Navegando todos os artigos Eleições 2020
jan
13

Termina amanhã prazo para eleitor justificar a ausência no primeiro turno

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O eleitor que não compareceu às urnas no primeiro turno das eleições municipais de novembro de 2020 tem até amanhã (14), para justificar a ausência. Caso o procedimento não seja realizado, será cobrada uma multa e o eleitor estará sujeito a restrições.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda que a justificativa seja feita, preferencialmente, por meio do aplicativo e-Título, disponível para celulares com sistemas operacionais Android ou iOS. O procedimento também pode ser feito pela internet, por meio do Sistema Justifica, ou de modo presencial, no Cartório Eleitoral.

Em qualquer um dos casos, o eleitor precisará preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), descrevendo porque não votou, e anexar documentação que comprove a razão da falta. O RJE pode ser recusado pela Justiça Eleitoral se a justificativa não for plausível ou se o formulário for preenchido com informações que não permitam identificar corretamente o eleitor.

Caso tenha o requerimento negado, para regularizar a situação o eleitor precisará pagar a mesma multa de quem perdeu o prazo para a justificativa. O valor da multa pode variar, de acordo com o estipulado pelo juízo de cada Zona Eleitoral. O prazo para quem faltou ao segundo turno das eleições municipais 2020, é 28 de janeiro.

 

dez
27

Itamaracá fará nova eleição em 2021 para a escolha de prefeito

A partir da decisão do desembargador Fábio Eugênio Dantas de Oliveira Lima, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), cassando a liminar que dava direito a Paulo Batista (Republicanos) assumir a Prefeitura de Itamaracá, na próxima sexta-feira (01 de janeiro), o comando da Ilha caberá a quem for eleito presidente da Câmara de Vereadores.

Com a impugnação da candidatura de Paulo Batista, a Justiça Eleitoral deverá marcar uma nova eleição, em 2021, para a escolha do novo prefeito da Ilha.

dez
4

Começa a transição em Paulista

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O processo de transição na Prefeitura de Paulista já começou. Na última terça-feira (1° de dezembro), dois dias após confirmação da sua sua vitória nas urnas, o prefeito eleito, Yves Ribeiro (MDB), enviou ofício ao prefeito Júnior Matuto (PSB), solicitando diversas informações, entre as quais, sobre as pendências financeiras, o Plano Plurianual e a Lei Orçamentária Anual.

Yves montou rápido a equipe para fazer a transição, junto ao grupo indicado pelo atual gestor. O comando e coordenação do grupo é do advogado Paulo Roberto Fernandes Pinto.

Também participam da equipe de transição, quatro mulheres: Terezinha Mousinho, Jaqueline Moreira da Silva, Kelly Tavares de Moura e Luzia Francisca dos Santos; além do atual vice-prefeito Jorge Carrero, Nelson Antônio Bandeira de Andrade Lima, José Geraldo de Araújo Lima, Kaio Cesar Damasceno e Hugo Leonardo Lopes.

 
dez
1

Eleitos sub judice: “um problema”

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso definiu a questão dos prefeitos e vereadores eleitos sub judice como “um problema”. Em Pernambuco há seis prefeitos nessa condição: Capoeiras, Itamaracá, Palmares, Palmeirina, Pesqueira e Tuparetama. 

A decisão definitiva sobre os “sub judice” pode gerar a redefinição do quociente eleitoral, no caso dos vereadores, ou gerar eleições suplementares para prefeito.

As eleições suplementares, caso necessárias, serão realizadas em 2021. Nestes municípios, a regra será o presidente da Câmara de Vereadores assumir interinamente o cargo de prefeito até a nova eleição.

dez
1

PSB encolhe em Pernambuco. MDB, Republicanos, Avante e PP crescem

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

Levantamento realizado pelo G1-PE constata que, concluídas as eleições 2020 em Pernambuco, o PSB do governador Paulo Câmara, diminuiu de tamanho no mapa eleitoral do Estado. O partido, que tinha o comando de 68 prefeituras, perdeu 15 e agora tem 53. Mesmo assim, continua com o maioria.

O MDB teve um crescimento após o resultado das urnas e se tornou o segundo partido com maior número de prefeitos eleitos no Estado. Tinha 17 prefeituras em 2016 e passou para 22. No país, o partido lidera o ranking de prefeitos eleitos.

O Republicanos, o Avante e o PP foram os partidos que mais cresceram percentualmente em Pernambuco, desde as eleições em 2016. O Republicanos (ex-PRB), que não tinha nenhuma prefeitura em 2016, agora em 2020 ganhou 12. O Avante (ex-PTdoB), que na disputa passada não elegeu prefeitos, agora conquistou 10 prefeituras. Já o PP passou de quatro, para 16 prefeituras. O PSL tinha o comando de um município e agora conquistou cinco.

Registradas, também, quedas de partidos de esquerda: o PT, que tinha sete prefeituras, agora vai comandar cinco. O PDT, que tinha seis, ficará com a metade (três). Já partidos tradicionais de centro-direita, tiveram quedas significativas: o PL (antigo PR), de 20 para nove prefeituras; o PTB, de 17 para cinco; e o PSDB, de 13 para cinco.

Não conquistaram prefeituras em 2016 e agora saíram vitoriosos foram o Podemos (fusão do PTN e PHS), com três cidades; o Cidadania (ex-PPS), com duas; o PCdoB (02) e o PSC (01), além de Republicanos e Avante, já citados anteriormente .

Ficaram sem comando de prefeituras o PMN, que antes tinha duas; o PRP (incorporado ao Patriotas), que também perdeu as duas; o PHS (incorporado ao Podemos), o PTC e o Patriotas (fusão do PEM e PRP).

O levantamento do G1 não considera os candidatos a prefeito sub judice, que aguardam julgamento da Justiça Eleitoral. Seis cidades de Pernambuco estão nessa situação: Tuparetama, Palmares, Capoeiras, Palmeirina, Itamaracá e Pesqueira. 

nov
30

João Paulo perdeu de novo. Depois de Olinda, agora foi derrotado no Recife

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

No último dia 15 de novembro, o deputado estadual, ex-petista e agora comunista, João Paulo, perdeu feio a eleição em Olinda para o prefeito (reeleito) Professor Lupércio (Solidariedade), por uma diferença de 78.245 votos.

Resolveu, então, contrariando a decisão do seu partido, o PCdoB, emprestar o seu prestígio e popularidade, formalizando o apoio à candidatura de Marília Arraes (PT), no segundo turno das eleições no Recife. Resultado: perdeu de novo. A petista foi derrotada por João Campos (PSB), por uma diferença de 99.787 votos.

Duas derrotas em menos de 30 dias. Em Olinda, onde recebeu o apoio do PSB, João Paulo conquistou apenas 45.289 votos (23.32%), contra os 123.534 (63,62%) – quase o triplo, do Professor Lupércio. No Recife, também é sócio do insucesso. O seu prestígio de ex-prefeito não valeu quase nada. 

nov
30

Yves quer conhecer logo a “herança maldita” deixada por Júnior Matuto

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

Nem bem foi eleito ontem (29), o emedebista Yves Ribeiro informou que, já a partir de hoje (30), estaria constituindo a sua equipe de transição. O objetivo é levantar, com a máxima urgência, a “herança maldita” que será deixada pelo prefeito Júnior Matuto (PSB).

Matuto, que já foi afastado do comando da Prefeitura de Paulista, por duas vezes, acusado de inúmeras irregularidades, certamente não deixará para o seu sucessor um cofre com dinheiro. Muito pelo contrário: Yves deverá receber um Cavalo de Tróia e muitos pepinos.

nov
29

Eleições no Recife: Marília e João saem empatados, com 50% cada um

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

A pesquisa do Ibope divulgada nesse sábado (28), aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos para a Prefeitura do Recife, no 2º turno das Eleições 2020: João Campos (PSB), tem 50%. Marília Arraes (PT) também tem 50%.

Em relação aos levantamentos anteriores do Ibope, divulgados nos dias 18 e 25 de novembro, João Campos (PSB) aparecia com 47%, subiu para 51% e, agora, tem 50%. Já Marília Arraes (PT) tinha 53%, desceu para 49% e, agora, tem 50%.

O percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos.

Nos votos totais, que incluem os eleitores indecisos e os que pretendem votar em branco ou nulo, os resultados foram os seguintes:

  • João Campos (PSB): 42%
  • Marília Arraes (PT): 42%
  • Branco/nulo: 14%
  • Não sabe: 2%

A pesquisa, registrada no TRE-PE (PE-02002/2020), tem uma margem de erro de 3 pontos percentuais – para mais ou para menos. Foram entrevistados 1.204 eleitores do Recife, na sexta-feira (27) e nesse sábado (28).  de novembro. O nível de confiança do levantamento é de 95%. 

Fonte: G1

nov
29

Mendonça Filho defende a abstenção ou o voto nulo no Recife

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , , ,

O ex-candidato à Prefeitura do Recife pelo Democratas, o ex-ministro Mendonça Filho, reafirmou, num vídeo postado nas suas redes sociais, que não votará no segundo turno nem no PSB, nem no PT na eleição deste domingo (29), no Recife.

“O caminho do menos ruim não é a solução. O voto nulo, branco ou a abstenção é uma manifestação política contra os projetos de poder do PSB e do PT que, ao longo dos últimos 20 anos, colocou nossa cidade como a capital da desigualdade social, do desemprego, da corrupção e da má gestão”, afirmou.

No vídeo, Mendonça Filho defende que o voto nulo, branco ou a abstenção é uma posição política que rechaça ao projeto de poder do PSB/PT.

 
nov
29

Pesquisas do Ipespe e RealTime Big Data também apontam empate entre Marília Arraes e João Campos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O RealTime Big Data e o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), contratados pela CNN-Brasil e Folha de Pernambuco, respectivamente, para a realização de levantamentos de intenção de votos dos eleitores do Recife, também trouxeram ontem (28), situação de empate entre as candidaturas de Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB). Os resultados são semelhantes à pesquisa do Ibope.

O levantamento encomendado pela Folha de Pernambuco/Ipespe (Protocolo TSE: PE-01539/2020), realizado na quinta (26) e sexta-feira (27), aponta empate numérico entre os dois candidatos. Ambos possuem 50% dos votos válidos, cada um. Os números desconsideram os votos brancos e nulos. A margem de erro da consulta é de 3,5% para mais ou para menos, com a utilização de um intervalo de confiança de 95,45%. Na pesquisa estimulada, os dois candidatos aparecem com 42% das menções. Os eleitores que afirmaram votar branco, nenhum ou ainda anular o voto são 13%. Os que não sabem ou não responderam são 3%.

Na tarde de ontem (28), foi a vez de a CNN Brasil divulgar os números do levantamento encomendado ao RealTime Big Data sobre a eleição recifense. Marília Arraes e João Campos também aparecem empatados numericamente com 50% dos votos para cada um. A pesquisa tem o número de registro PE-03134/2020 e a coleta foi feita na quinta (26) e sexta-feira (27). Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, com entrevistadores humanos. A margem de erro é de 3%, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

nov
28

Polícia impede carreatas em favor do candidato do PSB em Paulista

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

Em Paulista, a Polícia impediu, neste sábado (28), carreatas em prol do candidato a prefeito Francisco Padilha (PSB). Alguns vídeos  mostram a ação policial, que contou com a presença de fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), conforme relatado por uma fonte.

Ainda de acordo com informações repassadas, houve apreensão de veículos em Maranguape II. Ontem (27), na mesma localidade, um outro ato de campanha a favor do candidato socialista causou aglomerações e terminou com a chegada da Polícia Militar. Na ocasião, Padilha estava presente, conforme atestam vídeos obtidos pelo Blog do Magno.

Fonte: BlogdoMagno

nov
27

Marília e João frente a frente, hoje à noite, no debate da TV Globo

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , , ,

Diante de uma chuva de notícias falsas, inúmeras denúncias e acusações, nessa campanha de segundo turno para a Prefeitura do Recife, acontece hoje (27) à noite, na TV Globo (Canal 13-Recife) o debate entre os dois candidatos, Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB).

O debate vai ao ar por volta das 22h30, logo após o capítulo da novela Força do Querer, e será mediado pelo jornalista Márcio Bonfim. Serão três blocos: o primeiro e o terceiro com temas livres e as perguntas sendo feitas entre os candidatos. O segundo bloco será marcado por temas determinados por sorteio.

Esta semana, os institutos de pesquisa Ibope e Datafolha divulgaram levantamentos com resultados diferentes. O primeiro, divulgado na quarta-feira (25), dá vantagem para João Campos. O segundo, publicado ontem (26) à noite, traz Marília Arraes na dianteira. 

nov
27

Yves denuncia pesquisas falsas para confundir os eleitores de Paulista

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , , ,

Uma das estratégias dos apoiadores do candidato à Prefeitura de Paulista pelo PSB, Francisco Padilha (PSB), é a utilização de notícias e pesquisas falsas nas redes sociais. Este tipo de armadilha é letal para a democracia e também um grande desrespeito aos cidadãos e eleitores.

Após apuração, equipes do candidato adversário, Yves Ribeiro (MDB), conseguiram identificar três pesquisas falsas (uma no primeiro turno e duas no segundo turno), que beneficiavam o candidato apoiado pelo prefeito Júnior Matuto (PSB), que já foi afastado duas vezes da Prefeitura, por corrupção. Os materiais falsos foram amplamente compartilhados e divulgados nas redes sociais.

No primeiro turno, a pesquisa falsa trazia o Instituto Cimpel como fonte para divulgação. Mas basta uma pesquisa rápida no Google para constatar que o instituto não existe. Uma empresa com o mesmo nome atua no ramo de peças automotivas. No corpo do conteúdo, o candidato Francisco Padilha (PSB) liderava as intenções de votos com 28%, seguido de Yves Ribeiro (MDB) com 23%.

No segundo turno, novamente o inexistente instituto Cimpel foi responsável por divulgar o candidato Francisco Padilha (PSB) à frente das intenções de votos com 47% e Yves Ribeiro (MDB) com 41%.

Na véspera da divulgação das pesquisas legítimas e registradas no TRE-PE encomendada pelo Instituto Opinião, feita para o Blog do Magno, e a pesquisa Exatta/Diário realizada pela empresa especializada em consultoria e gestão de informação, junto com o Diário de Pernambuco, o grupo de Padilha tenta enganar novamente as pessoas com a pesquisa falsa realizada pela “Expodata Pesquisa e Consultoria”, que mostra o candidato de Júnior Matuto (PSB) com 42% das intenções de voto e Yves Ribeiro (MDB) com 38%.

Basta uma simples busca no Google para verificar que tanto o Instituto Cimpel quanto a Expodata Pesquisa e Consultoria simplesmente não existem.

nov
27

Nova pesquisa Datafolha traz Marília com 43% e João com 40%

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O Datafolha divulgou, nessa quinta-feira (26), o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife. O levantamento foi realizado entre os dias 24 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Marília Arraes (PT) aparece na dianteira, com 43%. João Campos (PSB) tem 40%. Votos em branco e nulo são 13%; e os eleitores que não sabem/não responderam representam 4%.

Nos votos válidos, os resultados são os seguintes: Marília Arraes (PT) tem 52% e João Campos (PSB), 48%.

Na pesquisa anterior, do Datafolha, realizada no dia 19 de novembro, Marília Arraes (PT) tinha 41% e subiu para 43%; João Campos (PSB) tinha 34% e subiu para 40%. Os brancos/nulos diminuíram de 21% para 13%; e não sabem/não responderam saiu de 3% para 4%.

Fonte: G1

nov
27

Sindicato dos agentes comunitários pressiona associados para votar no candidato do PSB à Prefeitura do Recife

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , , ,

Um áudio obtido pelo Blog do Magno, ontem (26), evidencia que a diretoria do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Estado de Pernambuco (Sindacs-PE) pressiona os trabalhadores a votarem no candidato a prefeito do Recife pelo PSB, João Campos. Uma mensagem de quase quatro minutos é atribuída à secretária de Comunicação do Sindacs-PE, Fábia Andrade, flagrada fazendo campanha ostensiva para o prefeiturável socialista, coagindo profissionais que atuam na atual gestão.

“O pessoal que está nos cargos, agentes de saúde e agentes de combate a endemias, pensa que o PT vai deixar vocês nos cargos? Quem tiver cargo, minha gente, vamos brigar”, diz a representante do Sindacs-PE em um grupo de WhatsApp. “A gente tem um cargo na gestão (de Geraldo Júlio)”, fala mais adiante.

Um dos trechos comprova que trata-se de uma diretora do Sindacs-PE. “A gente enquanto direção do sindicato sabe da realidade do que a gente passou na gestão do PT”, comenta. Em dado momento, volta a pressionar membros do grupo de WhatsApp: “A gente tem que ir arregaçar as mangas e ir à luta. Não é só tá aí, vendo o grupo, e (ficar) caladinho não. Não pensem que eles vão passar a mão… Está na hora da gente correr atrás do voto. É um a um. Eles estão aí por todo o lugar. Hoje mesmo, eu estava na feira da UR-1, corpo a corpo com a comunidade, mas a gente tem que reverter esse voto.”

Hoje, o Sindacs-PE é presidido por Graciliano Gama, nome ligado ao vereador reeleito do Recife, Luiz Eustáquio (PSB). Na última semana, houve um flagrante de distribuição de material apócrifo com conteúdo falso contra a candidata a prefeita do Recife Marília Arraes (PT), nas proximidades de uma igreja evangélica no bairro da Torre, Zona Norte da cidade. De acordo com a coligação Recife Cidade da Gente, liderada pela candidata petista, o carro utilizado para distribuir os panfletos teria sido alugado pelo parlamentar.

Fonte: BlogdoMagno

nov
26

PT e MDB juntos em Paulista

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , , ,

O Partido dos Trabalhadores (PT) anunciou o apoio à candidatura de Yves Ribeiro (MDB) à Prefeitura de Paulista neste segundo turno das eleições municipais.

O apoio ocorrer depois de muita conversa entre lideranças das duas legendas no município. Desde o primeiro turno, a chapa Yves Ribeiro-Dido Vieira já conta com o apoio do petista Aluísio Camilo, uma importante liderança partidária do PT na cidade.

Ontem (25), quem também formalizou apoio à candidatura de Yves-Dido foi o candidato derrotado do PP, ex-deputado estadual Sérgio Leite. 

nov
26

Cacique eleito prefeito de Pesqueira, perde por 7×0 no TRE-PE

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O Cacique Marquinhos (foto), do Republicanos, teve a maior votação no município de Pesqueira, no Agreste pernambucano. Ele, no entanto, está sub judice e aguarda decisão da Justiça Eleitoral para ter a confirmação se assumirá ou não a Prefeitura da cdade.

Ontem (25), por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) negou, por 7x 0, os embargos impostos pela defesa do candidato.

Dessa forma, a decisão caberá ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF). O julgamento ainda não tem data marcada. O clima da cidade é de incerteza.

 
nov
25

Na nova pesquisa Ibope, João Campos tem 51% e Marília Arraes, 49%

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O Ibope divulgou hoje (25), o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife. O levantamento foi realizado entre os dias 23 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O resultado é de empate técnico. João Campos (PSB) tem 43% e Marília Arraes (PT), 41%. Votos em branco e nulos somam 15%. Não sabe/não respondeu são 2%. Com relação aos votos válidos, os resultados são os seguintes: João Campos (PSB), 51% e Marília Arraes (PT), 49%.  A pesquisa foi contratada pela TV Globo e Jornal do Commercio.

De acordo com o Ibope, persiste um empate técnico entre os candidatos, mas agora com a inversão da vantagem numérica em relação à pesquisa anterior. A diferença entre ambos é de apenas dois pontos percentuais e menor que a margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Pesquisa – Foram entrevistados 1.001 eleitores do Recife, entre a segunda-feira (23) e esta quarta-feira (25).  O nível de confiança é de 95% e tem uma margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O registro no TRE é: PE-04600/2020

Fonte: G1

nov
25

Yves recebe o apoio de Sérgio Leite

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

A candidatura do emedebista Yves Ribeiro à Prefeitura de Paulista, recebeu na tarde desta quarta-feira (25), o apoio oficial do candidato a prefeito, derrotado no primeiro turno das eleições, Sérgio Leite, do Partido Progressista (PP). 

O ex-deputado estadual, que já passou pelo PT, PDT, PSC e agora PP, disse que optar pela neutralidade seria um desserviço à população de Paulista. “Jamais escolheria o caminho fácil e rasteiro da omissão. Até porque não poderia deixar de me posicionar sobre o quadro político entre as duas postulações em disputa”, justificou.

Sérgio Leite acrescentou que a decisão foi tomada após consulta ao seu grupo político, lideranças comunitárias e militantes da sua campanha. “A partir daí, resolvemos apoiar Yves Ribeiro no segundo turno, com base numa sólida aliança programática“, explicou.

O ex-candidato a prefeito disse, ainda, que o companheiro de chapa do emedebista, Dido Vieira (MDB) e a família do saudoso deputado estadual, Amaury Pinto, contribuíram muito para a construção do diálogo e da convergência.

nov
24

Yves quer que Paulista e Olinda dividam serviços de saúde, educação e limpeza na Cidade Tabajara e Fragoso

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Eleições 2020     Tags , ,

O candidato a prefeito de Paulista nesse segundo turno das eleições municipais, Yves Ribeiro (MDB), propõe um revezamento entre as prefeituras de Paulista e Olinda, visando o atendimento aos bairros que ficam na divisa entre os dois municípios, como a Chã da Mangabeira, Fragoso e Cidade Tabajara.

“Estamos conversando com o Professor Lupércio (Solidariedade). Às segundas, quartas, sextas e domingos, que temos a coleta de lixo nesses bairros, a gente (Paulista), fica com dois dias e a Prefeitura de Olinda com os outros dois. A gente manter, por exemplo, a Saúde e Olinda manter a Educação. Nas áreas que forem de pavimentação, eu falei com ele para a gente fazer em conjunto porque é como se diz o importante não é de onde vem o remédio, e sim, ficar curado”, pontuou.

Yves admite a necessidade de se ter unidades de saúde especializadas para dar o atendimento necessário para pessoas com deficiência. A ideia é a criação de dois centros com equipamentos médicos que melhorem a qualidade de vida das PcD em diversos bairros de Paulista.

“Esses equipamentos, além de servir para crianças especiais, servirá também para os idosos porque, quando você traz um centro desses, traz também o remédio, a alimentação e a melhoria de vida dessas pessoas”, destacou. As propostas foram apresentadas ontem (23),durante sabatina na Rádio Folha FM 96,7.

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: