jan
17

CEROULA COMEMORA 47 ANOS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Para amanhã (18), a Troça Carnavalesca Ceroula de Olinda vai reunir sócios, foliões e simpatizantes no Clube Atlântico, no Carmo, para comemorar os seus 47 anos de fundação.
A festa começará a partir das 13h e entre as atrações estão a Escola de Samba Deixa Falar (Bateria Nota 10 do Carnaval 2008), o grupo Trepidantes e o cantor André Rio, que será acompanhado por uma orquestra de frevo regida pelo Maestro Oséas.
A saída da troça pelas ruas do Sítio Histórico de Olinda está marcada para às 18h.
jan
17

PRÉVIAS: FISCALIZAÇÃO REFORÇADA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A partir deste final de semana, a Prefeitura de Olinda colocará nas ruas do Sítio Histórico, onde ocorrem as prévias para o carnaval, um reforço de mais de cem fiscais para atuar no ordenamento do comércio ambulante e do trânsito. Irão vigorar as mesmas regras dos anos anteriores: nada de caixas de isopor, carros-de-mão, botijões de gás ou fogareiros nas calçadas. Também não poderão ser comercializadas bebidas em garrafas de vidro.
Para os visitantes desavisados que quiserem entrar no Sítio Histórico com garrafas de bebida, a Prefeitura montou seis pontos de bloqueio para fazer a troca do recipiente de vidro por um de plástico. Os bloqueios também irão verificar os veículos de carga.
O controle sobre o acesso de veículos e estacionamento na Cidade Alta receberá o reforço de 32 agentes, além dos 14 que já atuam normalmente.
O reforço também ocorrerá no quesito prevenção e segurança, com o aumento nas equipes de policiais militares (60 homens), e guardas municipais (10). Três ambulâncias estarão a serviço dos foliões que, no percurso dos desfiles, encontrarão 34 banheiros químicos espalhados pelo Sítio Histórico.
jan
17

UMA RUA DOENTE HÁ MAIS DE 10 ANOS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Há mais de sete anos morando na Rua Nelson Guedes da Silva, no Varadouro, vivo a expectativa de ver a rua saneada. Conhecida como “Beco do Lixo”, tem um homônimo mais adequado para ela: “Beco do Cocô”. Parece algo agressivo! Mas é a pura verdade .
Tem metade da rua com saneamento ligado à Avenida Joaquim Nabuco e o sistema elevatório V-8. Quando a bomba quebra o esgoto sanitário retorna e a rua se enche de fezes.
Quando participei de algumas reuniões do Prometrópole em Pernambuco, fiquei sabendo que a nossa comunidade seria contemplada com saneamento básico e receberia calçamento. Esperamos muito e perdemos alguns amigos com leptospirose, devido às piscinas naturais que se formavam com qualquer chuvinha que caia. Durante o inverno, forma-se um lago, as casas são invadidas pela água e, ‘com certa regularidade’, a bomba do sistema elevatório do V-8 desaparece ou quebra.
Sem a bomba, ocorre o retorno de fezes pelos bueiros, misturando-se às águas pluviais represadas pelos constantes aterramentos irregulares no final da rua, a ponto de inverter o nível da rua em mais de 70 centímetros.
Com a chegada do Prometrópole foi objetivado um novo saneamento para toda a rua, mas não o fizeram. Mantiveram o fluxo dos dejetos no mesmo sentido, ficando a comunidade à mercê da bomba elevatória. Bomba quebrada é sinônimo de fezes. Pior: as obras da rua deveriam ter sido concluídas no dia 23 de dezembro do ano passado. Estamos em meados de janeiro de 2009 e desde o Natal as obras estão paradas. Os carros estão atolando, os muros das casas rachados, a rua cheia de fezes e o inverno chegando. A quem reclamar, a Osama Bin Laden?
Alfredo Luiz e Silva da Silva (Dr. Fred)
jan
17

O CIRURGIÃO E O ENGENHEIRO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A engenheira do Prometrópole nos informou que não existe mais dinheiro para concluir a obra da Rua Nelson Guedes da Silva, no Varadouro, e que provavelmente o restante do serviço não será executado. Ironia?
Eu, na condição de médico, fiz a seguinte analogia:
– Você agora é minha paciente. Está com febre e dor abdominal (na fossa ilíaca direita). Meu diagnóstico é de apendicite. Acreditei na sua história, vi as fotografias, abri a sua barriga e disse: daqui a 60 dias eu arranco seu apêndice, lavo seu peritônio e costuro sua barriga (tiro o calçamento, deixo aberto, depois dos estragos e seqüelas irreversíveis coloco o saneamento e faço o calçamento).
Diz o velho adágio popular: “Pimenta no ânus dos outros e refrescante”.
Ao que me parece a Secretaria de Obras e Serviços Públicos de Olinda ainda está em pleno réveillon e a Secretaria de Saúde continua na UTI. A Vigilância Sanitária limita-se a prender os pobres cães, deserdados pela vida. Esqueceram-se dos cidadãos e acostumaram-se a dormir sem procurar saber quantos e quais são os óbitos na cidade, como vivem as famílias. Na nossa comunidade (Rua Nelson Guedes da Silva) ocorreram três óbitos por conta da leptospirose. Outra vítima teve mais sorte e se salvou.
O prefeito, secretários, diretores, gerentes e assessores municipais precisam saber que Olinda não é só cidade alta. Vale lembrar que o inverno está chegando e o lixo está nas ruas e nos canais, as canaletas estão entupidas, as barreiras precisando de tratamento. As áreas de risco são muitas, mas a Prefeitura de Olinda continua dormindo.
Alfredo Luiz e Silva da Silva (Dr. Fred)
jan
17

OLINDA FORA DA COPA DO MUNDO DE 2014

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Espaço para a construção de um estádio de futebol em Olinda foi preterido para o projeto “PE na Copa”.
O governador Eduardo Campos, que fez o anúncio da área escolhida na tarde da última quinta-feira (15), explicou que a retirada de várias famílias que atualmente ocupam a área em Olinda e o tipo do solo foram os fatores que pesaram na escolha do Governo. “O terreno onde seria locada a Arena possui 1.200 famílias e empreendimentos comerciais instalados e há uma litigância entre esses e o proprietário do terreno. O tipo de solo também indicava gastos e não tem previsão, nem no Orçamento da União, nem do PAC, nem do Orçamento do Estado, nem das condições fiscais do município para esse tipo de investimento”, lembrou o governador.
Eduardo Campos explicou que a orientação era de que o local escolhido fosse o que facilitasse do ponto de vista de aprovação dos projetos executivos, das licenças ambientais, de mobilidade e da infraestrutura da cidade. Esses critérios fizeram com que o grupo de trabalho concluísse na última terça-feira (13), pela opção do terreno próximo ao Terminal Integrado de Passageiros (TIP), localizado no município de São Lourenço da Mata.

jan
17

O NOVO ESTÁDIO PARA A COPA 2014

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O projeto não é apenas de uma arena de futebol. Envolve investimentos em habitação, transporte, segurança e geração de empregos. Reivindicações cotidianas em todas as cidades do estado. Não na Cidade da Copa. Um “município” moderno, ainda imaginário, que tem o objetivo de colocar Pernambuco na rota da Copa do Mundo 2014.
Apresentada na tarde da última quinta-feira (15), a iniciativa prevê investimento de R$ 1,5 bilhão, recursos oriundos de Parceria Público-Privada.

No resumo do Caderno de Encargos remetido à Fifa, o governador Eduardo Campos e a equipe responsável justificaram a escolha pelo terreno de 270 hectares em São Lourenço da Mata. Mais até, explicaram porque Olinda acabou preterida.
O receio de que a candidatura da Cidade Patrimônio naufragasse diante das exigências da Fifa ou por causa do embargo das obras foi escalado como argumento principal. O alto custo para a adequação do terreno, inviável ao orçamento público, também foi citado. “A gente não podia correr o risco de ficar de fora da Copa. Agora, se Olinda for o aceito, vamos estar lá como parceiros”, disse o governador.
Após apresentar as deficiências das outras localidades estudadas, o governador exaltou a “perfeição” do terreno escolhido para a construção da Cidade da Copa. Entraram em campo a facilidade em livrar o terreno das 50 invasões ilegais existentes no local e a viabilidade na elaboração de um sistema de transporte eficaz. O melhor: sem a previsão de afetar os cofres do Estado.
A matemática é teoricamente simples. A construção das nove mil unidades habitacionais (destinadas às classes B e C), toda a estrutura de apoio, incluindo centros comerciais e administrativos, e a arena serão contrapartida da iniciativa privada. Os demais investimentos estão assegurados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, como a duplicação da BR-408, a estação de metrô Cosme e Damião, ou têm orçamento já estabelecido, como a construção do Sistema Estrutural Integrado (SEI), fruto de emendas parlamentares.
Para evitar um desgaste com Olinda, Eduardo Campos enviou consulta na última segunda-feira (12) à Fifa sobre a possibilidade de apresentar duas propostas de sede, colocando São Lourenço como principal. Não recebeu resposta até a quinta-feira (15), data limite para envio do Caderno de Intenções, e preferiu não arriscar. “A gente não podia correr o risco de ficar de fora da Copa do Mundo”, disse.
O assessor técnico especial da Prefeitura de Olinda, Osvaldo Lima Neto, assegurou que a cidade enviou a sua proposta para ser uma das subsedes da Copa do Mundo. O projeto é o mesmo apresentado logo após a confirmação do Brasil como sede do Mundial 2014 e está orçado em R$ 350 milhões. “O nosso projeto é viável. Nossa esperança é continuar como alternativa, já que o projeto do Estado tem fragilidades, sendo a principal a distância do estádio para o centro da cidade”, apontou.

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/2009/01/16/esportes1_0.asp
jan
14

BEBIDA NOS ESTÁDIOS: JUSTIÇA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O deputado estadual Alberto Feitosa (PR) tem audiência marcada para às 13h30 de hoje (14), com o promotor do Juizado do Torcedor do Ministério Público de Pernambuco, Agnaldo Fenelon. Vai discutir com ele a decisão da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) de liberar a venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol durante o campeonato pernambucano.
Na opinião do parlamentar, que é vice-líder do Governo na Assembléia Legislativa de Pernambuco, a decisão da Federação é “um retrocesso”. Ele está se preparando para ingressar na Justiça com uma ação civil pública contra a decisão da FPF.
jan
14

COMEÇA ENTREGA DE CARNÊS DO IPTU

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A Prefeitura de Olinda iniciou ontem (13), a distribuição dos cerca de 110 mil carnês do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). Este ano o tributo vem com reajuste de 6,41% em relação a 2008. A expectativa da PMO é arrecadar cerca de R$ 11 milhões com o imposto.
O pagamento do IPTU poderá ser feito em cota única, com vencimento no dia 11 de fevereiro, ou parcelado em dez vezes, com vencimento da primeira parcela na mesma data. Os contribuintes que estiverem em dia com a Fazenda Municipal até o dia 30 de novembro de 2008 e optarem pelo pagamento da cota única receberão descontos de 30% sobre o valor do IPTU. Para o pagamento parcelado a bonificação será de 10%.

Quem não receber o documento dentro de um prazo de dez dias deverá retirá-lo na Secretaria da Fazenda e da Administração, localizada na Avenida Santos Dumont, nº 177, Varadouro, ou baixá-lo pela internet no portal www.sefad.olinda.pe.gov.br. No caso de dúvidas, o contribuinte deverá ligar para o telefone: 81. 3429.8000.
jan
14

CADASTRO CULTURAL DAS AGREMIAÇÕES

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A Secretaria do Patrimônio e Cultura de Olinda (Sepac) está convocando as agremiações carnavalescas que desfilam no Carnaval da cidade para realizarem o Cadastro Cultural, que é uma determinação do Sistema Municipal de Cultura e pré-requisito para os que pretendem concorrer aos editais e ter acesso aos recursos do Fundo Municipal de Cultura.
O Cadastro também será usado como base de dados para os grupos que se apresentam na festa de Momo. O cadastramento pode ser realizado na Secretaria de Cultura, n Rua de São Bento, das 9h às 17h.
jan
14

‘SE BOLE’ RETOMA ATIVIDADES

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O programa ‘Se Bole Olinda’, da Secretaria de Saúde da cidade, retoma as atividades na próxima semana. Todas as segundas, quartas e sextas-feiras, às 7h e 16h, o Parque do Carmo será palco para as aulas gratuitas de ginástica. Às terças e quintas, nos mesmos horários, a pedida é o tai chi chuan. O ‘Se Bole Olinda’ tem o objetivo de promover qualidade de vida, buscando a adoção de uma cultura de paz em espaços públicos, através de atividades físicas orientadas por profissionais capacitados.

Fonte: http://www.olinda.pe.gov.br/portal/noticias.php?cod=2519
jan
14

BICA DOS QUATRO CANTOS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Continua a buraqueira na Rua Bica dos Quatro Cantos, no Amparo. Há pouco mais de sete meses, o calçamento cedeu em algumas partes devido a um vazamento de um cano da Compesa.
A empresa fez o serviço de reparo na encanação mas deixou a rua esburacada. A Prefeitura, que deveria consertar o calçamento, ainda não fez a sua parte.
Os moradores também reclamam da pouca atenção dada à rua pelo serviço de limpeza urbana da cidade.
jan
14
jan
14

SÍTIO DE “SEU REIS” NO ESCURO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Sem categoria     Tags

De quem é a responsabilidade pela iluminação do Sítio de “Seu Reis”, no Carmo? O local está no escuro e a população evitando transitar pelo local, com medo de assaltos ou outro tipo de violência.
O Sítio e caminho quase obrigatório para os foliões que nesta época estão freqüentando as prévias das troças, maracatus e blocos que se concentram e desfilam pelo sítio histórico de Olinda
jan
13

"BEBIDA NOS ESTÁDIOS É RETROCESSO"

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O deputado estadual Alberto Feitosa (PR), vice-líder do Governo na Assembléia Legislativa, mostrou-se surpreso com a decisão da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) de liberar a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante o campeonato pernambucano.
Para o parlamentar, essa decisão “é um retrocesso” tendo em vista que a lei seca nos estádios é uma medida acertada de prevenção à violência e que possibilita maior segurança e bem-estar aos torcedores que freqüentam as praças esportivas. “Está comprovado que a proibição de bebidas alcoólicas nos estádios reduziu substancialmente a violência nos dias de jogos. Voltar atrás é um desserviço aqueles torcedores que vão aos jogos para se divertir. Sai perdendo também a população de uma forma geral, que voltará a conviver com os quebra-quebras, confusões e outras cenas de vandalismo provocadas por pessoas mais exaltadas e sob o efeito do álcool”, argumenta.
Alberto Feitosa lembra que a medida foi adotada há anos na Europa e nos Estados Unidos visando reduzir a violência e atender as recomendações da Fifa e que nos Estados onde a venda de bebida durante a realização dos jogos virou lei, a exemplo do Rio Grande do Sul, São Paulo e Ceará, o público nos estádios aumentou. “Os resultados comprovam que a medida minimiza o problema, mas parece que aqui em Pernambuco a FPF levou em consideração apenas o interesse comercial (o patrocínio de R$ 800 mil da Ambev), deixando em segundo plano a segurança do torcedor, que será o grande penalizado com essa decisão”, completa.
Feitosa afirma que embora o Estatuto do Torcedor não faça nenhuma referência à proibição de venda de bebidas alcoólicas nos estádios, o artigo 13 do mesmo Estatuto diz que os organizadores dos espetáculos (no caso a FPF) são responsáveis pela segurança do torcedor.
Na sua opinião, a FPF poderá manter o contrato de patrocínio com a Ambev, garantindo a publicidade dos produtos nos estádios, mas mantendo inalterada a determinação de proibição da venda desses produtos no local e arredores. “Nada é capaz de resolver, de imediato, o problema da violência, mas não podemos deixar que ela avance. O Governo Federal vem intensificando as campanhas educativas e de prevenção para coibir o consumo de bebidas nas estradas e aqui em Pernambuco o Governo do Estado vem adotando medidas para reduzir os índices de violência através do Pacto pela Vida. A decisão da FPF não é sadia e vai de encontro a todos os esforços que estão sendo desenvolvidos de combate à violência”, conclui.


jan
12

CADASTRO CULTURAL DE OLINDA

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

A Secretaria do Patrimônio e Cultura de Olinda (Sepac) dá continuidade ao Cadastro Cultural do município e convoca, além de pessoas ou grupos ligados à cultura, as agremiações carnavalescas que desfilam no Carnaval da cidade. O registro, que é uma determinação do Sistema Municipal de Cultura e pré-requisito para os que pretendem concorrer aos editais e ter acesso aos recursos do Fundo Municipal de Cultura, será usado também como base de dados para os grupos que se apresentam na Festa de Momo. O cadastramento pode ser realizado, diariamente, na própria Secretaria de Cultura, na Rua de São Bento, das 9h às 17h.
Podem se cadastrar pessoas e grupos que desenvolvam atividades nas áreas de música, artes plásticas, cinema, vídeo, artes cênicas, comidas típicas, gastronomia, carnaval, artesanato, fantasias, decoração carnavalesca, fabricação de instrumentos, moda, cultura popular, literatura, produção cultural, instituições ligadas à cultura ou em qualquer atividade artística há mais de dois anos. Para se inscrever, os grupos deverão apresentar documentos comprobatórios de suas atividades culturais.
De acordo com a secretária do Patrimônio e Cultura, Márcia Souto, o cadastro será uma ferramenta fundamental para que a Prefeitura e o Conselho possam conhecer melhor os diferentes agentes e grupos culturais em atividade no município. Ainda segundo Márcia Souto, todo o processo de cadastramento e a manutenção das informações no Cadastro Cultural do município ocorrerão de forma gratuita e serão acompanhados por uma equipe de técnicos, com aprovação e orientação do Conselho Municipal de Políticas Culturais.

jan
10

CARNAVAL NAS LADEIRAS

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

Ainda a seis semanas para a chegada do “Sábado de Zé Pereira”, Olinda já respira e vive carnaval. Para este final de semana, estão programados 14 desfiles de bonecos, troças, escolas de samba e blocos pelas principais ruas da cidade. Há ritmos para todos os gostos.
A programação de amanhã (11), inclui o ensaio e arrastão das Sambadeiras, e o ensaio do grupo de maracatu Conxitas. Ambos acontecem na Praça do do Carmo, às 16h. Na Avenida Liberdade, no Carmo (Proximidades da Praça da Preguiça) acontecerá o ensaio do Batuque Pernambuco, seguido de arrastão pelas ruas do sítio histórico, às 17h.
A Escola de Samba D´Breck promove batucada-ensaio, a parti das 15h, entre o posto e o Hotel Colonial. Antes, exatamente às 14h, o Maracatudo estará iniciando a sua concentração na sede da Pitombeira dos Quatro Cantos. Os Patuscos fazem ensaio no Umuarama, a partir da 16h.
No Clube Atlântico acontecerá, a partir das 12h, a festa do boneco “O Menino da Tarde”. A Orquestra Maracafrevo vai se concentrar às 16h no Largo do Amparo, de onde inicia desfile até a Praça do Carmo.
Também está na programação a primeira prévia carnavalesca do bloco Minhocão. Sairá às 16h, da Travessa do Bom Jesus (Em frente ao Bar Metal). Levará como atrações o Maracatu Badia e a orquestra de frevo do maestro Isaac.
jan
10

PATROCÍNIO PARA A FOLIA DE MOMO

AuthorPostado por: Paulo Fernando    CategoryEm: Olinda     Tags

O prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), vai ter que correr muito para ultrapassar a marca dos R$ 300 mil, valor que falta para que o carnaval olindense seja auto-suficiente. O custo da festa é R$ 2 milhões e ao estabelecer o sistema de licitação para empresas privadas explorarem o evento, a ex-prefeita Luciana conseguiu um feito: em 2008, finalmente, a Prefeitura só participou com R$ 300 mil.

Fonte: Coluna Diário Político – Diário de Pernambuco
http://www.diariodepernambuco.com.br/2009/01/09/politica3_0.asp

Redes Sociais:

senai-dez

sesi-dez

Anuncio-gif OH

pernambucont


Olinda Hoje no Facebook:

Previsão do Tempo:

Favoritos

Categorias do Blog:

Mapa do Site:

Arquivos do Blog: