out
27

Ouro Preto: mais de uma dezena de candidatos a vereadores

AuthorPostado por: Acioli Alexandre    Category Em: Olinda     Tags , ,

O bairro de Ouro Preto está entre os cinco mais populosos de Olinda. São pouco mais de 40 mil habitantes, quantidade suficiente para eleger quatro vereadores. Mas o bairro tem apenas um: o Professor Marcelo Melo (Solidariedade), eleito em 2016. Para as eleições 2020, há pelo menos duas dezenas de candidatos, muitos já testados nas urnas. Outros, não.

Entre os mais conhecidos estão o veterano “Tostão de Olinda” (PMB), que vai para a disputa pela sexta vez; e o próprio Professor Marcelo Melo, que disputará a reeleição. O OLINDA HOJE procurou levantar informações com alguns candidatos, mas muitos não deram retorno, nem via email, whatsapp ou MSN.

Além dos dois nomes já citados, também estão na disputa Ana Santana (PT), Igor Belchior (PSB), Sardinha (PSD), Pastor Alexandre Ferreira (PL), que em 2016 disputou com o nome de “Evangelista Alexandre”; Delson do Plano de Saúde (PL), Gugu (PMB), Alexandre Miranda (PT), Robson de Paula (PDT), Leda Santos (Democracia Cristã), Bruno Silva (Avante), Batata Jogador (PDT) e Napoleão Assunção (PT). Alguns com chances de eleição, dependendo, além da votação obtida, do coeficiente eleitoral.

Conheça alguns deles:

Tostão – O funcionário público federal Ademilson Torres “Tostão de Olinda” (PMB) já participou de cinco eleições, por partidos diferentes. A cada disputa vem aumentando o número de votos conquistados. A primeira eleição disputada por “Tostão” foi 28 anos atrás, em 1992, pelo PSB. Naquele ano, ele não foi às ruas fazer campanha e na abertura das urnas lá estavam 381 votos. Só voltou a concorrer em 2004, pelo PT. Obteve 691 votos. Na eleição de 2008 ele estava no PMN e conquistou 954 votos. Na eleição de 2012 foi  quando chegou mais perto de conquistar uma cadeira na Casa Bernardo Viera de Melo. Candidatou-se pelo extinto PHS e obteve 1.549 votos. Em 2016 disputou pelo PTC e obteve 1.119 votos.  

Professor Marcelo Melo – Disputou a sua primeira eleição em 2008, pelo PSL. Obteve 2.454 votos e ficou na primeira suplência. Migrou para o PTB e em 2012 voltou a disputar uma vaga na Câmara de Vereadores. Foi o sexto mais votado do município (3.930 votos) e mesmo assim, por conta da coligação/coeficiente eleitoral, amargou a suplência. Em 2016, foi o segundo mais votado, com  4.506. Na Câmara, assumiu nos dois primeiros anos (2017/2018) a liderança do Governo Lupércio. Disputará a reeleição pelo Solidariedade. Marcelo tem forte atuação na área social, com atenção especial à terceira idade, atividades esportivas e qualificação profissional.

Napoleão Assunção – É trabalhador da cultura há 25 anos, como técnico de espetáculo musical (roadie), diretor de palco e produtor cultural. É comunicador popular, idealizador do “No PE do Ouvido” e militante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Defende o incentivo às rádios comunitárias e que a comunicação seja uma política pública municipal. Na Câmara, pretende apresentar leis de incentivo à agroecologia urbana, a organização de mercados públicos de produtos agroecológicos, implantação de ciclovias nos bairros olindenses e a valorização dos trabalhadores da área da cultura.

Sardinha – Disputará uma vaga na Câmara de Vereador de Olinda pelo PSD. Em 2016 concorreu pelo PCdoB e obteve 1.249 votos. Em 2008, concorreu pelo PRTB e conquistou 1.067 votos. Ocupou cargos comissionados nas duas gestões de Luciana Santos (PCdoB) à frente da Prefeitura, na Secretaria de Obras, onde executou trabalhos de limpeza urbana e obras. Também ocupou cargo na gestão do Professor Lupércio (Solidariedade). Identifica-se como “militante político” desde 1995. 

Igor Belchior – É professor de História. Militante do Movimento Popular Socialista (MPS) e filiado ao PSB. Entrou na disputa pela primeira vez em 2016 e obteve 385 votos. Na sua plataforma de campanha constam como propostas a criação de uma Fundação de Cultura exclusivamente voltada à cultura popular; defesa do ensino integral na rede municipal de Educação; edefesa de instalação de bibliotecas públicas nos bairros com acima de 30 mil moradores. Belchior também vai trabalhar na defesa do rio Beberibe, criação de monitoramento dos serviços públicos na orla olindense; lei de incentivo aos campos de várzea da cidade; criação da Ouvidoria dos movimentos sociais e da sociedade civil. Defenderá a implantação de ciclovias em toda a cidade.

Pastor Alexandre Ferreira (PL) – Residente no bairro há mais de 40 anos. É comerciante estabelecido com uma loja de miudezas no Centro Comercial de Ouro Preto. Na eleição de 2016 registrou como Evangelista Alexandre e disputou pelo PSD. Obteve 1.336 votos.

Ana Santana (PT) – Disputa vaga para a Câmara de Vereadores há 20 anos, desde as eleições de 2000 (2000, 2004, 2008, 2012 e 2016). Mas, diferentemente dos demais candidatos, só concorreu pelo Partido dos Trabalhadores. Ana Santana é professora e militante dos movimentos sociais.

Gugu (Augusto Gomes da Silva) – Está filiado ao PMB. Das cinco eleições que disputou, desde o ano 2000, cada uma delas foi por um partido diferente: em 2000, pelo PTdoB (agora Avante); em 2004, pelo extinto Partido dos Aposentados da Nação (PAN); em 2008, pelo PMN; em 2012, pelo extinto PHS (incorporado ao Podemos); e em 2016, pelo PSD.

Envie um comentário

Carnaval 2020

Está chegando o Sábado de Carnaval22 de fevereiro de 2020
O grande dia está aqui.

Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 613 outros assinantes

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog:

Olinda Hoje

%d blogueiros gostam disto: