jul
29

COMERCIANTES OLINDENSES NO PREJUÍZO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

Comerciantes de Olinda têm sentido, principalmente no caixa, grande diminuição no número de clientes. Nos últimos cinco anos, proprietários de estabelecimento localizados na avenida Marcos Freire, na beira-mar, estimam que o fluxo de turistas nacionais tenha caído cerca de 40%, apesar da vocação turística que a Cidade Patrimônio Cultural da Humanidade tem. No caso dos estrangeiros, a situação é ainda mais preocupante, chegando a mais de 70% de perdas. Enquanto isso, quem tem negócios nas avenidas Governador Carlos de Lima Cavalcante e Presidente Kennedy está tendo prejuízos de até 30% no faturamento e já pensa em demitir funcionários. Os motivos apontados são a falta de segurança e iluminação, esgotos estourados, buracos e obras intermináveis da Prefeitura.


Um dos exemplos da crise financeira vivida pelo empresariado olindense é a pouca ocupação dos leitos dos hotéis, nas épocas fora do Carnaval. Segundo o proprietário de um hotel na orla, que não quis ser identificado, o estabelecimento vem amargando um declínio no faturamento de cerca de 30%. “Estamos mudando o nosso foco. Antes recebíamos famílias que passavam dias conhecendo a cidade, mas agora os poucos quartos ocupados são por pessoas que estão de passagem”, afirmou, lamentando a ocupação de 40%.

O presidente da Associação dos Bares e Restaurantes da Orla, Nerteval Santos, é proprietário há 16 anos de um restaurante na beira-mar e também nota a diminuição de 20% na clientela. “Já pedi em reuniões com o prefeito (Renildo Calheiros) maior agilidade das obras, mais iluminação e segurança, mas a Prefeitura tomou poucas atitudes concretas. As pessoas sentem medo de vir à noite”, afirmou.

Outro proprietário, que preferiu não ter o nome divulgado, falou sobre a queda no número de visitantes na orla. “Só tem turista em restaurantes que pagam para que os guias turísticos levem, mas aqui eu não trabalho dessa forma, mesmo com o número de estrangeiros tendo caído em mais de 70% nos últimos cinco anos” afirmou.

As perdas continuam nos estabelecimentos localizados nas principais avenidas de Olinda. Comerciantes das avenidas Governador Carlos de Lima Cavalcante e Presidente Kennedy, convivem com esgotos estourados e enormes buracos – problemas que afastam os clientes e geram perdas de até 30%. “Se a situação continuar como está, teremos que diminuir o nosso quadro de funcionários. Como eu posso manter uma farmácia em um lugar que sempre que chove, enche de esgoto?”, desabafou a proprietária de uma drogaria na Avenida Presidente Kennedy.

Fonte/Foto: http://www.folhape.com.br/cms/opencms/folhape/pt/economia/noticias/arqs/2013/07/0189.html

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: