dez
25

Cremepe cobra do Estado ações eficazes no combate ao covid-19

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Denuncias     Tags , ,

O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) fez uma cobrança pública ao Governo do Estado, na última terça-feira (22), ao lançar uma nota falando sobre a necessidade de mais restrições no combate ao covid-19. Na visão da instituição, as medidas adotadas pela administração estadual são insuficientes para conter o avanço da doença.

O Cremepe considera que ainda são ineficientes as medidas recentemente anunciadas pelo Governo do Estado de Pernambuco para o combate à contaminação do covid-19 e ressalta que é inadimissível o Estado ainda permitir o uso indiscriminado dos espaços públicos; a superlotação no transporte público, a falta de fiscalização adequada do uso obrigatório de máscaras e do distanciamento das pessoas e a superlotação de serviços públicos de saúde.

Também critica a permissão para reuniões, comemorações, festividades, bem como a frequência de bares e restaurantes, com elevado número de pessoas, propiciando as inevitáveis aglomerações e contaminações.

“No enfrentamento do Novo Coronavírus, não bastam apenas abertura de novos leitos de UTI e Enfermarias. Faz-se necessária uma abordagem baseada em um modelo que vise minimizar de forma efetiva a circulação do vírus até a plena imunização populacional”, critica e sugere a adoção imediata de medidas drásticas de enfrentamento, entre elas o ajustamento do plano de convivência com o Novo Coronavírus, para uma fase mais compatível com a expectativa do aumento de casos que se vislumbra.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: