ago
15

O G-6 ESTÁ ACABANDO OU HOUVE APENAS UM DESEMBARQUE?

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

Jadson Nunes

Quem poderia imaginar que a independência de alguns membros do legislativo municipal seria tão ínfima e de caráter popularesco. O G-6 surgiu num momento em que a população da cidade de Olinda via seus anseios sufocados pela barganha política entre o chefe do Executivo e a maioria da Câmara Municipal. Diante disso, alguns membros da Casa de Bernardo Vieira de Melo se juntaram para pressionar a gestão por melhorias para a população, como também vetar alguns projetos de interesse exclusivo da administração. 

No entanto, pouco resultado foi obtido. Mesmo diante da pressão do G-6 e da sociedade, sempre foi dada a mesma resposta aos questionamentos e solicitações: Silêncio. Nada. Nenhuma declaração. 

A situação se agravou ainda mais, quando, de maneira inédita nos últimos 20 anos de história do parlamento em Olinda, houve a renúncia da 1ª Secretaria, por um membro da Mesa Diretora. A crise se instaura na Câmara de Olinda, que ainda não consegue encontrar um “maestro” para orquestrar um diálogo eficiente entre os pares e cobrar com veemência as demandas da população e os projetos dos vereadores.

Anteontem (13), houve uma prova tácita da falta de lealdade e compromisso com os reais interesses da comunidade, quando alguns membros do G-6 divergiram na eleição do 1º Secretário do legislativo. Se num grupo pequeno de aliados, que se dizem independentes pelas lutas da comunidade e como fiscais do executivo, não há consenso, quanto mais nas outras matérias da cidade que necessitam de maioria?

Com ar de reprovação e indignação o vereador Riquinho se retirou do plenário muito abalado e declarou: “Não sou oposição, nem situação ao Governo. Estou aqui porque o povo da minha cidade confiou no meu trabalho e me trouxe aqui para representá-lo por melhorias para as nossas comunidades. O que não posso aceitar é ser submisso a certas ações e manobras de Governo que fragilizam a nossa autonomia dentro desta Casa. Não há o menor sentido continuar com o G-6. Acredito que o verdadeiro sentido do grupo se perdeu, além do mais temos na Casa, uma oposição de fachada, que se rende aos caprichos da Prefeitura.”

Com isso, o G-6 perde um membro importante para cobrar do Executivo. Então, já não é mais G-6. Até que haja mais algum pronunciamento, agora podemos considerar como G-5.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: