maio
23

ORGANIZAÇÕES SOCIAIS FAZEM DIAGNÓSTICO DE SUSTENTABILIDADE

AuthorPostado por: Paulo Fernando    Category Em: Sem categoria     Tags

Um diagnóstico de como estão praticando as diferentes dimensões da sustentabilidade foi realizado pelas organizações sociais que participaram, em Olinda, do IV Encontro de Acompanhamento e Formação do Programa pela Educação Integral, do Fundo Juntos pela Educação. O Encontro terminou ontem (22), no Hotel Sete Colinas. 

O modelo de diagnóstico proposto pelo sociólogo Domingos Armani considera vários aspectos relacionados às dimensões sociopolítica, técnico-gerencial e financeira da sustentabilidade de organizações sociais. As organizações foram estimuladas a uma auto-avaliação, dando notas de 1 a 5 para cada um dos aspectos da sustentabilidade. 

No eixo de sustentabilidade sociopolítica, o diagnóstico indaga sobre questões como a consistência e clareza de identidade da organização, a qualidade do envolvimento dos associados, o modelo de gestão, a estratégia de ação, a participação em conselhos de políticas públicas e em fóruns e redes da sociedade civil. Como a organização participa em ações intersetoriais conjuntas e como comunica suas ações para a sociedade são outras questões colocadas às organizações.

No eixo técnico-gerencial, as organizações sociais foram questionadas sobre a sua metodologia de trabalho, o seu planejamento, o monitoramento das ações, a avaliação do trabalho, como a organização procura alcançar os objetivos e resultados, como produz e sistematiza conhecimento, como presta contas e dá transparência a essa prestação de contas.

Em termos da dimensão financeira da sustentabilidade, as organizações sociais foram incentivadas a avaliar o volume de recursos financeiros mobilizados anualmente, se há uma diversificação de fontes de recursos, o grau de independência financeira da organização, a sua capacidade pra mobilizar e gerir recursos públicos, a capacidade de gerar recursos próprios, de mobilizar recursos do setor empresarial, sobre um fundo de reserva, a política de sustentabilidade ou plano de mobilização de recursos e como avalia o sistema de planejamento e gestão administrativa, financeira e contábil. 

Através deste diagnóstico as organizações puderam identificar quais das dimensões de sua sustentabilidade, no momento atual, necessitam de maior atenção, e com isso possam elaborar um Plano de Ação a ser desenvolvido no segundo semestre deste ano, visando fortalecê-las.

O Fundo Juntos pela Educação é constituído pelo Instituto Arcor Brasil e Instituto C&A. O Programa pela Educação Integral apoia sete projetos em Pernambuco e Ceará. Cada projeto está baseado em uma rede composta por escolas públicas, organizações sociais e outros serviços públicos. São redes formadas para promover o desenvolvimento integral, através de oportunidades educativas que abordem todas as dimensões, de crianças, adolescentes e jovens destas comunidades.

Em Pernambuco, são apoiados os projetos Solidariedarte, em Igarassu; Brincando com os Sons, em Olinda; e Construindo saberes e direitos através da Educação Integral, em Recife. No Ceará, o Fundo Juntos pela Educação apoia os projetos Nossas Histórias, em Fortaleza; Ecomuseu de Maranguape, no município do mesmo nome; e Hora do Jogo e Caldeirão das Artes, em Horizonte.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: