mar
27

FEIRA DE PEIXINHOS: 64 ANOS E NENHUMA INFRAESTRUTURA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

Fundada no ano de 1949, a feira de Peixinhos, em Olinda, completa, agora, 64 anos. E, apesar de todo esse tempo, ainda não conta com infraestrutura adequada para o seu funcionamento e atendimento aos frequentadores.

Os feirantes e consumidores reclamam constantemente dos problemas e comentam que ao longo do tempo a Prefeitura de Olinda nunca se interessou em investir em obras de infraestrutura para melhorar as condições do comércio de alimentos e de outros produtos comercializados naquela feira, que começa no início da tarde de sábado e segue até o final da manhã do domingo.

Já ocorreram várias tentativas para organizar a feira de Peixinhos, mas nada prosperou. Durante a administração da ex-prefeita Jacilda Urquisa (PMDB) a feira foi transferida para a localidade comnhecida como Areal, mas depois disso nada melhorou, durante as gesgtões dos comunistas Luciana Santos e Renildo Calheiros. “Eles só apareceram aqui no período das eleições, para pedir votos”, garantiu um grupo de feirantes revoltado.

Hoje, a feira encontra-se abandonada. Moradores do entorno e consumidores reclamam da buraqueira nas ruas, que alagam rapidamente nos dias de chuva; falta de sanitários públicos, do lixo amontoado por conta da falta de varrição e coleta,  e segurança para os feirantes e os frequentadores. Os furtos e assaltos são frequentes no local, que também sofre com a iluminação precária, fiação elétrica desencapados trazendo perigo à população.

Fonte/Foto: Jornal Sem Censura/JSC

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: