jun
6

MAIS TRÊS MULHERES NA "MIRA" DE CANIBAIS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

Pelo menos três mulheres seriam vítimas do trio de canibais Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, a esposa dele, Isabel Cristina Pires da Silveira, e a amante Bruna Cristina Oliveira da Silva. A descoberta dos crimes, que seriam praticados contra Pâmela Costa da Silva, 19, Iolanda Batista Domingo, 23, e Maria Carolina Lucena, 29, se deu no decorrer das investigações da Polícia Civil sobre os homicídios praticados pelos acusados em Pernambuco. Ao todo, três crimes foram confirmados, sendo dois em Garanhuns, no Agreste, cujas vítimas foram identificadas por Alexandra da Silva Falcão, 20, e Giselly Helena da Silva, 31, e o outro em Olinda, tendo com vítima Jéssica Camila da Silva Pereira, 17.

Ontem, ao apresentar a conclusão do inquérito policial, o titular da Delegacia do Varadouro (Olinda), Paulo Berenguer, detalhou como Jorge, Isabel e Bruna chegaram ao nome das três mulheres que poderiam ser as próximas vítimas. Como parte da seita “Cartel”, criada por Jorge, as mortes serviriam para purificar o mundo e fazer o controle populacional. Das três possíveis vítimas, Pâmela e Iolanda chegaram a ter contato com o trio canibal. Pâmela e Maria Carolina residiam em Garanhuns. Já Iolanda morava na comunidade do V-8, no Varadouro – Olinda. Todas estão vivas.

Segundo o delegado Paulo Berenguer, Bruna relatou, em depoimento, como se deu os contatos com as mulheres. “Bruna disse que teve contato com a Pâmela duas vezes no centro de Garanhuns. Já Iolanda foi convidada para tomar conta da filha de Jéssica – a menina foi criada pelo trio após a mãe dela ser morta, em 2008. Na ocasião, os acusados pegaram a identidade dela (Iolanda) alegando que iriam registrá-la, mas não devolveram o documento. As duas foram atraídas com a pro­messa de emprego de doméstica. Já Maria Carolina não teve nenhum contato com eles. A identidade dela foi adquirida por Bruna numa casa lotérica em Garanhuns. O documento estava pendurado na cabine onde ficam os documentos perdidos. Ela (Bru­na) informou para a caixa da Casa Lotérica que conhecia Ma­ria Carolina e iria entregá-la”, revelou o policial.

Ainda ontem, Paulo Berenguer concluiu que Jorge, Isabel e Bruna foram os autores do assassinato de Jéssica Camila. O crime aconteceu no ano de 2008, no bairro de Rio Doce, em Olinda. A identidade da vítima foi confirmada pela perita criminal do Instituto de Criminalística (IC), Sandra Santos. “Chegamos ao resultado após coletarmos amostras da falange de Jéssica e realizarmos a extração do DNA. Com isso, comparamos com o material coletado do seu suposto pai, o que resultou na identificação de Jéssica. Não há dúvidas que a vítima de Olinda era ela”, explicou a profissional.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: