria Estadual de Educação ou do Corpo de Bombeiros? Certamente não é da comunidade, dos estudantes ou dos professores!

 

jan
30

Desvio de R$ 2,2 milhões do Hospital Miguel Arraes é investigado pelo MPPE

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , , , ,

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu um inquérito civil público para investigar um caso de desvio de verbas no Hospital Metropolitano Norte Miguel Arraes (HMA), em Paulista.

O inquérito decorre de uma investigação policial que aponta indícios graves de que um ex-diretor administrativo e financeiro e superintendente da unidade, Rodrigo Cabral de Oliveira, teria desviado R$ 2,2 milhões do hospital, em parceria com a esposa e um amigo. Os desvios teriam acontecido entre janeiro de 2016 e julho de 2018 e atingido diretamente a Fundação Professor Martiniano Fernandes (Imip Hospitalar), que faz a gestão do Miguel Arraes.

A suspeita é de que o esquema de desvio de recursos públicos envolvia a emissão de ordens de pagamento a profissionais autônomos (RPAs) falsas a pessoas que não tinham prestado serviço à unidade. Dentre eles, um dos investigados e amigo do ex-superintendente, Ricardo Alexandre Pereira de Souza, e pessoas que trabalhavam numa loja de um shopping da cidade, cuja gerente era a esposa do superintendente, Viviane Gelli Baptista. Ela teria usado o nome e contas-correntes dos funcionários da loja para fazer os falsos pagamentos. As emissões eram feitas para pagamento de serviços como manutenção das estruturas.

A investigação tem o objetivo de dar continuidade à coleta de informações iniciadas pela polícia, para adoção de eventuais medidas extrajudiciais e/ou judiciais e eventual prestação de contas. Neste mês, foram solicitados bloqueios de bens, assim como a quebra de sigilo bancário e fiscal dos envolvidos. Os dois teriam viajado ao exterior durante a investigação e tentado intimidar testemunhas. 

Existem mandados de prisão preventiva contra os envolvidos, que são considerados foragidos. No último dia 22, a defesa deles entrou com um pedido de habeas corpus na Justiça e aguarda julgamento do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A defesa, por meio de advogado representante, nega as denúncias e questionou arbitrariedade no pedido de prisão efetuado.

Fonte: DP

jan
29

Pernambuco tem 57 barragens com risco de rompimento

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Embora a Agência Nacional de Águas (ANA) tenha divulgado que Jucazinho, em Surubim, seja a única barragem pernambucana entre as 54 com alto risco de rompimento no Brasil, um estudo realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) considera que há 57 barragens no Estado que apresentam ameaça de rompimento e danos associados. São duas de irrigação, 37 de abastecimento, 14 de combate à seca e quatro não especificadas. Ao todo, Pernambuco tem 420 barragens. 

Os dados da CNM confirmam a hipótese levantada pelo pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco, Neison Freire, quando supõe que o estudo da ANA está desatualizado ou não condiz com a realidade. 

A barragem em Brumadinho (MG) não estar entre as preocupantes é um sinal disso. “Sabemos que a enchente de 2010 na Mata Sul tem relação com o colapso de três diques no rio Mundaú, em Alagoas, por exemplo.” O problema nunca foi estudado a fundo. Mas, também de acordo com o doutor em geografia pela UFPE Luiz Eugênio Carvalho, há relação com barragens, mas na bacia do rio Una. Acredito que, desde 2010, as grandes barragens em Pernambuco estejam sendo monitoradas com mais cuidado. Mas, há um problema com as pequenas barragens, muitas delas ilegais, construídas por produtores e donos de terra nos períodos de seca”, explica. 

Além da manutenção que precisa ser feita, Neison se preocupa com a falta de um plano sólido de salvamento no caso de um rompimento. “Principalmente, pelas características das áreas a serem atingidas por um colapso de Jucazinho, por exemplo, o salvamento se torna mais difícil”, explicou. Um hipotético rompimento de Jucazinho levaria uma enxurrada de água e detritos até o mar, desde Surubim até o Recife, por meio do curso do rio Capibaribe. “A água tem também um grande poder. Vem em uma grande onda piroclástica, arrastando o que houver às margens do rio, com destino ao mar. Mas isso varia de acordo com a quantidade de água guardada e com o tamanho do rompimento.” 

Cidades como Paudalho (Zona da Mata Norte), São Lourenço, Camaragibe e o Recife, na RMR, seriam algumas das cidades atingidas com violência, já que têm o  Capibaribe próximo aos seus centros urbanos. “A ocupação irregular nas margens, o desassoreamento, o uso de fertilizantes (que leva sedimentos aos rios) piora a situação de uma eventual enchente.” 

A direção geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNocs), em Fortaleza (CE), responsável pela manutenção de Jucazinho, não foi localizada. O escritório local informou que comentará sobre as outras barragens presentes no estudo hoje (29).

jan
27

Barragem de Jucazinho apresenta riscos de rompimento

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , ,

Nos últimos três anos a Agência Nacional de Águas (ANA) detectou 54 barragens de água do País com problemas na infraestrutura. Esse número equivale a mais da metade do total das 104 barragens que a agência fiscaliza. A informação foi apurada pelo jornal O Estado de S. Paulo em dezembro de 2018, em levantamento realizado com a ANA por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).

A região Nordeste possui 24 barragens sob risco de desabamento, segundo consta no Relatório de Segurança de Barragens 2017 (RSB). O Estado com maior número de barragens sob risco é a Bahia, com 10 reservatórios. Desses, seis não contêm estimativa para a recuperação. 

Em Pernambuco, a única em situação de alerta de risco, segundo o documento, é a Barragem de Jucazinho (Surubim), o maior reservatório para abastecimento humano do Agreste (com capacidade para armazenar mais de 327 milhões de metros cúbicos de água) e o terceiro do Estado.

Segundo o corpo técnico do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), num cenário de rompimento de Jucazinho, com o reservatório cheio, o estrago poderia se propagar até o Recife. Atualmente, o volume de água é de apenas 3,2% da sua capacidade, o que diminui o risco de tragédia

De acordo com o relatório, entre os problemas estruturais identificados e que impactam na segurança do reservatório de Jucazinho, estão fissuras nos vertedouros laterais e nas ombreira. A bacia de dissipação também não é capaz de sustentar a vazão de água do rio. Ou seja, em períodos de chuvas intensas, há grande possibilidade de rompimento da barragem.

O relatório também identificou que o Dnocs não tem Plano de Ação de Emergência para o caso de uma possível tragédia e que a situação de risco da barragem já é conhecida pela diretoria-geral do Dnocs desde 2004, inclusive com a demonstração de dados de engenheiros da própria autarquia. Outros órgãos também estão cientes da situação de Jucazinho, como a Compesa, a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos e a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), responsável pela fiscalização. 

Fontes: DP e OP9

jan
6

MPPE pede condenação de Michele Collins e pagamento de indenização de R$ 100 mil por preconceito religioso

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , , ,

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ajuizou ação civil pública em desfavor da missionária Michelle Collins em razão de publicações discriminatórias contra religiões afro-brasileiras postadas nas redes sociais Twitter e Facebook nos dias 03 e 04 de fevereiro de 2018.

Por meio da ação, o MPPE requer à Justiça que condene a missionária a pagar R$ 100 mil de indenização por danos morais coletivos, a serem revertidos ao Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS), e a reparar a violação ao direito humano à liberdade religiosa mediante a publicação, na sua página pública do Facebook, de um texto elucidativo sobre Iemanjá. O MPPE pleiteia que o texto deverá ser fixado no topo da linha de tempo da página da Missionária por 30 dias.

O promotor de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos da Capital, Westei Conde, argumentou que Michelle Collins extrapolou os limites do direito à liberdade de expressão quando publicou, nas suas contas oficiais, afirmações contra o orixá Iemanjá.

“Segundo a publicação Intolerância Religiosa no Brasil: relatório e balanço, de 2016, as religiões afro-brasileiras são as que mais sofrem com práticas discriminatórias, com 71% do total de casos. Portanto, a postagem realizada pela ré acerca de Iemanjá e seus seguidores contribui para a apologia ao ódio religioso, favorecendo a discriminação e até mesmo prática de crimes e outras formas de violência contra as religiosidades afro-brasileiras, seus praticantes e adeptos”, alertou Westei Conde.

Entenda o caso – Após as comemorações do Dia de Iemanjá, em 02 de fevereiro de 2018, a missionária Michelle Collins postou, nas suas redes sociais, mensagens ofensivas ao orixá. A Promotoria de Justiça de Direitos Humanos instaurou inquérito civil para apurar o fato, tendo ouvido a missionária no dia 02 de março de 2018. Na ocasião, ela alegou ter feito a publicação “no exercício de sua fé” e que não teve intenção de ofender as religiões de matriz africana.

Fonte: MPPE

jan
6

Assembleia de Deus terá de reparar publicação discriminatória e ofensas contra muçulmanos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , , ,

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Pernambuco se comprometeu a publicar, na edição de fevereiro de 2019, do jornal ADNews, o artigo de opinião intitulado “O Islam no Brasil”, redigido pelo Centro Cultural Islâmico Imam Sadeq.

A publicação visa reparar danos coletivos em razão de artigo de opinião discriminatório contra muçulmanos, de autoria do presidente da Assembleia e Deus em Pernambuco, presbítero Joarib Santos, veiculado na edição nº 63, de junho de 2017, do ADNews, jornal oficial da igreja.

O acordo foi firmado pela Assembleia de Deus com o Centro Cultural Islâmico Imam Sadeq, através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que investigava, por meio de inquérito civil, instaurado pelo 7º promotor de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, Westei Conde, a denúncia de prática de intolerância religiosa, preconceito e discriminação contra o Islã e os seguidores da religião de Maomé, por parte do presbítero Joarib Santos.

Os espaços destinados à capa e ao artigo do jornal, assim como a tiragem (10 mil exemplares) e o período de circulação da publicação, serão idênticos aos da edição nº 63, de junho de 2017, quando foi veiculado o texto de teor preconceituoso.

Fonte: MPPE

dez
28

Por que os ônibus novos e climatizados da Rodoviária Caxangá ainda não foram colocados em circulação?

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Denuncias     Tags ,

Passageiros que utilizam diariamente os ônibus da Rodoviária Caxangá, que atendem os bairros de Olinda e Recife, reclamam do péssimo estado de conservação de grande parte da frota e questionam o por quê de os 30 ônibus novos, com ar-condicionado, adquiridos em abril deste ano não terem sido colocados em circulação.

A reclamação é geral. Os usuários afirmam que utilizam ônibus velhos, que normalmente circulam superlotados. Somente em Olinda, a Rodoviária Caxangá explora 30 linhas. Quanto ao serviço prestado, a opinião é quase unânime: péssimo.

A Caxangá explora, em Olinda, as linhas 810 (T.I. Xambá – Encruzilhada), 812 (Sítio Novo via Avenida Norte), 820 (TI Xambá – Cabugá), 821 (Jardim Brasil I – Estrada de Belém), 822 (Jardim Brasil I – Cruz Cabugá), 823 (Jardim Brasil II – Estrada de Belém), 824 (Jardim Brasil II – Cruz Cabugá), 825 (Jardim Brasil – Joana Bezerra), 827 (Jardim Brasil – Bacurau), 831 (Aguazinha – T.I. Xambá), 841 (Nova Olinda – T.I. Xambá), 842 (Águas Compridas – T.I. Xambá), 843 (Alto da Bondade – T.I. Xambá), 844 (Santa Casa – T.I. Xambá), 846 (Águas Compridas – Bacurau), 847 (Alto Nova Olinda – T.I. Xambá), 852 (Caixa D’Água – T.I. Xambá), 860 (TI Xambá – Príncipe), 861 (T.I. Xambá – T.I. Joana Bezerra), 870 (T.I. Xambá – T.I. Largo da Paz), 881 (T.I. Xambá – Rio Doce, via Getúlio Vargas), 883 (T.I. Xambá – T.I. PE-15), 884 (Jardim Brasil – Rio Doce), 885 (Sitio Novo – Rio Doce), 886 (Ouro Preto – Rio Doce), 892 (Alto do Cajueiro – T.I. Xambá), 894 (Alto do Sucupira/Córrego do Abacaxi – T.I. Xambá), 895 (Alto do Sol Nascente – T.I. Xambá), 914 (PE-15 – Afogados), 916 (Ouro Preto – Joana Bezerra)

nov
25

Armando diz que Paulo pratica “estelionato eleitoral” ao descumprir promessa do 13º do Bolsa Família

A Oposição em Pernambuco, liderada pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE), está vigilante às promessas de campanha não cumpridas pelo governo Paulo Câmara. Em entrevista na última sexta-feira (23), Armando lamentou que a gestão esteja colocando dificuldades para que os beneficiários do Bolsa Família recebam o 13º, como foi prometido durante a campanha eleitoral dois meses atrás.

“Não nos surpreende essa atitude do governo Paulo Câmara. Em Pernambuco, mais do que nunca, deve ter oposição fiscalizadora, pois a atual gestão, desde 2014, vem se revelando um governo de estelionato eleitoral. Não se cumprem as promessas de campanha. Com as eleições de 2018 não foi diferente”, disse Armando Monteiro. Ele lembra que em 2014 o governador prometeu, por exemplo, a construção de novos hospitais e dobrar o salário dos professores, mas não cumpriu.

Agora, o governo cria dificuldades para não pagar o 13º, impondo condições aos beneficiários do Bolsa Família, que só receberão o novo benefício se consumirem pelo menos R$ 250,00 mensais de produtos da cesta básica. A proposta é parte de um pacotaço de projetos (PL 2.093/18) enviado à Assembleia Legislativa no início da semana e que deverá ser votado nos próximos dias.

Cada família precisa acumular notas fiscais no valor de cerca R$ 3 mil por ano para receber R$ 150,00 ao fim desse período. Os produtos que permitem o reembolso incluem alimentos como feijão, açúcar, carne, ovos, manteiga e açúcar, além de papel higiênico e sabão.

nov
12

Concurso para professores da UFPE apresenta irregularidades

O Departamento de Fundamentos Sócio-Filosóficos da Educação, que integra o Centro de Educação da universidade federal de Pernambuco (UFPE) indeferiu 32 inscrições de candidatos à vaga na docência.

Os candidatos à vaga se mobilizaram por conta da inconsistência nos critérios de exclusão do processo, cujos argumentos focaram no modelo do currículo, conforme consta no documento Boletim Oficial da UFPE, de 30 de outubro deste ano.

O resultado fica mais incoerente quando se compara ao resultado da seleção para o Departamento de Administração e Planejamento Educacional, que possui a mesma Comissão de Concurso Docente (CCD), do  mesmo Centro de Educação. Este departamento aceitou as inscrições com o modelo Lattes como currículo vitae, sob o argumento de que o Lattes é uma plataforma. Diante disso, os candidatos que tiveram as inscrições indeferidas vão entrar com mandados de segurança ainda esta semana.

nov
6

Candidato usa a máquina para tentar fraudar a eleição da OAB-Olinda

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Denuncias     Tags , , ,

Candidato à reeleição, o atual presidente da OAB de Olinda, Paulo Joviniano (foto), está usando a máquina para fraudar a eleição em benefício próprio. O blog de Edmar Lyra teve acesso a conversas onde o advogado pediu a colegas de outras cidades que mudassem o seu domicílio eleitoral para Olinda com o objetivo de votar nele no próximo dia 19.

Já foram feitas 44 transferências irregulares para o mesmo endereço, o Escritório Modelo, que faz parte do patrimônio da Ordem de Olinda. A prática, que já está sendo investigada pela direção estadual da OAB, desrespeita o Regulamento Geral do Estatuto da entidade no seu artigo 134, parágrafo sétimo. Também fere o Estatuto da Advocacia no seu artigo 10.

No texto, Paulo Joviniano não deixa dúvidas. “A eleição se aproxima e para darmos continuidade ao nosso projeto de gestão precisamos da sua colaboração (Sic). Temos até hoje 31.07 para transferirmos advogados para Olinda. É de extrema importância. Não há qualquer ônus ou custo, e o advogado vota para a subseção de Olinda e para a estadual. Basta preencher a ficha abaixo e mandar para o e-mail: [email protected]”, diz o candidato na mensagem.

Fonte: Edmar Lyra

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
308 dias restantes.

Paixão de Cristo 2019

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 372 outros assinantes

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: