maio
31

HOJE É O DIA DE COMBATE AO TABAGISMO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags


Uma das principais causas do câncer de pulmão, o tabagismo é responsável por cerca de 90% dos casos de aproximadamente 50 doenças. Considerada pela comunidade médica como uma doença gravíssima, ela atinge cerca de 1,3 bilhão de pessoas em todo o mundo, sendo 25 milhões somente no Brasil. Este número representa mais de 15 bilhões de cigarros consumidos diariamente.
A cada hora, 23 pessoas morrem vítimas de doenças associadas ao cigarro no Brasil. São mais de 200 mil mortes por ano. Nesta sexta-feira (31), Dia Mundial Sem Tabaco, o desejo e a luta do País é que essa quantidade de fumantes diminua, evitando assim, que mais pessoas morram vítimas das enfermidades. Doenças coronarianas, infarto, bronquite, enfisema e o próprio câncer são algumas das enfermidades associadas ao fumo. Pelo menos, são 14 tipos de câncer causados pelo tabagismo.
Quem não fuma, mas convive com um fumante, também não escapa das doenças. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), ao menos oito brasileiros morrem por doenças adquiridas pela exposição passiva à fumaça do tabaco, cuja maioria dos casos, cerca de 60% são mulheres. O risco para essas pessoas são potencializadas e a fumaça de dióxido de carbono inalada causa doenças graves também.
No mês de abril, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou uma portaria que ampliava, em cerca de 10 vezes, o acesso ao tratamento contra o fumo, com unidades e serviços no Serviço Único de Saúde (SUS). O tratamento inclui consultas psicológicas, medicamentos, prevenção e atendimento educativo e terapêutico. A ideia é que todos os estados e municípios invistam e aumentem o número de unidades de atendimento no Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) e que abriguem o tratamento do álcool e das drogas ilícitas.
“A Organização Mundial de Saúde (OMS) e o próprio Ministério da Saúde já reconhecem que o fumante passivo também se torna usuário por conta da fumaça inalada e dos sérios riscos que sofrem. O ativo sofre duas vezes, porque inala a fumaça e absorve as substâncias do cigarro”, informa a especialista em tabagismo, Izabel Cristina. Ainda de acordo com ela, o cigarro foi o caminho inicial para todos os dependentes de drogas ilícitas. “O cigarro foi a droga inicial de todas as outras. Do usuário de maconha ao do pó (cocaína), inicialmente, eles consumiram o cigarro e ainda consomem para diminuir a fissura que sentem”, destacou a especialista.
Atualmente, três mil unidades e serviços do SUS oferecem o tratamento. A ideia visa aumentar para 30 mil a quantidade de CAPS para atingir cerca de cinco mil municípios do país. A habilitação dos serviços ocorrerá por meio do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ), do Ministério da Saúde. A meta é reduzir de 15% para 9% a proporção de fumantes na população adulta até 2022.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: