mar
23

‘JORNAL SEM CENSURA’ DENUNCIA DESCASO COM A AVENIDA PRESIDENTE KENNEDY

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Olinda, Trânsito     Tags

O jornalista Jota Neto, editor do Jornal Sem Censura, publicou matéria denunciando o descaso do governo do Estado de Pernambuco e da Prefeitura com a Av. Presidente Kennedy, uma das principais da cidade de Olinda. Segundo ele, a população olindense tem presenciado vários acidentes com mortes. Foram contabilizadas, até o fechamento da edição impressa do mês de março do jornal, mais de 50 mortes.

Segundo o jornalista, só neste mês uma senhora e uma jovem perderam suas vidas em acidentes que ocorreram na avenida. Ele buscou a opinião dos moradores da região e a insatisfação é grande: muitos culpam a construção equivocada das paradas de ônibus como principal causa dos acidentes. Mas há quem culpe também os buracos; o lixo; a falta de iluminação, que colabora para o grande número de assaltos; e o desordenamento do trânsito, onde pedestres, motos e automóveis se envolvem numa grande confusão.

808_519641491494419_7084147648793689263_n

Foto: Jota Neto/Jornal Sem Censura

A equipe de reportagem do Jornal Sem Censura foi convidada pela comunidade e comerciantes para circular pela avenida.  Com 5 km extensão, ela possui 16 paradas de ônibus com desvios no seu trajeto. Como quase não existem calçadas para o estacionamento de veículo, os comerciantes amargam os prejuízos, e muitas lojas fecharam suas portas. Para muitos, a Avenida Presidente Kennedy parece um deserto.

Leia na íntegra da denúncia do Jornal Sem Censura:

http://jornalsemcensura.blogspot.com.br/

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: