out
2

JOGADAS DECISIVAS NO XADREZ POLÍTICO PARA AS ELEIÇÕES DE 2014

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

Alexandre Acioli

Os próximos três dias e algumas horas que restam até às 23h59 do dia 05 de outubro são decisivos para os partidos políticos, parlamentares que tentarão a reeleição e pré-candidatos que sonham em disputar um mandato nas eleições de 2014. Esse é o (minúsculo) tempo das articulações e das jogadas políticas. É nesta semana que tudo (ou quase tudo) se define para o pleito do próximo ano, é o tempo do jogo das cadeiras, das trocas partidárias e dos rompimentos.

É um tempo de muito mistério e de especulações. As barganhas, assim como as ofertas, são muitas. Nesse tempinho, portas podem se abrir e janelas podem ser fechadas. O PSB, por exemplo, entregou os cargos no Governo Federal para que o seu presidente nacional, Eduardo Campos, possa circular livremente e articular a sua candidatura à presidência da República. Mas como ficarão as administrações petistas que contam com a participação do PSB – e o contrário – só saberemos a partir de domingo (06).

A ex-senadora Marina Silva ainda está à espera que o TSE se posicione favoravelmente às assinaturas que possibilitem atingir o número mínimo de certidões validadas exigidas pela Justiça Eleitoral para a criação do seu partido, o Rede Sustentabilidade. Como e com que intensidade o TSE vai bater o martelo? As horas e minutos que restam são de expectativas. E se o Rede não for criado? Será que Marina procurará abrigo em alguma legenda para concorrer em 2014? Quem souber, responda! 

Nesse processo de mudanças e danças de cadeiras vale tudo. O federal Augusto Coutinho deixou o DEM para assumir o comando do novo Solidariedade em Pernambuco. O prefeito de Limoeiro, Ricardo Teobaldo pulou do muro tucano para a árvore do PTB, onde também se abrigou o ex-vereador petista Josenildo Sinésio. O deputado estadual André Campos trocou o PT pelo PSB. Os petebistas Clodoaldo Magalhães e Marcantônio Dourado também pularam para o PSB; o Pastor Cleiton Collins desembarca do PSC e toma o bonde do PP. E tudo indica que o federal Silvio Costa deve deixar a legenda trabalhista para tomar conta do PSC… e amarrá-lo ao projeto majoritário do PTB.


Por enquanto tudo ainda continua envolto em mistério. Do lado do PSB, ninguém sabe quem será candidato a governador, nem com o apoio de quem e de quais legendas. Fernando Bezerra entregou o Ministério da Integração, mas não tem clareza do seu futuro. O PT ainda está à deriva e ninguém sabe se terá ou não candidato ao governo. Desvendada, por enquanto, só a posição do senador Armando Monteiro Neto, que será candidato ao Governo do Estado, com ou sem o apoio de Eduardo Campos. Aliás, em pesquisas recentes, do Instituto Opinião, ele aparece na dianteira com 30% de intenções de votos. 

E como andam as articulações do PMDB? Silencioso! Hoje os peemedebistas pernambucanos fazem oposição ao Governo Federal e apoia o governo estadual do PSB. Por enquanto Jarbas Vasconcelos é candidato à reeleição ao Senado. E se Eduardo desistir da candidatura à presidência e optar pela disputa ao Senado, a situação de Jarbas muda? Ele rompe com o PSB e volta para a oposição estadual?

Está tudo muito confuso e o enigma permanecerá até as últimas horas de sábado. As horas que faltam até às 23h59 do dia 05 de outubro são cruciais. E ninguém quer morrer na praia. Esperemos, pois! Talvez na próxima segunda-feira (07), já saibamos como estará o novo caldeirão político para 2014.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: