Navegando todos os artigos Pernambuco
jan
20

Pernambuco terá representante no Big Brother Brasil 21

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

Pernambuco será representado no Big Brother Brasil 21, da TV Globo, pelo doutorando em Economia, Gilberto, de 29 anos. Ele é o novo integrante confirmado para o grupo Pipoca, participantes que se inscreveram para participar do programa. Nascido em Jaboatão dos Guararapes e criado no Paulista, Gilberto é a primeira pessoa da sua família a passar em uma universidade pública.

“Era puxado: três ônibus para ir e três para voltar. Mas valeu a pena”, relembrou ao GShow, afirmando que dormia apenas três horas por noite. De origem humilde, o seu pai teve problemas com drogas, o que influenciou o seu tema de pesquisa na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O brother se tornou mórmon aos 10 anos, influenciado pela mãe. Quando se descobriu homossexual, Gilberto decidiu investir na carreira de missionário. 

Atualmente, Gilberto faz doutorado em Economia na UFPE, onde pesquisa a relação entre a ação do Estado e o nível de violência cometido dentro do mercado de drogas. Ele ainda aguarda o resultado de provas para iniciar o PhD nos Estados Unidos.

“Sou autêntico, sincero, honesto, não tenho medo de me expor, nem de me posicionar. Sou um perfil único. Quando alguém falar de BBB21, vai falar de mim. A vida me fez estar sempre atento”, disse o brother. Ele também revelou que nunca namorou com homens: “Nunca namorei homem, mas estou querendo muito. Só que ninguém me quer. Está difícil. Como estudo muito, os homens não têm paciência, porque não posso dar atenção o dia inteiro”.

Foto: GShow

jan
20

Cinco municípios ainda não foram buscar as doses da Coronavac

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags ,

Até a noite de ontem (19), 179 municípios pernambucanos e o arquipélago de Fernando de Noronha já haviam retirado as doses de Coronavac distribuídas pelo Governo do Estado, na primeira fase da vacinação contra o covid-19. Cinco cidades (Camutanga, Condado, Ferreiros, Macaparana e São Vicente Ferrer),todas na Zona da Mata Norte, ainda não tinham ido buscar os imunizantes, segundo o Estado. As informações são do G1/PE.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), as 270 mil doses da vacina enviadas pelo Governo Federal foram distribuídas às 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Pernambuco. A partir daí, cabe às equipes de saúde de cada cidade fazer a retirada das doses.

Os municípios que ainda não foram buscar o imunizante, segundo o Estado, alegaram “problemas logísticos” e “vão fazer a retirada nesta quarta-feira (20)”. A expectativa da Secretaria Estadual de Saúde é vacinar, pelo menos, 3 milhões de pessoas nas quatro primeiras etapas da fase 1 da campanha, a depender do envio de doses pelo Governo Federal.

Foto: G1

jan
18

Pernambuco já tem 10.020 mortes provocadas pelo covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags ,

Nesse domingo (17), quando o Brasil teve a aprovação de uso emergencial de duas vacinas contra o covid-19, Pernambuco chegava  a marca de 10.020 mortes provocadas pela doença. Os dados estão no boletim divulgado pela Secretaria Estadual de saúde (SES). Nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim, foram confirmados 482 casos e 27 óbitos.

As mortes confirmadas nesse domingo (17) ocorreram entre o dia 09 de junho de 2020 e a última sexta-feira (15). Segundo o Governo do Estado, desde o início da pandemia, em março Pernambuco registrou 241.087 casos do covid-19 e 10.020 óbitos.

Do total de novos casos, 50 (10,5%) são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 432 (89,6%) são leves. Dos 241.087 casos confirmados desde o início da pandemia, 30.310 são graves e 210.777, leves. Há ocorrências em todos os 184 municípios pernambucanos e no arquipélago de Fernando de Noronha.

Mortes – Foram confirmadas, ontem, as mortes por covid-19 de 14 homens e 13 mulheres. Eram moradores de Abreu e Lima (1), Afrânio (1), Carpina (1), Caruaru (1), Itapissuma (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Limoeiro (1), Recife (17) e Vitória de Santo Antão (1). Os pacientes tinham idades entre 34 e 96 anos.

Fonte: G1. Foto: Folhape

jan
14

Governo proíbe som nas praias, bares, restaurantes e boates e não descarta o fechamento da orla na próxima semana

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , , ,

Ontem (13),o Governo de Pernambuco decidiu proibir som, ao vivo ou mecânico, nas praias, em bares, restaurantes, boates e  quaisquer outros locais que possam provocar aglomerações de pessoas. A medida, válida a partir de amanhã (15), foi tomada devido ao aumento no número de casos graves de covid-19 e de internações de pacientes com suspeita ou contaminados.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, durante pronunciamento transmitido pela internet, informou que o Governo poderá fechar as praias, caso haja aglomerações na orla, no final de semana. Ele disse que, caso ocorra o descumprimento das regras de prevenção no sábado (16) e no domingo (17), o litoral será fechado já na terceira semana de janeiro.

“A partir de sexta-feira (15), vamos proibir por 30 dias a utilização de som de qualquer natureza em bares, restaurantes e similares, inclusive no comércio de praia, porque isso tem contribuído para aglomerações nas faixas de areia. Além disso, qualquer tipo de som, como paredões mecânicos ou orquestras, poderão ser alvo de apreensão pelo poder público”, disse André Longo.

No dia 06 de janeiro, devido à piora da pandemia, o Governo proibiu eventos com mais de 150 pessoas. O Estado justifica as ações de endurecimento das regras de prevenção ao covid-19 por causa do aumento de internações. Há, atualmente, mais de 1,7 mil pacientes internados nas redes pública e privada, sendo 1.055 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

jan
14

Deputados votam hoje prorrogação de estado de calamidade nos municípios por conta da pandemia do covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

As Comissões de Justiça, de Finanças e de Administração Pública da Assembleia Legislativa (Alepe) aprovou ontem (13), a prorrogação por 180 dias, do “estado de calamidade pública” em Pernambuco e nos municípios, por conta da pandemia do covid-19. Dos 184 municípios pernambucanos, 173, entre eles Olinda, tiveram os seus pedidos aprovados nos colegiados.

Apenas 11 pernambucanos (Altinho, Araripina, Casinhas, Cedro, Ipubi, Machados, Mirandiba, Orobó, Ouricuri, Pombos e São José do Belmonte) ainda não encaminharam a solicitação do “estado de calamidade”, o que poderá ser feito até o mês de fevereiro, de acordo com a Comissão de Justiça da Alepe.

Nesta quinta-feira (14), os decretos que prorrogam o estado de calamidade pública serão votados na no plenário da Alepe, durante reunião remota, marcada para às 10h.

jan
14

PT está fora do governo Paulo Câmara

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

Até o final desta semana, o Partido dos Trabalhadores (PT) estará fora do Governo Paulo Câmara. As mudanças começam pela Secretaria de Agricultura. Sai Dilson Peixoto e no seu lugar assumirá o deputado estadual licenciado Claudiano Martins (PP).

À propósito do futuro do PT no Estado, o senador Humberto Costa confidenciou, ontem, a um aliado, que recebeu carta branca do ex-presidente Lula para disputar o Governo do Estado em 2022.

Fonte: BlogdoMagno

 

jan
8

Pernambuco dividirá vacinação contra o covid-19 em quatro fases

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

A campanha de vacinação contra o covid-19 em Pernambuco será dividida em quatro fases. Índios, idosos, pessoas com comorbidades, profissionais da saúde, educação e transportes integram os grupos prioritários da vacina. Na fase inicial, a imunização vai atingir mais de 2,8 milhões de pessoas.

“Nesse primeiro momento, estamos apresentando uma versão preliminar do nosso plano, que está sendo submetido ao comitê para aprimoramento e discussão”, disse o secretário estadual de Saúde, André Longo, durante a primeira reunião do Comitê Técnico para Acompanhamento da Vacinação contra o Covid-19, ocorrida ontem (07), na sede da Secretaria. Segundo ele, o comitê tem até a próxima semana para apresentar suas considerações para que o plano seja finalizado.

O documento estabelece que o registro da vacinação será nominal e que os técnicos deverão informar a data da volta para a segunda dose, quando a proteção estará completa. De acordo com a Secretaria, existe a possibilidade de uso do imunizante de mais de um fabricante no país. Nesse caso será indispensável registrar qual foi o tipo utilizado em cada indivíduo.

A campanha está dividida em quatro grupos prioritários, segundo o Comitê Técnico.

  • Primeira fase: vacinação dos trabalhadores da saúde, índios, aldeões das 11 etnias do Estado, a população de 75 anos e mais; e os idosos a partir dos 65 anos que estão em instituição de longa permanência.
  • Segunda fase: vacinação especifica para os idosos a partir de 60 anos.
  • Terceira fase: vacinação dos indivíduos com comorbidades (precisará apresentar a prescrição médica, indicando a comorbidade estabelecida) e trabalhadores de serviços essenciais.
  • Quarta fase: vacinação das forças de segurança, trabalhadores da educação, caminhoneiros, trabalhadores do transporte aéreo e coletivo (ônibus e metrô); pessoas que trabalham nos portos de Suape e do Recife; e quilombolas.

O Comitê Técnico de Pernambuco, que segue as estratégias do Ministério da Saúde, ressalta que as vacinações dos profissionais de saúde, educação e segurança serão feitas in loco, ou em local a ser definido. Já para os idosos, há a possibilidade de a vacinação ser em domicílio, em drive-thru ou em centros de vacinação. “Estamos organizando a logística de entrega e distribuição dos insumos. Para cada grupo prioritário será realizada uma estratégia diferenciada”, informou a superintendente de Imunizações, Ana Catarina de Melo.

jan
7

Pernambuco proíbe a realização de eventos com mais de 150 pessoas

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

O Governo de Pernambuco anunciou ontem (06), durante coletiva de imprensa online, a decisão do Comitê de Enfrentamento à

Covid-19 de reduzir, em todo o Estado, a capacidade do setor de eventos para no máximo 150 pessoas. A medida tem o objetivo de frear a disseminação do novo coronavírus. Também foi comunicada a prorrogação da proibição de shows e festas até o final de janeiro. Estão vetadas festas de qualquer tipo, em restaurantes, barracas de praia, hotéis ou outros estabelecimentos, com ou sem venda de ingressos.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, defendeu o respeito aos protocolos como única forma de evitar a transmissão do vírus. “Para que as atividades continuem funcionando sem colocar vidas em risco é preciso seguir as normas que norteiam o Plano de Convivência e que estão centradas no distanciamento, uso de máscara, higiene e monitoramento”, explicou.

Segundo Longo, neste momento há mais de mil pacientes com suspeita do covid-19 internados em leitos de UTI, públicos e privados. A cada três pacientes que desenvolvem quadros graves da doença, ao menos um acaba não resistindo. “É para não transmitir o vírus e provocar mortes que todos devemos reforçar os cuidados”, pontuou o secretário.

Foto: Divulgação

 

jan
6

Estado quer intensificar fiscalização nas praias para combate ao covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

A partir desta quarta-feira (06),o governador Paulo Câmara (PSB) começa a receber prefeitos de municípios do litoral pernambucano com o objetivo de intensificar a parceria para a fiscalização de bares e barracas de praia, como medida de enfrentamento e combate ao covid-19.

“Os números da pandemia são preocupantes e temos pela frente um período delicado de férias, com muita atividade social, sobretudo nas praias. Os estabelecimentos nesses locais precisam cumprir os protocolos”, afirmou Paulo Câmara, se referindo ao Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19, que prevê regras gerais e específicas de acordo com cada setor.

Segundo o governador, a Secretaria Estadual de Saúde continua reativando leitos de terapia intensiva (UTI) e o Governo de Pernambuco vai distribuir um novo lote de um milhão de máscaras nesse período.

O governador disse que todas essas medidas “só vão surtir o efeito esperado se pudermos contar com a compreensão de toda a população”. Uso de máscara, higienização das mãos e evitar aglomerações. “Cada um de nós pode contribuir observando essas atitudes simples. Só assim vamos conseguir reduzir os índices de contaminação”, concluiu.

dez
30

Maria Clara, Maria Eduarda e Miguel são os nomes mais registrados em Pernambuco de 2011 a 2020

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags ,

Maria Clara e Maria Eduarda são os nomes mais escolhidos, em Pernambuco, para registrar pessoas nessa última década. De acordo com a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen), entre 2011 e 2020, esses foram os nomes escolhidos para 11.941 e 9.401 pessoas, respectivamente. Em terceiro lugar, vem Miguel, com 9.189 registros.

O levantamento foi feito por meio da Central Nacional de Informações do Registro Civil, que reúne números de cartórios de todo o Brasil. Em Pernambuco, a plataforma reúne dados de todos os 299 cartórios de registro civil existentes no Estado, que têm mais de 1,4 milhão de registros feitos na última década.

Em quarto lugar entre os nomes mais escolhidos, está Gabriel, que, de2011 a 2020 foi o nome registrado para 8.292 pessoas. João Miguel aparece na quinta posição, com 8.242 ocorrências. Confira os nomes mais frequentes dessa década:

  • – Maria Clara: 11.941
  • – Maria Eduarda: 9.401
  • – Miguel: 9.189
  • – Gabriel: 8.292
  • – João Miguel: 8.242
  • – Arthur: 8.238
  • – Davi: 8.205
  • – Pedro Henrique: 8.038
  • – Maria Julia: 6.950
  • – Maria Cecilia: 6.810

Fonte: G1-PE. Foto: CRRS

dez
28

Mais 11 óbitos e 603 novos casos positivos de covid-19 em Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

O boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgado nesse domingo (27) registrou 603 novos casos do covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados, 23 (4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 580 (96%) são leves. Agora, o Estado totaliza 215.552 casos confirmados da doença, sendo 29.201 graves e 186.351 leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 11 novos óbitos (7 masculinos e 4 femininos), registrados entre os dias 14 de outubro e 22 de dezembro. Pernambuco agora totaliza 9.571 mortes por covid-19.

Os óbitos ocorreram nos municípios do Cabo de Santo Agostinho (1), Ouricuri (1), Petrolina (1) e Recife (8). Os pacientes que faleceram tinham idades entre 55 e 82 anos. As faixas etárias são: 50 a 59 (3), 60 a 69 (1), 70 a 79 (3) e 80 ou mais (4). Todos tinham doenças pré-existentes: diabetes (11), doença cardiovascular (6), hipertensão (6), obesidade (3), etilismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

dez
23

Governo pede para população evitar aglomerações durante as festas de Natal e Ano Novo

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, pediu que as confraternizações de Natal e Ano Novo não reúnam mais de dez pessoas. Segundo ele, o ideal é que os festejos incluam apenas moradores que já dividem o mesmo domicílio e recomendou cuidado especial com os idosos. A orientação foi dada durante coletiva de imprensa transmitida pelo YouTube.

André Longo informou que o Estado registrou a quinta semana consecutiva de alta nos casos de síndrome respiratória aguda grave – foram 855 casos na Semana Epidemiológica 51, aumento de 19% em relação à semana 49. Ele destacou que o Governo vai continuar abrindo leitos, mas ponderou que o ideal é que as pessoas não precisassem das vagas, porque o aumento de casos consiste em aumento de agravamentos e óbitos.

Ele informou que Pernambuco não pretende, por enquanto, restringir atividades econômicas como fez, nessa terça-feira (22), o Estado de São Paulo, que permitirá apenas serviços essenciais durante a temporada de Natal e Ano Novo. Ao ser perguntado sobre a possibilidade de um novo lockdown no começo de 2021, não confirmou a hipótese, mas alertou sobre o risco de aceleração ainda maior dos casos em fevereiro e março, já esperada por alguns especialistas. Disse que a observância às medidas de distanciamento social poderão propiciar meses mais positivos no início de 2021.

O secretário de Saúde também afirmou que o Governo do Estado pedirá aos municípios a intensificação da fiscalização nos parques, praças e praias, locais onde têm sido verificada a presença de muita gente aglomerada e sem máscara.

Também presente à coletiva, o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, afirmou que a fiscalização contra aglomerações em bares e restaurantes será intensificada e que a multa para estabelecimentos que descumprirem as normas (atualmente é de até R$ 100 mil) deverá aumentar. “A mão forte do Estado vai se fazer valer”, alertou. 

Foto: G1

dez
8

Quando o Governo de Pernambuco vai adquirir a vacina contra o covid-19?

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou ontem (07), que iniciará em 25 de janeiro de 2021 o programa de vacinação contra o covid-19 no Estado, mesmo sem ter uma vacina registrada na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que é um pré-requisito para a aplicação de qualquer imunizante no Brasil. Se for autorizada, a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, será aplicada de forma gratuita em profissionais de saúde, pessoas com mais de 60 anos, indígenas e quilombolas. Inicialmente, mais de 9 milhões de pessoas deverão receber duas doses cada.

Horas após o anúncio de João Doria, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), informou que já estava se movimentando para garantir a vacina para imunizar os cearenses do covid-19. Ele postou nas suas redes sociais que desde novembro está mantendo conversas com o Governo de São Paulo e o Instituto Butantan, responsável pela produção da CoronaVac, “para a aquisição o mais rápido possível“, da vacina. “Tudo o que estiver ao meu alcance farei para que a vacina chegue ao nosso Estado com a máxima brevidade”, garantiu.

Camilo Santana disse, inclusive, que já tem reunião presencial marcada em São Paulo na próxima segunda-feira (14). “Paralelo a essas conversas, venho, juntamente com nosso secretário Dr. Cabeto, mantendo contatos com outros laboratórios que desenvolvem a vacina, bem como com o Ministério da Saúde”.

Em Pernambuco, o governador Paulo Câmara (PSB) não fala nada sobre o assunto. Uma demonstração de “preocupação zero” com os pernambucanos.

dez
7

Pernambuco proíbe festas de Natal e Ano Novo por conta do covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

O Governo de Pernambuco anunciou, hoje (07), o cancelamento das festas de Natal e Ano Novo no Estado, por causa da pandemia do covid-19. O anúncio foi feito pelos secretários de Saúde, André Longo; e de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, numa transmissão feita pela internet. As informações são do G1/PE.

“Estamos proibindo a realização de shows e festas de Natal e réveillon-2021, incluindo as realizadas em espaços públicos, condomínios, clubes, hotéis e estabelecimentos afins, com ou sem cobrança de ingresso”, disse o secretário André Longo. O decreto entra em vigor amanhã (08) e é válido para todo o Estado.

O Governo do Estado também determinou a proibição de shows, festas e similares, com ou sem cobranças de ingressos, independentemente do número de participantes. A exceção é para casamentos, formaturas e eventos sociais similares, desde que cumpridos os protocolos.

A semana epidemiológica número 49, que terminou no último sábado (05), foi a terceira de aumentos consecutivos nos números de covid-19 em Pernambuco. “Diante do aumento das taxas de ocupação, também estamos trabalhando para abrir novos leitos. Em menos de um mês, reativamos 150. Os últimos 20 foram reabertos hoje (07), na Maternidade Brites de Albuquerque, em Olinda“, afirmou. “As medidas que estamos anunciando são de prudência, para que possamos frear contaminações e diminuir o contágio”, completou.

Fonte: G1-PE. Foto: PainelMT
dez
4

Vai ter ou não festas de Natal, réveillon e Carnaval 2021 em Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , , ,

Especialistas em saúde pública, epidemiologia e vigilância sanitárias são unânimes em afirmar que as festas de final de ano não devem ser realizadas, para evitar aglomerações e a propagação do contágio pelo covid-19. Diversos Estados e cidades brasileiras já anunciaram o cancelamento do Natal-2020 e o réveillon-2021. Faltando pouco mais de 20 dias para as festas, o Governo de Pernambuco parece não estar preocupado. Não existe nenhuma decisão, nem pronunciamento oficial a respeito do assunto.

Ontem (03), durante entrevista à Rádio Clube, o governador Paulo Câmara (PSB), disse que somente na próxima semana fará um anúncio sobre os festejos natalinos e o réveillon. Afirmou, também, que a decisão sobre a realização do Carnaval em 2021 será tomada mais à frente.

Os infectologistas dizem que o atual cenário, de crescimento do número de casos do covid-19 em Pernambuco e em todo o país, é preocupante. Mas parece que o Governo do Estado não está nem aí. Os pernambucanos querem saber: as tradicionais festas Natal e Ano Novo estão liberadas? Irão acontecer? Elas serão seguras? A população pode ir para as ruas ou deve ficar em casa? Quais medidas serão tomadas para protegê-la do contágio do covid-19? 

Festas suspensas – Enquanto Paulo Câmara silencia, dezenas de prefeitos e governadores já decidiram pelo cancelamento das festas de Natal, réveillon-2021 e Carnaval-2021. Confira:

  • – O réveillon em Alagoas, famoso por atrair turistas de todo o Brasil, ´foi cancelado. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde, Alexandre Ayres, na tarde de ontem (03). Disse que a realização de festas pode ocasionar riscos de uma nova onda do covid-19 no Estado, causada pelas aglomerações.
  • – Na sexta-feira da semana passada, dia 27 de novembro, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou o cancelamento das festas de Natal, réveillon e Carnaval em São Luís e demais municípios do Estado. 
  • – No dia 19 de novembro, em transmissão ao vivo pelo Facebook, o prefeito do Balneário Camboriú (SC), Fabrício Oliveira, informou o cancelamento da queima de fogos de artifícios do réveillon-2021 está cancelada. A decisão foi tomada junto com o comitê de combate ao novo coronavírus da cidade e seguiu recomendação do Ministério Público (MPSC).
  • – No dia 18 de novembro, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), cancelou oficialmente as festas de réveillon e Carnaval-2021. De acordo com o decreto nº 41.482/20, publicado no Diário Oficial do DF, os eventos públicos comemorativos referentes às datas em questão estão cancelados. 
  • – Por decreto, o governador da Bahia, ACM Neto, cancelou as festas de Natal, réveillon, Lavagem da Escadaria da Igreja do Bonfim, Festa de Iemanjá (02 de fevereiro) e Carnaval 2021.
  • – A Secretaria de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Florianópolis, capital de Santa Catarina (SC), anunciou, desde 19 de outubro, o cancelamento dos festejos na Ponte Hercílio Luz
  • – A festa de réveillon de Aracaju (SE) também está cancelada. O anúncio foi feito em gosto, pelo prefeito Edvaldo Nogueira, alegando que “grandes festas só com vacina”. 
  • – A tradicional festa Natal Luz, de Gramado (RS) foi cancelada por conta da pandemia do covid-19, sendo mantida somente a decoração natalina. 
  • – O réveillon-2021 na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), foi suspenso para impedir que os números de casos do covid-19 aumentem se controle.
  • – Em Imbituba, no Estado de Santa Catarina, a decisão de cancelar o réveillon aconteceu em agosto, para evitar aglomeração durante as festas da virada do ano.
  • – Os shows na areia da praia de Icaraí, em Niterói (RJ), foram cancelados. Em vez disso, a cidade contará com uma programação virtual.
  • – O réveillon de Copacabana, no Rio de Janeiro (RJ), com a tradicional queima de fogos, está cancelada.
  • – No Paraná, a capital Curitiba cancelou todas as festas e réveillon, em virtude da pandemia do covid-19.
  • – A Prefeitura de Palmas, capital do Tocantins, informou que a programação do véveillon-2021 está cancelada por causa da pandemia. Com a recomendação de autoridades da saúde para evitar aglomerações e frear uma nova disparada de casos da doença, os tradicionais shows e a queima de fogos de artifício não serão realizados. 
nov
6

SCGE regulamenta atividade de auditoria interna governamental

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags ,

Portaria que organiza e disciplina a atividade de auditoria interna governamental, no âmbito do Poder Executivo estadual, foi publicada no Diário Oficial de Pernambuco. O documento traz, no seu anexo único, o referencial técnico, com princípios, diretrizes e requisitos fundamentais para o exercício da atividade de auditoria interna governamental nos órgãos e entidades estaduais.

A portaria SCGE nº 39/2020 representa um importante avanço na prestação dos serviços empreendidos pelo Governo do Estado. “A proposta é nortear a prática dessa atividade, de modo a garantir, essencialmente, uma atuação eficiente e eficaz em auxílio ao aprimoramento da governança pública”, ressalta a secretária da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), Érika Lacet. Ainda de acordo com ela, outras ações com esse mesmo direcionamento deverão ser implementadas em breve, o que se trata de uma evolução contínua e perene da administração pública.

“A iniciativa visa fortalecer o papel da auditoria interna governamental, agregando ainda mais valor e segurança ao gerenciamento das ações governamentais”, complementa o diretor de Auditoria (DAUD/SCGE), Flávio Pereira. Ele também destaca que, a partir da data de publicação da portaria, as unidades de auditoria interna governamental têm prazo de 180 dias para regularizar a atividade. Já para as unidades singulares dos órgãos e entidades da administração pública estadual, esse prazo é de 360 dias.

out
19

Pandemia não acabou: mais 11 mortes regristradas em Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

A população está negligenciando, mas a pandemia do covid-19 não acabou. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, no último sábado (17), 403 novos casos da doença. Também foram confirmados 11 novos óbitos, ocorridos desde o dia 06 de agosto.

Entre os casos confirmados no sábado, 25 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 378 (94%) são leves. Com relação às mortes, quatro (36%) ocorreram nos últimos três dias, sendo duas na quinta-feira (15) e duas na quarta-feira (14). Os outros sete registros (64%) ocorreram entre os dias 06 de agosto e 11 de outubro.

Agora, Pernambuco totaliza 155.923 casos confirmados da doença, sendo 26.684 graves e 129.239 leves, e 8.480 mortes pelo covid-19.

set
23

Primeiro outlet de Pernambuco já está com 70% do mix fechado

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Pernambuco     Tags ,

Com a retomada das atividades econômicas alguns setores voltam a gerar negócios. O Recife Outlet, o primeiro de categoria premium de Pernambuco, bateu a meta de 70% do seu mix de moda já fechado para a inauguração que acontecerá no dia 25 de fevereiro de 2021.

O empreendimento, do Grupo BCI, está sendo construído às margens da BR-232, no município de Moreno. O investimento inicial é da ordem de R$ 65 milhões e terá 72 operações. Quando entrar em funcionamento deverá gerar cerca de dois mil empregos.

Já estão confirmados para funcionar no empreendimento, marcas como a Guess, Live, Carmen Steffens, Polo Wear, New Era Caps, TNG e Chilli Beans.

No segmento de alimentação chegam o Giraffas Burguer, Casa do Sorvete, Parmeggio, Delta Café e o Empório Urban. Já faziam parte do portfólio do Recife Outlet a Ad Fashion, Wrangler, Tip Top, Lee, Zoomp, VR, Richards, Salinas, Bobstore, Crocs, Kipling, New Balance, 2ND Floor e Spicy.

Foto: Divulgação

ago
1

Empresas devem exigir uso de máscara e quem descumprir será multado

AuthorPostado por: Jornalismo Redação    CategoryEm: Pernambuco     Tags , ,

O Governo do Estado resolveu acabar com a desobediência de milhares de pessoas que desrespeitam a lei que obriga o uso de máscaras em todo o Estado, durante o período da pandemia do covid-19. Ontem (31), foi publicado decreto regulamentando a lei 16.918, de 18 de junho de 2020, que dispõe sobre a obrigatoriedade. Quem for flagrado sem estar usando o equipamento de proteção será multado.

Órgãos públicos e estabelecimentos privados devem proibir a entrada, nos recintos, de pessoas que não estejam utilizando máscaras. Os indivíduos identificados sem a peça de proteção, deverão ser orientados sobre a necessidade do uso. Em caso de recusa, os proprietários dos estabelecimentos deverão determinar a retirada do infrator e, se necessário, acionar a polícia.

As empresas que descumprirem a norma poderão ser autuadas, sofrer advertência e multas que variam de R$ 1 mil a R$ 100 mil, dependendo do porte do estabelecimento. A fiscalização será realizada por órgãos estaduais e municipais de vigilância sanitária, defesa do consumidor, defesa social, fiscalização do trabalho e do transporte, em articulação com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: