Navegando todos os artigos Saúde
jan
19

Consumo de própolis pode reduzir tempo de internação por covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags ,

Um estudo realizado em parceria entre Apis Flora, Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor) e o Hospital São Rafael, de Salvador (BA), identificou que o própolis pode ter eficácia na diminuição do tempo de internação de pacientes com o covid-19. O ensaio clínico introduziu a ingestão do produto em pacientes do Hospital São Rafael.

Dos 124 pacientes estudados, todos passaram pelo tratamento padrão, mas 40 deles receberam 400 mg/dia de própolis, outros 42 receberam 800 mg/dia e outros 42 não receberam nenhuma dose do produto das abelhas.

Conclusão do estudo aponta que o uso do própolis pode ser promissor na interferência na expressão de TMPRSS2, uma proteína da superfície celular envolvida na entrada e disseminação do covid-19 no corpo humano. Outra conclusão é que a substância pode interferir na ancoragem do vírus em outra proteína, a ACE2.

Segundo o estudo, que ainda precisa ser revisado por pares para ter validade clínica, quem não ingeriu própolis ficou cerca de 12 dias internado após o início do tratamento. Os outros dois grupos que receberam 400 mg e 800 mg ficaram, respectivamente, sete e seis dias internados.

Os resultados foram publicados na MedRxiv e serve apenas como indicativo para uma tese. Agora, devem ser realizados ensaios duplo cego com placebo e um grupo maior de pacientes.

Fonte: Canal Rural

jan
17

Covid-19 continua matando: ontem foram mais 29 óbitos em Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags ,

Pernambuco registrou, neste sábado (16), 1.450 novos casos do covid-19, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Entre os confirmados, 83 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.367 (94%) são leves. Também foram confirmados 29 óbitos ocorridos entre os dias 20 de julho de 2020 e 15 de janeiro de 2021.

O Estado, que está passando por um momento de alta nos números da pandemia, totaliza 240.605 casos confirmados da doença, sendo 30.260 graves e 210.345 leves.

Desde o começo da pandemia, 9.993 pessoas morreram devido à infecção pelo covid-19 em Pernambuco. A Secretaria Estadual de Saúde informou que irá repassar os detalhes epidemiológicos durante o dia.

dez
24

Recife abrirá, em janeiro, 80 novos leitos de UTI para pacientes graves com covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags

A Prefeitura do Recife (PCR) anunciou ontem (23), a abertura de 80 novos leitos de UTI para pacientes com covid-19, a partir da primeira quinzena de janeiro de 2021, no Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa (HECPI), localizado no bairro da Estância. 

Esses leitos, adquiridos anteriormente para os hospitais de campanha, se juntarão aos 120 que continuam em funcionamento na rede municipal de saúde. Ao todo, o Recife contará com 342 leitos dedicados ao covid-19, sendo 200 UTIs e 142 enfermarias.

A decisão foi tomada em conjunto pelo prefeito Geraldo Júlio e o prefeito eleito João Campos. Trata-se de uma inciativa na transição do atual governo e a próxima gestão.

Segundo a PCR, toda a estrutura de internamento do HECPI, que conta com 62 vagas de enfermaria e 10 de UTI, passa a dispor de equipamentos para garantir o suporte de tratamento intensivo voltado para o covid-19. Além deles, os outros oito leitos localizados na Sala de Recuperação do bloco cirúrgico também serão transformados em UTIs.

Foto: PCR

dez
23

Covid-19: vacinação de grupos prioritários começará no final de janeiro

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que, no final de janeiro de 2021, alguns grupos prioritários devem começar a receber a primeira dose da vacina contra o covid-19 e que a vacinação em massa deve começar a partir de fevereiro. Pazuello deu entrevista ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, que vai ao ar às 19h30 do próximo domingo (27).

“Nós vacinaremos todos os brasileiros de forma igualitária, de forma proporcional ao número de pessoas por Estado e de graça. Confiem na estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS), confiem que aqui existem pessoas que estão realmente trabalhando diuturnamente para que a gente tenha a vacina distribuída o mais rápido possível e a todos os brasileiros”, disse o ministro.

Foto: Agência Brasil

dez
11

Onze Estados já anunciaram interesse na compra da vacina Coronavac

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags ,

Ontem (10), o Instituto Butantan realizou uma cerimônia para anunciar o início da produção, no Brasil, da vacina contra o covid-19. Informou, também, que os governos de 11 Estados já solicitaram a CoronaVac: Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão, Acre, Pará, Roraima, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Rio Grande do Sul.

O evento contou com a presença do governador de São Paulo, João Dória (PSDB) e de prefeitos dos Estados de Goiás, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Pelo menos 276 municípios brasileiros já entraram em contato com o Instituto Butantan para demonstrar o interesse na aquisição da CoronaVac. O imunizante será produzido em pareceria com a indústria farmacêutica chinesa Sinovac. 

nov
18

Coronavac produz anticorpos contra o covid-19 em 97% dos pacientes

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

Os resultados dos estudos clínicos da Coronavac, vacina em desenvolvimento pela parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac Life Science, foram publicados ontem (17), pela revista científica Lancet Infectious Diseases. A publicação mostra que a vacina é segura e tem capacidade de produzir resposta imune no organismo 28 dias após sua aplicação em 97% dos casos.

Os resultados publicados na Lancet, que contam com a revisão de diversos cientistas, são mais um passo importante para o desenvolvimento da vacina, que está em fase 3 de testes em diversas regiões do Brasil, desde julho deste ano. Os detalhes da publicação podem ser conferidos no site da Lancet: https://www.thelancet-press.com/embargo/covidvaccinetlid.pdf.

As fases 1 e 2 reuniram 744 voluntários na China, com idades entre 18 e 59 anos. Os dados mostram que as reações adversas foram leves e não foi identificado nenhum efeito adverso sério relacionado à vacina. A reação mais comum foi dor no local da aplicação. A taxa de produção de anticorpos entre os voluntários que receberam a vacina ficou acima dos 90%.

O artigo científico apresenta dados que já eram de conhecimento do Instituto Butantan e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), uma vez que a partir deles foi possível aprovar o uso emergencial em mais de 50 mil pessoas na China e a realização do estudo de fase 3 no Brasil.

nov
4

Já estão ocupados 79% dos leitos de UTIs da rede pública de Pernambuco para covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

Embora a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) tenha informado, recentemente, que não há números concretos que indiquem um novo aumento de casos do covid-19 em Pernambuco, os números do boletim dessa terça-feira (03) apresentam uma mudança no cenário de ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI) de rede de saúde pública do Estado destinados ao atendimento de pacientes com a doença. 

Segundo o detalhamento mais recente da SES-PE, são 786 leitos de UTI ativos no momento, sendo que 79% deles, aproximadamente 620 leitos, encontram-se ocupados. Chama atenção que, há 15 dias, o número de leitos de UTI para o covid-19 era menor (745) e, mesmo assim, a ocupação era inferior a 70% (65%) – cerca de 480 internados.

Os dados sugerem um acréscimo superior a 120 pacientes em regime de terapia intensiva em um intervalo de duas semanas, fazendo saltar a ocupação mesmo com a abertura de novas vagas. Vale ressaltar que esses dados correspondem apenas à rede pública do Estado, não contabilizando as hospitalizações em unidades privadas de saúde.

Apesar de ainda não ser possível cravar dados gerais sobre o covid-19, a literatura acerca da doença aponta que, em geral, 80% das pessoas expostas ao vírus apresentarão sintomas leves, enquanto 15% apresentará quadros moderados a graves e 5% precisarão de terapia intensiva. Um aumento sensível e comprovado do menor grupo, portanto, indica uma expansão do contágio de forma geral.

Fonte: Folhape

out
31

Sai o Outubro Rosa e entra o Novembro Azul

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

O mês de novembro começa amanhã e com ele chega a campanha do Novembro Azul, voltada para a atenção e conscientização sobre a prevenção em relação ao câncer de próstata. Homens com mais de 50 anos devem se consultar com o urologista, mesmo sem sintomas aparentes. É nesta faixa etária que costuma surgir a doença e outras relacionadas ao trato urinário inferior. Mas, caso algum parente próximo tenha sido diagnosticado, o rastreio deve começar a partir dos 45 anos.

Fatores de risco não determinam uma doença, segundo o urologista Dimas Antunes, mas servem como indicador de maior vulnerabilidade. Algumas condições podem aumentar a chance de um homem ter câncer de próstata: idade (cerca de 60% dos cânceres de próstata surgem em homens acima dos 60 anos), histórico familiar (se o avô, pai ou irmão foram diagnosticados com a doença, os riscos são maiores), raça (homens negros sofrem maior incidência da doença) e obesidade (estudos indicam que obesos têm maior propensão ao câncer de próstata e, nesses casos, surgem mais agressivos).

Alguns sintomas podem servir de alerta, como dificuldade para iniciar a micção, maior frequência urinária, pouco fluxo urinário, urgência para urinar e sensação de esvaziamento incompleto, além de sangue na urina. “Estar em dia com os exames é essencial, mas investir em práticas saudáveis, como alimentação balanceada, praticar atividades físicas, não exagerar no consumo de bebida alcoólica e ficar longe do cigarro, são medidas preventivas que podem ajudar a diminuir o risco do câncer”, pontua o especialista. Quando diagnosticado precocemente as chances de cura são de 90%.

out
27

Covid-19 está voltando com força

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

A Organização Mundial de Saúde (OMS) registra o aumento de casos de covid-19 na Europa. O mundo bateu nove vezes o recorde de novos casos diários da doença em outubro e Pernambuco também vê os números aumentarem. É a nova onda da doença, com mais internamentos, mortes e filas nas portas das UPAs e hospitais.

Os novos números são maiores desde janeiro, quando os recordes de casos diários foram batidos 12 vezes. A sequência de recordes ocorre no momento em que a Europa se depara com efeitos da segunda onda de infecções pelo novo coronavírus e mais países passam a adotar medidas restritivas. Os Estados Unidos tentam conter a evolução do surto, mas encaram aumento expressivo no número de casos confirmados.

E por aqui, o que se vê são milhares de pessoas circulando sem máscaras, descumprindo o distanciamento social, sem realizar as medidas sanitárias necessárias (uso de álcool em gel e lavagem das mãos com água e sabão) e fazendo aglomerações. 

out
26

Saúde do Estado informa que aumentou testagem do covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que, desde o início da pandemia do covid-19, tem ampliado a capacidade de processamento de exames de biologia molecular (RT-PCR), considerado “padrão ouro” para esse tipo de doença. Mas quem vai ao Centro d Convenções em busca do teste encontra longas filas e muita demora.

A SES-PE disse, através de nota, que “constantemente tem reforçado estratégias para garantir o acesso à testagem, que pode ser feita por todos os pernambucanos que possuem sintomas da doença, mesmo leves, ou aqueles que tiveram contato com casos confirmados, mesmo estando assintomáticos”.

Segundo o Governo, para fazer o exame, a população pode acessar o Atende em Casa. Ao todo, 146 municípios aderiram a esse tipo de marcação, com data e hora agendados. Na nota, a SES-PE informou que há quatro centros de testagem sob gestão estadual, entre eles, o do Centro de Convenções, em Olinda. 

Ainda de acordo com o Estado, desde o início de julho, a população também pode se dirigir espontaneamente ao posto avançado de testagem para covid-19 no Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa). O local funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 15h. No Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), no bairro da Boa Vista (Recife), a marcação é feita pelo Atende em Casa.

Para os profissionais da educação e seus contatos no ambiente de trabalho e domiciliar, há centro de testagem na sede da Secretaria de Educação e Esportes, na Avenida Afonso Olindense, 1.513, na Várzea. O centro funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. O agendamento é pelo Atende em Casa.

A Secretaria informou que todos os seus centros de testagem realizam os exames do tipo RT-PCR, indicado para quem está com sintomas gripais até o sétimo dia do início do quadro, podendo, porém, ser estendido até o décimo dia, caso persistam os sintomas. Também é oferecido o teste rápido para casos em que o paciente esteja há mais de sete dias do início dos sintomas e também com mais de 72 horas desde o desaparecimento dos sintomas. Esses também são ofertados pelas redes municipais.

Fonte: G1

out
17

Hoje é o “Dia D” de vacinação

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

Hoje (17), é o Dia D da Campanha de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos. Serão ofertados todos os imunobiológicos indicados para essa faixa etária, que deve ser imunizada caso haja alguma dose em atraso. Crianças entre 1 e menores de 5 anos devem fazer uma dose contra a poliomielite.

Para as crianças abaixo de 7 anos, as unidades disponibilizam as seguintes vacinas: BCG, hepatite B, pentavalente, poliomielite, rotavírus, pneumocócica 10, meningocócica C, febre amarela, tríplice viral, varicela, hepatite A e DTP. A partir dos 7 anos, até os menores de 15, podem ser feitas as doses da hepatite B, febre amarela, meningocócica ACWY, HPV e varicela.

out
15

Pessoas com sangue tipo A e AB têm mais possibilidades de contrair o covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

O tipo sanguíneo pode aumentar os riscos de uma pessoa ter covid-19 e de sofrer maiores complicações durante o tratamento da doença. É o que sinalizam as investigações de cientistas canadenses e dinamarqueses. Em duas pesquisas publicadas na revista Blood Advances, eles mostram como analisaram o perfil de infectados pelo novo coronavírus e perceberam um número menor de pessoas com sangue tipo O entre os pacientes.

Os especialistas também detectaram um número maior de complicações mais severas entre indivíduos com sangue A e AB. Para eles, as descobertas poderão ajudar no desenvolvimento de melhores abordagens médicas. Por enquanto, o papel do tipo sanguíneo na previsão do risco e das complicações da infecção pelo Sars-CoV-2 ainda é pouco conhecido.

As análises levaram à conclusão de que pessoas do grupo O têm 13% menos risco de serem acometidas pelo covid-19. Por outro lado, o grupo A tem 9% mais de possibilidade de ter a enfermidade, e o AB, 15 %. A taxa do grupo B não foi significativa. A equipe não encontrou diferença significativa na taxa de infecção entre os tipos A, B e AB.

Em busca de respostas, pesquisadores compararam os dados do registro de saúde de mais de 473 mil dinamarqueses que testaram positivo para o covid-19 e mais de 2 milhões de pessoas sem a enfermidade (grupo controle). Eles encontraram, nos infectados, um número menor de pessoas com tipo sanguíneo O e um maior de pessoas com tipos A, B e AB.

Fonte: Correio Braziliense

ago
22

Bruxismo: aumenta número de casos

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags ,

Ansiedade e estresse aumentaram durante a pandemia e o isolamento social. Isso contribuiu para o aumento dos casos de dentes rachados ou quebrados – na maioria das vezes, por causa do bruxismo.

O bruxismo ocorre quando começamos a ranger ou apertar os dentes involuntariamente, no decorrer do dia ou durante o sono. É uma das primeiras manifestações clínicas do estresse. Segundo a Organização Mundial da Saúde, 40% dos brasileiros sofrem com ele e apresenta diversas consequências.

“O bruxismo pode resultar em dores na mandíbula, ouvidos, pescoço e cabeça. Em casos extremos, na quebra de dentes e até problemas nas articulações do rosto”, destaca a pesquisadora no projeto Mapas de Evidências Clínica de Saúde Integrativa (Bireme/OPAS/OMS), Rosely Cordon.

Segundo ela, o hábito de pressionar os dentes é uma espécie de válvula de escape para aliviar a tensão que se acumula no dia a dia. “Em momentos que geram medo e apreensão, como o que estamos vivendo desde o início da pandemia, ele pode se desenvolver, mesmo sem um histórico de ansiedade”, diz a especialista.

Para o professor da Facial Academy e especialista em ortodontia, Willian Ortega, além das causas já citadas, há fatores genéticos que também podem contribuir com o agravamento do bruxismo. A recomendação é realizar sessões de laserterapia, que atuam contra a dor, e investigar o motivo que levou ao desenvolvimento do bruxismo, tratando a causa.

Outro método que pode contribuir para o controle é o uso das placas de acrílico, indicadas na maioria dos casos. O dispositivo para dormir é feito sob medida para encaixar entre os dentes protegendo-os do impacto. “Apesar de não ser a cura, as placas auxiliam muito na melhora dos sintomas”, complementa o doutor Willian.

ago
21

Avança rumo aos testes primeira vacina contra covid-19 desenvolvida no Brasil

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , , ,

A vacina que visa prevenir a infecção por covid-19, desenvolvida pela empresa brasileira de biotecnologia Farmacore, em parceria com a PDS Biotechnology Corporation, acaba de receber o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e está prestes a receber aprovação para financiamento pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para acelerar o desenvolvimento dos testes necessários à habilitação da vacina perante a Anvisa.

Denominada Versamune®-CoV-2FC, a vacina é a combinação de uma proteína SARS-CoV-2 recombinante, desenvolvida pela Farmacore, com a nanotecnologia da plataforma Versamune®, da PDS Biotech, uma tecnologia patenteada para a ativação das células T.

A junção das tecnologias da Farmacore Biotecnologia e Versamune da PDS Biotechnology é um caminho novo, extremamente promissor, para uma vacina de efeito duplo e seguro no combate ao coronavirus (covid-19). “A tecnologia de produção da vacina é de fácil escalonamento, o que possibilitará sua fabricação em território brasileiro e licenciamento aos demais países”, explica a CEO da Farmacore, Helena Faccioli.

O Projeto prevê a produção e teste de um antígeno composto pelas proteínas S do SARS-Cov2 (covid-19) juntamente com nove imunogênicos capazes de provocar uma resposta imunológica para produção de anticorpos de combate ao coronavírus. A seleção destas regiões imunogênicas foi realizada por análise bioinformática para maximizar o carregamento no sistema de defesa humano e ativação dos linfócitos T (especificamente os linfócitos CD4+ e CD8+, que são os guerreiros de frente no reconhecimento do vírus e combate aos mesmos).

Essa será a primeira vacina contra o covid-19 desenvolvida inteiramente no Brasil e tem potencial de integrar os esforços globais na busca de uma prevenção definitiva contra os efeitos da pandemia, num cronograma acelerado que tem como objetivo realizar os testes pré-clínicos até outubro deste ano e o início de testes clínicos no primeiro trimestre de 2021, com produção industrial no segundo semestre de 2021.

jul
26

Estados Unidos paga US$ 1,95 bilhão na compra antecipada de 100 milhões de doses de vacina contra covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

A empresa alemã BioNTech e a farmacêutica Pfizer anunciaram na última quarta-feira (22), que assinaram um acordo de US$ 1,95 bilhão com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) para o fornecimento de 100 de milhões de doses de uma vacina contra o covid-19 – logo depois da aprovação ou autorização para o uso emergencial.

De acordo com o contrato, o governo norte-americano decidiu adquirir a vacina BNT162, ainda em estudo. A intenção é de fornecer a vacina gratuitamente. Após autorização do uso, o governo dos EUA poderá adquirir ainda até 500 milhões de doses adicionais, sendo 300 milhões até 2021.

“O acordo é um dos muitos passos para fornecer acesso global a vacinas seguras e eficazes para o covid-19. Também estamos em discussões avançadas com vários outros órgãos do governo e esperamos anunciar contratos de fornecimento adicionais em breve”, disse o CEO e co-fundador da BioNTech, Ugur Sahin.

Fonte: Poder360

jul
18

Dicas para amenizar efeitos do bruxismo durante a quarentena

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags ,

Com as mudanças na rotina ocasionadas pela pandemia do covid-19, o estresse e a ansiedade acentua-se como fatores prejudiciais à saúde mental da população. Um dos distúrbios gerados é o bruxismo, desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o dia ou, de forma mais recorrente, durante o sono.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 30% da população mundial sofrem desse mal. Entre os brasileiros, a incidência é ainda maior: cerca de 40%.

Quem costuma acordar com dores na mandíbula, no pescoço, na face e nas têmporas deve ficar atento: esses podem ser sinais do bruxismo de sono. O alerta também vale para pessoas que volta e meia se percebem apertando os maxilares e os dentes de forma involuntária durante o dia. Neste caso, o distúrbio é chamado de bruxismo de vigília.

Além das dores na cabeça, outros possíveis sinais do bruxismo são dificuldade de abrir a boca e estalos próximos do ouvido e nas têmporas. O efeito mais imediato do distúrbio é o desgaste do esmalte dental. Com o passar do tempo e dependendo da intensidade da pressão sobre as mandíbulas, podem ocorrer trincas e fraturas capazes de levar à perda completa dos dentes.

Em muitos casos os pacientes precisam ser encaminhados a outros especialistas para que a origem do bruxismo possa ser tratada. Na maioria das vezes, os problemas estão ligados ao estado mental do paciente, que pode precisar consultar um psiquiatra ou psicólogo. “Temos que olhar o paciente como um todo, verificando a causa do problema. Senão, vamos resolver a consequência, sem solucionar a causa. E o problema vai voltar”, explica o diretor clínico da OrthoDontic, Edmilson Pelarigo. 

O especialista também reuniu algumas dicas de hábitos saudáveis para amenizar os efeitos do distúrbio no período de quarentena. Confira:

  • Evite alimentos estimulantes: alimentos que ativam o estado de alerta do sistema nervoso central, como refrigerantes, café e chocolate, devem ser evitados;
  • Celular desligado durante a noite: na hora de ir para a cama, celular desligado. Dormir em ambiente escuro, sem barulho e sem a presença de equipamentos como televisão, celular e tablet contribui para melhorar o metabolismo e esvaziar a mente dos problemas externos;
  • Técnicas de relaxamento: consulte o dentista regularmente e faça exercícios que relaxem os músculos e maxilares. Meditação e yoga podem ajudar na redução da tensão e do estresse.
  • Placa de mordida: utilização de uma placa de mordida (foto) pode ajudar e proteger a arcada dentária durante o sono, gerando alívio de eventuais dores de cabeça matinais e, em longo prazo, preservando a integridade do esmalte dental e a saúde dentária como um todo.

Foto: OS

jul
14

Aumenta a procura por medicamentos para ansiedade e insônia

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags ,

A filial brasileira da farmacêutica sul-africana, Aspen Pharma, registrou um  aumento de quase 60% nas vendas do fitoterápico Calman, no mês de maio, se comparado ao mesmo período do ano passado.

A produção chegou a 188 mil unidades do medicamento que alivia os sintomas da irritabilidade, da ansiedade (leve a moderada) e da insônia.

Em meio ao isolamento social previsto na quarentena, os sintomas da insônia e da ansiedade têm sido cada vez mais comuns nas pessoas.

Entre os meses de abril e maio, um levantamento do Google mostrou que a palavra insônia foi a mais procurada na sua plataforma, com aumento de 130% na procura por substâncias para auxiliarem no tratamento.

jul
7

Inscrições, em alguns dias, para voluntários que queiram testar vacina contra o novo coronavírus

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

Após receber autorização da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacina da empresa chinesa Sinovac, que tem como parceiro o Instituto Butantan, começará a ser testada em 20 de julho no Brasil, inicialmente em São Paulo e, depois, em outros cinco Estados. A imunização, chamada CoronaVac, é considerada uma das mais promissoras contra o novo coronavírus.

Ao todo, 9 mil profissionais da saúde participarão dos testes, de maneira voluntária. O Butantan ficará responsável por administrar o recrutamento e lançará, ainda esta semana, um aplicativo de smartphone para inscrição. A convocação dos interessados está programada para começar em 13 de julho.

Podem se candidatar médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde que atuam ou atuaram na linha de frente da covid-19, desde que não tenham contraído o vírus. Outra restrição é que o voluntário não deve participar de outros estudos e, sendo mulher, não pode estar grávida nem planejando uma gestação nos próximos três meses. Além disso, há impossibilidade de participarem candidatos com doenças instáveis ou que precisem de medicações que alterem a resposta imune.

O estudo será randomizado, ou seja, enquanto metade do grupo recebe a dose da vacina, à outra metade é dada uma injeção com efeito placebo, a fim de conseguir mapear qual é, de fato, a eficácia da vacina. A CoronaVac foi desenvolvida a partir de cepas inativas do coronavírus.

“A aprovação do ensaio clínico de fase 3 é uma demonstração de que a parceria Butantan e Sinovac é uma colaboração eficiente para avançar, oferecendo esperança para salvar vidas em todo o mundo”, comentou o diretor do Instituto, Dimas Tadeu Covas. Se a vacina for efetiva, o país receberá da Sinovac, até o fim do ano, 60 milhões de doses para distribuição.

Fonte/Foto: DP

jun
24

Aumenta taxas de contágio do covid-19 em todos os municípios de Pernambuco

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

Todas as regiões de Pernambuco tiveram aumento na taxa de contágio do covid-19, de acordo com dados do Instituto para Redução de Riscos e Desastres (IRRD-PE). O estudo considera as 12 Gerências Regionais de Saúde, divisão do território do Estado feita pela Secretaria de Saúde.

Segundo o IRRD, a taxa-geral de contágio do covid-19 em Pernambuco está em 1.23. Isso significa que um grupo de 100 pessoas transmite a doença para 123. Esses 123 contaminam outras 146 e, assim, sucessivamente, em uma progressão geométrica.

“A taxa que a gente calcula está em 1.23. É como se fossem juros. A gente está a 23% de juros ao dia. Quando a gente compõe esse juro, a dívida fica gigante. Não é momento de relaxar“, afirmou o cientista da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Jonas Albuquerque.

Ainda mais preocupante do que a taxa global de contaminação, segundo ele, que integra o IRRD, é a situação registrada em algumas regiões de Saúde do Estado. Na Geres 1, a região de Olinda, Recife, Abreu e Lima, Paulista, Igarassu, Itamaracá, Araçoiaba e outros municípios da Região Metropolitana, a taxa de contaminação é de 1,05.

Fonte: G1

jun
24

Recife não estava pronta para relaxar medidas de distanciamento, segundo pesquisa da Universidade de Oxford

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    CategoryEm: Saúde     Tags , ,

Um estudo realizado pela Universidade de Oxford (Inglaterra), revelou que oito das principais capitais brasileiras, incluindo o Recife, não estavam prontas para flexibilizar as medidas de isolamento social.

Além do Recife, a pesquisa, publicada na última segunda-feira (22), mostra que São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Manaus (AM) e Porto Alegre (RS) “não atenderam aos critérios da OMS, embora as políticas de resposta ao covid-19 tenham reduzido a mobilidade” da população.

Realizado pela Escola de Governo da Universidade de Oxford, o estudo analisou a forma como 170 países deram respostas à pandemia do covid-19, bem como as políticas públicas implementadas, e com qual grau de rigidez, em cada um deles.

No caso do Brasil, segundo os pesquisadores, as principais deficiências foram o baixo volume de testes, ausência de um programa de rastreamento de contato para tentar conter o contágio, e falta de orientação à população caso apresentem sintomas ou tenham contato com pessoas que tiverem sintomas.

“Com os dados que coletamos, as cidades não atingiram os critérios da OMS para que a flexibilização fosse feita de forma segura”, afirma a autora e pesquisadora na Escola de Governo de Oxford, Beatriz Kira.

Fonte: DP. Foto: MarcoZero

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: